Inteligência Competitiva Digital público
[search 0]
Mais

Download the App!

show episodes
 
Pioneiro da Internet brasileira, desde 92, doutor em Ciência da Informação, jornalista, autor, pesquisador, professor, palestrante e empreendedor. Um dos primeiros a prestar consultoria estratégica digital no país com mais de 500 projetos realizados, 2 mil alunos atendidos (presencial ou a distância) - e centena de palestras proferidas pelo Brasil. Autor de dezenas de e-books, três livros impressos por editoras tradicionais, blogueiro e youtuber há mais de 10 anos com material replicado por ...
 
Loading …
show series
 
Indústria de Produtos 2.0: onde estamos e para onde vamos?Vejamos as tendências possíveis, a serem analisadas, a cada caso:Produção Descentralizada de Itens de Consumo mais Atomizados - como uma cadeira sendo impressa em impressoras locais;Compartilhamento de Itens de Consumo mais Atomizados - com plataformas que permitem compartilhar carros, furad…
 
Governo 2.0: um estado cada vez menorAssim, teremos uma forte tendência para o Futuro das Organizações Estatais na seguinte direção:a passagem dos Processos Administrativos das Organizações Estatais para as Privadas;e das Organizações Privadas 1.0 para a 2.0.Haverá uma demanda da sociedade, como vimos neste artigo sobre a Política 2.0, por um Estad…
 
Finanças 2.0: mudou a moeda, mudou a sociedade!As Mídias são as Tecnologias Centrais da sociedade e as Moedas são as mais importantes depois desta.As moedas são, na verdade, uma espécie de Mídia Financeira.Mudou a Mídia Financeira, mudou a sociedade.É isso, que dizes?https://bit.ly/artigobimodal230921Quer sair de Matrix e não sabe onde comprar a pí…
 
Educação 2.0: as mudanças necessárias para a formação na nova CivilizaçãoNa Civilização 2.0, assim, há uma forte demanda por:saber o que é mais mentira ou menos verdade;separar o que é um fato de um padrão;ter um propósito de vida mais servil (servir ao próximo para sobreviver num mercado cada vez mais competitivo);separar, com eficácia, o que é co…
 
Administração 2.0: o novo e disruptivo Modelo de Intermediação do SapiensHoje, o Sapiens tem grandes oportunidades pela frente de responder, de forma criativa, o que antes era impossível.Os Administradores 2.0 têm um papel fundamental nesse momento: ajudar o Sapiens a viver melhor.Para isso, precisam, URGENTE, se desintoxicar dos paradigmas obsolet…
 
Entenda a atual Crise Civilizacional e a respectiva saídaNo Modelo de Intermediação Digital, denominado Curadoria Digital, a participação das pessoas nas decisões e processos é largamente maior, o que permite, com este esforço mútuo, lidar melhor com o novo Patamar de Complexidade.O Modelo de Intermediação Digital pelo conjunto da obra nos faz diag…
 
Política 2.0: a tendência é não termos mais políticosMais e mais as pessoas perceberão que o que elas precisam, em termos de decisão coletiva, não pode ser mais resolvido pela atual Política 1.0.Países, regiões ou cidades que adotarem a Política 2.o gerarão Zonas de Atração. E os que resistirem ficarão nas Zonas Neutras ou de Abandono.Renovar disru…
 
Cidade 2.0 terão mais valores, descentralização e nomadismo!Viveremos, cada vez mais, em diferentes "aldeias" hiperconectadas. Algumas servirão para trocas a distância e outras definirão a escolha do local de moradia.As Cidades 2.0, portanto, serão mais autônomas, com cidadãos mais nômades e reunirão as pessoas por critérios cada vez mais de valore…
 
O Sapiens 2.0 quer um mundo para chamar de seu!Estamos iniciando o processo de um Renascimento Civilizacional, no qual tentaremos tornar consciente e produzir conceitos e tecnologias que nos permitam equilibrar a mudança subjetiva com a objetiva.Quem conseguir colocar os novos Modelos Intermediadores mais ágeis, baratos, participativos e personaliz…
 
Justiça 2.0: o problema não é tecnológico, mas filosófico!Obviamente, que a Reintermediação dos atuais Intermediadores Jurídicos sofrerá todo tipo de resistência, tais como:em função dos interesses acoplados na atual intermediação;na incapacidade de perceber que a Filosofia atual de Intermediação Jurídica era Conjuntural e não Estrutural;na dificul…
 
O grande erro dos Futuristas: ignorar o crescimento demográficoPor tudo isso, podemos dizer que de todas as Revoluções Civilizacionais já promovidas pelo Sapiens, a Digital é a mais disruptiva de todas elas.A alta Taxa de Inovação Disruptiva da atual Revolução Civilizacional tem gerado uma grande dificuldade de compreensão e ação do Ambiente Produt…
 
O que é a Ciência Ágil?A proposta da Ciência 2.0, ou Digital, é a de resolver os problemas de pesquisas, de forma que possam atender melhor às demandas dos clientes.A saber:novas formas interativas com os clientes;viabilização de financiamento de pesquisas diretamente dos clientes;e a possibilidade de aumentar a agilidade e a eficácia das pesquisas…
 
O que é o Descentralismo Progressivo?O Descentralismo Progressivo tem momentos de estabilidade e até mesmo de retrocesso, se analisarmos a Micro ou a Meso-História. Porém, do ponto de vista Macro Histórico, ele sempre estará presente.O Descentralismo Progressivo, entretanto, tem um exponencial avanço por ocasião das Revoluções Civilizacionais.Assim…
 
O Sistema de Organização de Pensamento Bimodal EspecíficoPodemos dizer que o Descentralismo Progressivo é a “cereja do bolo” de tudo que estamos estudando sobre a sobrevivência humana.O Descentralismo Progressivo talvez a maior contribuição da escola para a Filosofia Social, que ajudará a reestruturar as Ciências Sociais Derivadas.Bem como, o Siste…
 
Big data 2.0: por que as organizações tradicionais tendem a desaparecer?É a demanda exponencial da Personalização em Larga Escala que vai guiar as ofertas das organizações que estarão nas Zonas de Atração do futuro.Nesta direção, podemos dizer que teremos dois cenários mais adiante:O diálogo sobre o Big Data 2.1 - a Curadoria em Plataformas Central…
 
Qual a diferença de um historiador para um Futurista?Futuristas, assim, precisam de uma visão histórica eficiente, pois é parte integrante do seu trabalho.E da eficácia da visão histórica escolhida, que depende diretamente a qualidade do trabalho dos Futuristas.Me mostre, assim, as escolhas feitas sobre a visão histórica de um Futurista e serei cap…
 
Rastros Digitais são o pulo do gato das futuras Zonas de AtraçãoA ainda emergente e promissora Civilização 2.0 tem, assim, como grande desafio o uso, cada vez mais inovador e inteligente, dos Rastros Digitais.Os Rastros Digitais permitem que a barreira da Personalização em Larga Escala seja superada.A geração de valor no futuro estará no uso inteli…
 
O que é a Filosofia Social e como ela é importante para entender o futuro?Um Futurista tem que se aprofundar nas perguntas e respostas da Filosofia Social, pois ela é o Ferramental Conceitual Principal para que ele possa exercer, de forma adequada, uma Metodologia do Prognóstico.E depois, quando for projetar o Futuro de cada setor, se utilizar das …
 
Por que o Futuro será OBRIGATORIAMENTE mais descentralizado?Se você reparar as fases, temos:com a digitalização – a criação de cada vez mais plataformas e aplicativos, que permitem que o usuário possa cada vez mais operar e decidir;com a uberização e blockchenização – a criação de cada vez mais plataformas e aplicativos, que permite o usuário parti…
 
O que é Antropologia da Sobrevivência e qual é seu papel em prever o futuro?O Motor da História Bimodal, é o DNA Conceitual da Antropologia da Sobrevivência é o seguinte:o Sapiens é uma Tecnoespécie;por causa disso, pode aumentar a população.ao aumentar a população, precisa de novos Macros Ambientes de Comunicação e de Sobrevivência;os novos Macros…
 
A missão do Futurista é apontar as novas Zonas de AtraçãoO Futurismo Competitivo, assim, também NÃO está preocupado com o que ocorre nas antigas Zonas de Atração, apenas procura entender a dinâmica das novas.O Futurismo Competitivo tem o papel de ajudar profissionais e organizações a lidar com mudanças menos explícitas e mais ocultas!O Futurismo Co…
 
Quem estará no comando no futuro: a estrela do mar ou a aranha?A Curadoria Digital nos permite superar os limites do Macro Modelo de Sobrevivência e passa de um modelo alternativo à grande aposta da civilização para resolver problemas antes insolúveis: mais participação das pessoas no consumo em larga escala.É o surgimento da Curadoria Digital, que…
 
Conheça o Futurismo: os diferentes perfis e atividadesO Digital aumentou exponencialmente a Taxa de Mutação da Sobrevivência da espécie.E isso demanda mais e mais a formação e o trabalho de Futuristas de Excelência para ajudar nas estratégias de médio e longo prazo de profissionais e organizações.Profissionais e organizações precisarão mais e mais …
 
Chamar capitalismo de capitalismo, dificulta a entender a Revolução DigitalO que chamamos hoje de "capitalismo", um modelo mais descentralizado do que sugerimos chamar de Cooperativismo Oral/Escrito, sofrerá uma série de mudanças estruturais.Teremos nas próximas décadas um novo tipo de Macro Cooperativismo diante das Tecnopossibilidades existentes,…
 
A Rotina Criativa e o desafio de inovar diante do Mundo DigitalO Digital nos obriga reduzir a nossa Taxa de Onipotência!O Digital nos obriga a promover uma revisão disruptiva nos paradigmas sobre a sociedade humana, se recomenda:primeiro entender a dimensão da mudança;depois ter Ferramentas Conceituais mais adequadas para entendê-la;e, a partir dis…
 
Os Fundamentos Filosóficos da BimodaisA BIMODAIS, assim, não é apenas uma Escola de Pensamento Propositiva, Derivada e Formativa, que procura entender o Digital.A BIMODAIS é também uma desenvolvedora de métodos para Escolas de Pensamentos em qualquer área.Quando refletimos mais e mais sobre tudo que fazemos e escolhemos, estamos cada vez mais pront…
 
Motor da História Bimodal: uma nova forma de entender nossa espécieA BIMODAIS utiliza as bases da Escola de Mídia de Toronto, mas vai além, passando da Antropologia Cognitiva para a da Sobrevivência.Consideramos um Ferramental Conceitual mais adequado para que possamos entender o que está ocorrendo e o que, provavelmente, irá ocorrer nas próximas d…
 
A estranha e desconhecida forma de como o Sapiens se adapta no tempoOs novos Ambientes de Sobrevivência, que surgem depois de novas mídias, permitem que se possa produzir mais quantidade com mais personalização, o que era inviável antes.No longo prazo, o que vamos assistir (e já estamos), como a grande Macrotendência pós Revolução Digital é a exper…
 
O que define o otimismo e o pessimismo diante do Futuro?Quando analisamos o passado, percebemos que a espécie precisa ser criativa para sobreviver.O Sapiens inventa seus caminhos e precisa de limites para não ultrapassar o direito do outro, mas não regras para ele mesmo.A Sobrevivência Criativa precisa de liberdade para nos reinventar o tempo todo,…
 
Como se tornar um Conceituador de Excelência?Assim, a atividade da conceituação sempre tem como métrica (saber se é de mais qualidade), a partir do resultado que os clientes tiveram diante da vida.Se os clientes melhoraram de vida, a partir da narrativa criada pelo Conceituador de Excelência, é sinal de que está num caminho mais adequado e vice-ver…
 
Como ser melhor?Pessoas que não vivem a sua Felicidade Estrutural, mais dia ou menos dia, acabam sentindo um vazio de não estar cumprindo determinada Missão Existencial.Obviamente, há pessoas mais ou menos inquietas. E quanto mais inquieta é a pessoa, mais terá uma demanda por Felicidade Estrutural e vice-versa.Ser melhor significa ser diferente, n…
 
Cuidado com o Futurismo Tóxico!O Futuro – anota aí – não é um hambúrguer do Mcdonald, que você pode pedir com mais ou menos cebola.Futuristas têm o papel importante – diante do disruptivo Mundo Digital – de ajudar a sociedade e lidar melhor com este cenário mais incerto.Para isso, é preciso muito esforço conceitual sem perder os parâmetros éticos.É…
 
O estranho e desconhecido fenômeno do Tecnorenascimento CivilizacionalVivemos hoje o início do Tecnorenascimento Digital, quando diversos Conceituadores, aqui e ali, passam a defender valores e conceitos, que nos permitam aceitar e não estranhar viver num mundo muito cada vez mais participativo.Nesse processo temos filósofos e teóricos de todos os …
 
Mudou a mídia, mudou a forma de liderar!Há, portanto, uma mudança radical no Mercado da Liderança, fortemente influenciada pelo novo Ambiente Tecnomidiático.A Liderança 2.0 será feita de forma muito mais meritocrática, dinâmica e personalizada, pois será feita em um ambiente muito mais participativo.Mudou a mídia, portanto, mudou o modelo de lidera…
 
Ninguém muda, se não mudar a forma como falaA Hashtag “Sair da Caixa”, assim, é:olhar para a sua própria Bolha Informacional;revisar os conceitos inadequados;passar a usar os novos conceitos;e, ao mesmo tempo, agir de forma diferente.Olhar e revisar a própria Bolha Informacional é o processo gradual de redução do Zecapagodismo Conceitual.A redução …
 
Bolha Informacional: se você não conhece a sua, não vai mudarnunca!Todas as Bolhas, sejam elas Individuais e Coletivas, se estruturam em Narrativas, um agregado de Conceitos e Valores.Assim, se você quer começar a questionar Bolhas Informacionais, terá que OBRIGATORIAMENTE começar a rever os conceitos. E de Conceito em Conceito, ir, aos poucos, rev…
 
A urgente demanda pela Vacina Civilizacional para a Tecnopandemia DigitalA Vacina Civilizacional contra a Tecnopandemia tem como métrica não prêmios ou aplausos, mas o aumento da taxa de competitividade dos profissionais e organizações.Cabe a cada cliente saber escolher dentro do Mercado do Futurismo, entre tantas Narrativas, aquela que lhe parece …
 
Diante do Digital, se percebe a falta de bons conceitosO objetivo ao se questionar os Conceitos do Senso Comum é tirar das pessoas o Zecapagodismo Conceitual: “deixa os conceitos dos outros me levar, sem que eu pare para pensar sobre eles”.Ou seja:Temos hoje um excesso de Percepcionistas e uma forte carência de Conceituacionistas.E muito do que tem…
 
McLuhan provoca a Quarta Ferida Narcísica CivilizacionalE, assim, Freud nos dá uma grande contribuição para que possamos entender o grau de dificuldade que é aceitar o novo Paradigma das Ciências Sociais Pós-McLuhan e seguir em frente.O que é preciso dizer para nós mesmos?"Sim, as tecnologias e as mídias permitem e nos influenciam a promover grande…
 
Como mudar com mais facilidade?Os Futuristas Mudancistas Bimodais, que querem ajudar clientes a entender e se adaptar ao Mundo Digital, acabam tendo que enfrentar a taxa máxima de resistência às mudanças.E precisam ajustar o tamanho do desafio das alterações no Repertório de Paradigmas, Valores e Hábitos com a metodologia de mudança adequada.É isso…
 
Como Futurar na Educação?A mudança educacional passa, assim, não só pelo conteúdo, mas principalmente pela forma do Ambiente Educacional.Podemos destacar ainda, em termos de conteúdo, além de lidar com mais informação, a demanda por formação de Sapiens mais responsáveis, que precisam ser preparados para viver num mundo com muito mais opções de deci…
 
Como se faz uma Curadoria de uma Escola de Pensamento no Digital?O Mapa Mental de uma Escola de Pensamento Derivada é, portanto, uma descoberta recente da Bimodais e uma espécie de espinha dorsal, ferramenta fundamental para os Curadores poderem organizar seu trabalho.Quanto melhor for o Mapa Mental de uma Escola Derivada de Pensamento, mais chance…
 
Por que não conseguimos abandonar antigos conceitos?Uma coisa importante para a atividade de um Bimodal – principalmente os Mudancistas – é mapear a Taxa de Apego do cliente para que possa analisar o que é possível ser feito.Há determinada relação entre Conceito e Apego, que, muitas vezes, torna impossível qualquer processo de mudança.É importante …
 
Edifício do Pensamento Bimodal: o que é e para que serve?O Digital exige que se faça, via Dedução, uma Revisão Filosófica, passando por uma Revisão Teórica para, só então, se chegar às Metodologias de Migração, de Mutação e de Startupização e aplicá-las no Operacional e, só então, avaliar, se os resultados foram positivos.Os profissionais e organiz…
 
Como projetar o futuro em diferentes setores?Se você vai Futurar algum setor, antes de tudo, é preciso rever os paradigmas centrais, a partir do Digital, e, só então, iniciar os prognósticos.É preciso separar diante desse Futuro - cada vez mais Digital - o que é a "pneumonia" (a causa), da "febre" (a consequência).https://bit.ly/artigobimodal260721…
 
O relevante e desconhecido Mercado do FuturismoFuturistas de Plantão têm feito algumas revisões, no máximo, teóricas, mas, quase nunca filosóficas, que são exigidas diante do tamanho da revisão dos padrões.Cisnes Negros Estruturais, estamos aprendendo isso, rimam com Futurismo Super Extraordinário.Quem quer fazer a diferença neste mercado deve se c…
 
Cisnes Negros são mais conjunturais do que estruturaisNão se pode dizer que a sobrevivência humana não gera regras, tais como, amanhã os oito bilhões de sapiens, com certeza, farão xixi ao longo do dia.Taleb, muitas vezes, para combater os Cisnes Negro Fóbicos do mercado pega pesado e generaliza demais.É isso, que dizes?https://bit.ly/artigobimodal…
 
Como entender melhor as Revoluções de Mídia?A confusão entre o que é estrutural e conjuntural e o que é causa e o que é consequência são Erros Conceituais comuns na análise de fenômenos e têm aparecido com ENORME frequência na análise do Digital.O Mercado do Futurismo não tem definido bem a essência do que estamos vivendo e, por causa disso, profis…
 
Futurismo: não é com roupa de ciclista que se monta cavalo!Hoje, no Mercado de Futurismo, que está bem aquecido, estão querendo montar cavalo com roupa de ciclista.E a coisa não está funcionando.É isso, que dizes?https://bit.ly/artigobimodal200721Quer sair de Matrix e não sabe onde comprar a pílula vermelha? Me manda um Zap: 21-996086422 (Nepô, que…
 
As barreiras conceituais na compreensão do digitalNa análise do Digital, precisamos de mais século e menos semana.Sem isso, vamos sentir o desconforto de cada vez mais mudanças, entendendo-as cada vez menos.É isso, que dizes?https://bit.ly/artigobimodal190621Quer sair de Matrix e não sabe onde comprar a pílula vermelha? Me manda um Zap: 21-99608642…
 
Loading …

Guia rápido de referências

Google login Twitter login Classic login