show episodes
 
Num formato intimista, A Caixa é o palco da música do Jornal do Centro onde cabem todos as vozes e ritmos para descobrir em ambiente acústico. A rádio partilha curtas atuações, que rondam os 15 minutos, com uma seleção de temas tocados ao vivo, nos estúdios do Jornal do Centro.
 
Uma conversa descontraída conduzida por Bernardo Mendonça onde fica a conhecer o lado B das mais variadas figuras públicas, da política às artes. E porque quem diz a verdade não merece castigo, sempre que o entrevistado ou entrevistada não responde a alguma pergunta, mais ou menos tramada, tem de cantar temas dos anos 80 e 90 em karaoke. Porque quem canta, as respostas espanta
 
Um podcast sobre mulheres na música, papéis, reportórios de luta e resistências... [este podcast correspondeu a uma parte do trabalho de campo no âmbito do doutoramento. Disponível na íntegra em acesso aberto durante dois anos. A partir de Maio de 2021 para ouvir terá que subscrever. Para mais informações contactar: soraiasimoes@fcsh.unl.pt] Autoria, textos e edição de Soraia Simões de Andrade, Ilustração de João Pratas, Indicativo de Amélia Muge, Design de som de A.José Martins ou Paulo Lou ...
 
Loading …
show series
 
Depois de um ano que nos deitou abaixo, é catártico poder (re)ver o ator Ivo Canelas no monólogo “Todas as Coisas Maravilhosas”, do inglês Duncan Macmillan, que fala sobre saúde mental e a importância de não perdermos a capacidade de nos deslumbrarmos com os outros, a música, a vida. O espetáculo já foi visto por mais de 15 mil espectadores e está …
 
É uma atriz e criadora cheia de urgência. Diz de si que nasceu atrasada, tanto é o que quer fazer no palco e fora dele. Sara Barros Leitão descreve-se como feminista, ativista, incoerente, revolucionária. E afirma usar o espaço de cena e o papel e a caneta como um bidão de gasolina para atear fogos no pensamento, desfazer em cinzas a desigualdade e…
 
Há mais de 40 anos que o médico psiquiatra ouve os desabafos e angústias dos casais em crise. E nesta conversa deixa claro que, mais do que a infidelidade, o pior veneno para o casal é a crítica destrutiva e sistemática. Sobre a pandemia, assume que se enganou ‘redondamente’ no início e que não esperava que provocasse tanto impacto na saúde mental.…
 
Vícios, manias, automatismos e compulsões. Álcool, drogas, livros que crescem em todo o lado e doses nada recomendadas de picante. Limpezas, chocolate, saudações e alho em pó. As viciantes Blaya Rodrigues e Catarina Matos, juntamente com Cláudia Brito e Ju Torres, numa confissão pegada, onde só faltou uma esplanada a sério e um chopinho fresco. #tu…
 
É autor de dois romances aplaudidos pela crítica, “O Meu Irmão” (Prémio LeYa 2014), e “Pão de Açúcar” (Prémio José Saramago 2019) e, em 2019, durante vinte e quatro dias percorreu sozinho Portugal a pé pela mítica Estrada Nacional 2, de Chaves a Faro, onde se cruzou com inúmeras histórias inusitadas, que registou no livro “Leva-me Contigo”. Mas há …
 
Ela é uma das mais relevantes cientistas portuguesas que anda há uma vida a estudar uma vacina para a malária, e no início de 2020 colocou a sua equipa ao serviço do país para ser criado o primeiro kit de diagnóstico português do novo coronavírus. Nessa altura a diretora do Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes e Prémio Pessoa 2013 afir…
 
Afonso Cruz é um multi premiado autor de mais de 3 dezenas de livros publicados em várias línguas, como "Jesus Cristo Bebia Cerveja" ou “Para Onde Vão Os Guarda-Chuvas”. Ao estilo renascentista, Afonso é também ilustrador, cineasta de animação, músico da banda “The Soaked Lamb” e produz cerveja. Em abril lança ‘O Vício dos Livros’, que fala sobre o…
 
Quatro mulheres. Três países. Três continentes. Um universo infindável de pluralidades, possibilidades e conexões. Quem somos, porque somos, o que representamos e porque nunca nos esgotamos. De corpo livre e voz convicta, as poderosas Alexandra Gurgel e Lurine Mendes, juntamente com Cláudia Brito e Ju Torres, numa conversa desconstruída sobre repre…
 
Foram precisos quase 50 anos de democracia para que a Assembleia da República passasse a ter três mulheres negras com assento parlamentar. Beatriz Gomes Dias, deputada do Bloco de Esquerda, é uma dessas mulheres, responsável pelas áreas do combate ao racismo, defesa dos direitos das pessoas migrantes e da cultura, que voltou agora a ser notícia por…
 
Ela já foi corpo, voz e emoção de largas dezenas de mulheres ao longo de mais de 30 anos a representar na televisão, no teatro e no cinema. Nesta conversa a atriz Dalila Carmo, de 46 anos, assume um novo ciclo pessoal e profissional depois da rescisão imprevista com a TVI e refere que o fator idade terá sido uma das razões para a dispensa do canal.…
 
Atenção, este episódio contém conteúdos possivelmente sensíveis e garantidamente incríveis. Marcas, consumos e públicos. Criar, dar, partilhar, criticar e lucrar. Qualidade, honestidade e genuinidade. Exposições, retrações e intenções. Curadorias, tropelias e poesias. A poética Raquel Marinho e o sensível Diogo Faro, juntamente com as absurdas Cláu…
 
Se a cantiga é uma arma, eles são uma bazuca. Uma bazuca musical arco-íris disparada sem pedir licença para ocupar um espaço no meio tradicional do fado. E têm a mira apontada contra a homofobia, transfobia, bifobia e todas as formas de discriminação como o racismo e machismo. Eles são o Fado Bicha, Tiago Lila ou Lila Fadista na voz e João Caçador …
 
Começou a dar que falar há doze anos com um livro de memórias coloniais porque se incomodou com a narrativa suave do pós-colonialismo. E nele assumiu a relação amor-ódio com o pai. “Aquilo que sou hoje também vem do trabalho escravo e mal pago que o meu pai roubou aos africanos que eram os seus empregados.” Mas em 2016 a escritora Isabela Figueired…
 
Nem vamos dizer nada porque tempo de pausa é isso mesmo. Saibam só que é uma conversa incrível com as poderosas Filipa Galrão e Joana Matangi, com algumas participações especiais e espaciais.É parar e fazer um intervalo connosco, o primeiro de muitos. #absurdopodcast #tudoistoeabsurdo #intermissionseason #tempodepausa…
 
O virologista e investigador principal do Instituto de Medicina Molecular, Pedro Simas, que foi um dos signatários de uma carta aberta divulgada esta semana a pedir a reabertura urgente das escolas, é da opinião que haverá pouca vantagem em manter o confinamento muito mais tempo. E está convicto de que as escolas até o 6º ano deverão abrir em breve…
 
Voltamos a espreitar para dentro d’A Caixa para, desta vez, acompanharmos o cantar das Janeiras. Tradição que abre as portas a cada novo ano, alia as quadras populares à simplicidade das músicas. No palco da música do Jornal do Centro juntamos a guitarra, cavaquinho e acordeão às vozes de Raquel Albino e Rui Figueiredo Rodrigues.…
 
É uma das mais notáveis editoras portuguesas, responsável pelas publicações do grupo Leya. Foi Maria do Rosário Pedreira que descobriu e publicou autores agora consagrados como José Luís Peixoto, Valter Hugo Mãe, João Tordo ou Nuno Camarneiro. Há mais de vinte anos que se dedica a tirar manuscritos das gavetas, ajudando a dar a conhecer o talento l…
 
Homem de esquerda, o historiador e político Rui Tavares alerta a direita portuguesa sobre o perigos da coligação com o Chega, que viabilizou o novo governo nos Açores. “É preciso marcar a diferença entre quem está e quem não está lealmente na democracia. A direita não pode estar a falar com o líder desse novo partido extremista, nem fazer orelhas m…
 
O filósofo Eduardo Lourenço, um dos maiores pensadores do nosso tempo, abre o livro da sua vida. Fala do passado, do seu grande amor, o gosto pela música, pelo cinema e comenta o futuro do país, da Europa e do mundo com uma lucidez, rapidez de raciocínio e vigor raros. Lourenço, que foi distinguido o ano passado com o prémio Vasco Graça Moura e é c…
 
Num ano de introspecção o escritor Valter Hugo Mãe mergulhou a fundo nas memórias do passado para escrever o seu livro mais pessoal e intimista, “Contra Mim”, lançado em outubro, onde revisita a infância e adolescência para verificar a que distância está do que se prometeu e sonhou. Uma obra à procura da criança que cedo percebeu que “as palavras e…
 
Loading …

Guia rápido de referências

Google login Twitter login Classic login