Mill público
[search 0]
Mais

Download the App!

show episodes
 
Loading …
show series
 
Parte 1: O liberalismo igualitário 1.1 liberalismo igualitário Parte 2: Uma teoria da justiça (1971) 2.1 tese principal 2.2 contra o utilitarismo e o intuicionismo 2.3 Neocontratualismo 2.4 Os dois princípios 2.5 “Democracia de cidadãos-proprietários Parte 3: Liberalismo Político (1993) 3.1 Tese principal 3.2 Revisão: Concepção política ou doutrina…
 
Introdução de André Azevedo Alves ao livro Escola Austríaca: Mercado e Criatividade Empresarial, do economista espanhol Jesús Huerta de Soto, disponível integralmente na nossa biblioteca: https://maisliberdade.pt/biblioteca/escola-austriaca/ Nesta introdução, André Azevedo Alves aborda também com alguma profundidade a chamada Escola de Salamanca. N…
 
Parte 1: A Sociedade Mont Pelerin Parte 2: A trajetória de Hayek 2.1 Trajetória Política 2.2 Trajetória intelectual Parte 3: Comentário do primeiro capítulo de “Direito, legislação e liberdade” 3.1 Tese 3.2 Três ideias fundamentais 3.3 Os males do racionalismo construtivista 3.4 O racionalismo construtivista 3.5 O racionalismo evolucionista 3.6 “Se…
 
Nascida em 1748, Olympe de Gouges propõe em 1791 a presente Déclaration des droits de la femme et de la citoyenne, visando equipará-la à Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, que havia sido aprovada pela Assembleia Nacional em 1789. Narração: Mariana Durão Ler na biblioteca: https://maisliberdade.pt/biblioteca/declaracao-dos-direitos-da-mu…
 
Ricardo Luz entrevista José Ribeiro e Castro, coordenador da SEDES, que defende uma reforma do sistema eleitoral. O "Manifesto por uma Democracia de Qualidade" pode ser encontrado na nossa biblioteca: https://maisliberdade.pt/biblioteca/reforma-politica-urgente-manifesto-por-uma-democracia-de-qualidade/ Esta conversa está disponível em vídeo no You…
 
No presente ensaio, o jornalista e economista americano Henry Hazlitt, autor de Economics in One Lesson, combate as falácias do intervencionismo e do tabelamento de preços, com argumentos semelhantes aos do seu amigo Ludwig von Mises, e apresenta também interessantes considerações sobre a irracionalidade de uma excessiva intervenção sobre tendência…
 
Neste carismático excerto do seu livro Burocracia (1944), Ludwig von Mises diagnostica os inquietantes efeitos da deriva burocratizante para o futuro das novas gerações, aproveitando para criticar os fundamentos da teoria de classes marxista. "Não é bom ser jovem perante uma administração burocrática. O único direito de que os jovens gozam neste si…
 
Parte 1: O surgimento do neoliberalismo 1.1 O debate Dewey-Lippmann 1.2 O Colóquio Walter Lippmann 1.3 Mas, afinal, quem foi Walter Lippmann? Parte 2: Livro 1: O Estado Providencial 2.1 Tese do Livro 2.2 Tese do Livro I 2.3 Falso antagonismo 2.4 É possível controlar os meios de produção? 2.5 Planejamento ou antigo regime? 2.6 Ilusão de controle Par…
 
Parte 1. O liberalismo americano e o New Deal 1.1 Cronograma 1.2 Um pragmatista liberal 1.3 New Deal e liberalismo Parte 2. Comentário do trecho “História do liberalismo” 2.1 Tese 2.2 O novo liberalismo 2.3 O liberalismo cindido Parte 3. Comentário do trecho “A crise do liberalismo” 3.1 Tese 3.2 Reversão da crítica em apologia 3.3 Dominação polític…
 
(Nova versão corrigida) 2021 marca os 30 anos do fim da União Soviética, mas será que temos transmitido devidamente às novas gerações as lições a retirar deste regime tirânico? No presente artigo, o economista americano Richard M. Ebeling descreve a sua experiência na revolução de agosto de 1991, e analisa as recentes tendências políticas manifesta…
 
Parte 1: Entre liberais e trabalhistas Parte 2: “Eu sou um liberal?” (1925) 2.1 Contexto 2.2 Tese 2.3 Conservadores 2.4 Trabalhistas 2.5 Liberais 2.6 Sexo 2.7 Economia Parte 3: “O fim do laissez-faire” (1926) 3.1 Tese 3.2 Origens 3.3 Darwin 3.4 História 3.5 Objeções 3.6 Agenda 3.7 Conclusão Link para o arquivo PDF: https://drive.google.com/file/d/1…
 
Parte 1: O novo liberalismo 1.1 Breve cronologia (Reino Unido) 1.2 Os novos liberais britânicos 1.3 Terminologia e características principais Parte 2: Comentário ao excerto “Laissez-faire” (1911) 2.1 Contexto 2.2 Tese 2.3 Contratos voluntários são justos? 2.4 Qual deve ser a extensão das funções do governo? 2.5 O direito de propriedade deve ser inv…
 
Parte 1: O liberalismo da The Economist 1.1 A Anti-Corn Law League 1.2 A revista The Economist 1.3 O Argumento 1.4 Manchester como “liberalismo clássico” 1.5 Liberalismo clássico: uma tradição inventada 1.6 O “novo velho” liberalismo Parte 2: O Indivíduo contra o Estado 2.1 Contexto 2.2 Tese 2.3 O Novo Toryismo 2.4 A Escravidão Vindoura 2.5 Os Peca…
 
Parte 1: Liberalismo, utilitarismo, radicalismo, socialismo 1.1 Os filósofos radicais 1.2 Entre o utilitarismo e o liberalismo 1.3 Mill, um socialista? Parte 2: Sobre a liberdade (1859) 2.1 Apresentação 2.2 Tese 2.3 O ‘povo’ não é um todo coeso 2.4 Tirania da maioria 2.5 Guerras religiosas e tolerância 2.6 O princípio do dano 2.7 Exceções ao princí…
 
Parte 1: A tirania da maioria 1.1 Oclocracia 1.2 Tirania da Maioria 1.3 Inglês 1.4 Francês Parte 2: A democracia na América (1835-1840) 2.1 Contexto 2.2 Tese 2.3 1835: Tirania da maioria 2.4 1835: Remédios contra a tirania 2.5 1840: Paternalismo 2.6 Contraste entre 1835 e 1840 Parte 3: Sobre a questão do direito ao trabalho (1848) 3.1 Contexto 3.2 …
 
Parte 1: A emergência do governo representativo 1.1 A tese de Manin 1.2 Os princípios do governo representativo 1.3 A natureza aristocrática do regime representativo Parte 2: Da liberdade dos antigos comparada à dos modernos (1819) 2.1 Tese de Constant 2.2 A liberdade dos modernos 2.3 A liberdade dos antigos 2.4 Três fatores: extensão, belicosidade…
 
Neste ensaio, a economista, historiadora e crítica social Deirdre McCloskey defende que o crescimento do capitalismo moderno e o mundo que este tornou possível não podem ser adequadamente explicados por “fatores materiais”, como gerações de historiadores procuraram fazer. Foi, sim, uma mudança na forma como as pessoas encararam os negócios, o comér…
 
Parte 1: A gênese do liberalismo 1.1 “Liberal” antes do liberalismo 1.2 Espanha: A constituição de Cádiz 1.3 França: O grupo de Coppet 1.4 Reino Unido: Radicais utilitaristas e livre cambistas Parte 2: Breve comentário sobre a relação de Locke, Montesquieu e Smith com o liberalismo 2.1: Locke e o combate à tirania 2.2: Montesquieu e a moderação do …
 
Excertos do Capítulo IX - Dos Sistemas Agrícolas ou Daqueles Sistemas de Economia Política que Apresentam o Produto da Terra como Única ou Principal Fonte do Rédito e Riqueza de Qualquer País, do Livro IV do clássico Inquérito sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações (1776), obra magna do pensador escocês Adam Smith (1723-1790), considera…
 
Décima quinta (e última) aula do curso "O Capital de Marx, uma introdução", ministrado por Amaro Fleck (Filosofia / UFMG). Partes: 1. A crise adiada: Estado; macroeconomia e dinheiro; destruição criativa 2. A integração do proletariado: indústria cultural e bloqueio da emancipação 3. A crise presente: estagnação econômica, automação e colapso climá…
 
Décima quarta aula do curso "O Capital de Marx, uma introdução", ministrado por Amaro Fleck (Filosofia / UFMG). Partes: 1. Automação e obsolescência do trabalho 2. A emancipação ociosa 3. Qual a crítica que Marx faz ao capitalismo? Como ele a justifica? Link para os slides em PDF: https://drive.google.com/drive/u/1/folders/1DT3Pco70jKMbWyqtMP3zQWnG…
 
Décima terceira aula do curso "O Capital de Marx, uma introdução", ministrado por Amaro Fleck (Filosofia / UFMG). Partes: 1. Causas contra-arrestantes 2. Contradições internas da lei 3. Capital como contradição em processo Link para os slides em PDF: https://drive.google.com/drive/u/1/folders/1DT3Pco70jKMbWyqtMP3zQWnGY1MKABSL…
 
Loading …

Guia rápido de referências

Google login Twitter login Classic login