Download the App!
show episodes
 
Loading …
show series
 
É estranho o poder que as palavras têm. No dizer coletivo do mundo, alguns nomes dão contorno às possibilidades do ser. A questão é que esse processo pode ser muito violento: a norma não sabe lidar com a diferença. Por isso, lutamos para fazer caber mais do que somos nas palavras, ampliando o escopo do que elas podem significar. No podcast desta se…
  continue reading
 
Se toda regra tem sua exceção, todo exagero tem o seu lugar. Muitos filósofos aconselham a evitar os excessos como forma de viver melhor. Outros argumentam que devemos mergulhar de cabeça nos prazeres que a existência proporciona. A questão é: parece que os humanos buscam o excesso, não se contentam com o básico. Seríamos animais desmedidos? No nos…
  continue reading
 
No mundo do capital, o trabalho é o filtro dos desejos. Ele pode ser menos pior ou horrível, dependendo das circunstâncias econômicas, politico e sociais, incluindo recortes de classe, gênero e raça. Estamos acuados, mas resistimos tentando associar o trabalho a algo que amamos ou consideramos justo. O problema é que, ao fazer isso, não trabalhamos…
  continue reading
 
Não deveriam existir seitas na filosofia. Uma seita é feita por um líder carismático, ritos, seguidores e um desejo de purificação ou correção do mundo. A filosofia pode cair nesse buraco e perder sua maior riqueza: a abertura para o diálogo e questionamento. O pensamento filosófico cresce na capacidade de adquirir diferentes perspectivas sem neces…
  continue reading
 
O que se celebra no natal é o capital. O capitalismo colonizou todas as cerimônias populares, traduzindo os valores para a linguagem da abstração monetária. Alguns cristãos querem resgatar os verdadeiros valores do natal, lembrando do nascimento de Jesus. No entanto, a história mostra que a comemoração do dia 25 de dezembro também foi expropriada d…
  continue reading
 
Cuidado, o universo não promete nada! Ao contrário, se ele pudesse falar, diria: "tá contigo". Ou seja, cabe a nós mesmos, o cuidado por permanecer aqui. Temos a nosso favor o fato de que compartilhamos o mundo, mas parece que algumas pessoas se esqueceram disso. O cuidado é um chamado para assumirmos aquilo que somos: seres frágeis que precisam cu…
  continue reading
 
A verdade não nos espera pronta, ela está por fazer. Essa ideia é especialmente válida nas relações amorosas, onde a sinceridade não se resume à comunicação de fatos. A verdade não aparece, senão quando nos implicamos na relação, comunicando também as inseguranças e incertezas. Neste sentido, a sinceridade é um longo caminho que percorremos juntos,…
  continue reading
 
O erro está em todos os âmbitos da nossa vida. A gente se esforça para errar o mínimo possível, mas será que o erro é necessariamente um problema? Na teoria da evolução, o aparecimento de novos traços nas espécies depende de uma variação imprevisível. A mutação gênica - um erro de cópia - é um dos principais fatores que explicam a imensa diversidad…
  continue reading
 
O Universo está se abrindo em contínua criação. Muitos filósofos antigos pensavam o caminho para a felicidade a partir da ideia de "seguir a natureza". A questão é que antes o Universo era pensado de maneira cíclica e ordenada. Hoje a física aponta para um universo aberto e entrópico. Como podemos "seguir a natureza" hoje, se já não temos mais uma …
  continue reading
 
O que você responderia a alguém que te dissesse: "Tudo é perfeito"? Espinosa diz isso, e essa frase soa muito mal, porque sentimos que tudo pode melhorar. A questão é que, em sua filosofia, tudo o que existe está sempre no seu limite, perfazendo-se ao máximo. Essa não é uma ideia fácil de compreender, é preciso exercitar o pensamento para perceber …
  continue reading
 
A alma parece uma máquina do tempo. O corpo está no espaço, é feito de partes extensas. E a mente? Será que ela se resume às sinapses cerebrais? Bergson diria que não: a alma é o que transborda o cérebro, porque é feita de duração. Assim, nossas almas parecem viajar no tempo, sempre prontas a atualizar o passado no presente. No podcast desta sexta,…
  continue reading
 
Perceber o amor que se sente por alguém abala as estruturas do nosso cotidiano - causa espanto! De repente, nos vemos modificados pelo acontecimento-amor, e somos convidados revisitar tudo o que conhecíamos. O espanto é nossa medida para a diferença, é o que nos mantém abertos para a vida, e nos faz refletir sobre os vários modos possíveis de se re…
  continue reading
 
Muitos se perguntam o que pode o corpo, mas parece que deixamos de perguntar: afinal, o que pode a alma? O conceito judaico-cristão nos deixou cismados, mas será que não há nada no corpo que valha a pena chamar de alma? Podemos pensar a alma como a força viva que atravessa um corpo, como um sopro que o anima. No podcast desta sexta, conversamos sob…
  continue reading
 
Para Epicuro, a amizade é um fruto exuberante, que depende do cultivo da sabedoria, isto é, da regulação dos desejos. Por esse motivo, é difícil manter uma boa amizade, que não seja atravessada por interesses mesquinhos como poder, glória e riqueza. O rico se ilude, acredita que os interesseiros ao seu lado são seus amigos. Não percebe que o dinhei…
  continue reading
 
À primeira vista, escrever parece um ato banal: é só falar o que se quer colocando um letra atrás da outra, certo? Não exatamente! Há uma outra forma de escrever, que surge quando nos pretendemos a pensar algo que não sabemos ao certo. Esta forma aberta de escrita é uma criação de intensidades, uma espécie de viagem sem sair do lugar. Nestes casos,…
  continue reading
 
No ocidente, a sexualidade emergiu como um campo discursivo proeminente, marcado pelo cristianismo e pelas ciências médicas. Isso operou um deslocamento nas práticas sexuais, tornando-as muito mais sérias do que apenas um uso possível dos prazeres. Assim, nosso mundo foi seccionado pela maneira como pensamos o sexo: temos conquistado novos direitos…
  continue reading
 
Somos mais complexos do que qualquer nome, mas parece que a nossa sociedade gosta de dar etiquetas e marcar as pessoas com uma identidade fixa.Basta parar para perceber: somos mais do que um instante imediato. Nós podemos habitar a secura do presente, mas estamos sempre enxarcados de passado em cada ação que realizamos. No entanto, psiquiatras e ps…
  continue reading
 
A mudança climática é um fato, ela está acontecendo e aceleradamente. A estimativa da ONU indica um aumento de 3,2ºC na temperatura média do planeta. Isso pode parece pouco, mas não é: estamos encarando a possibilidade de uma nova extinção em massa. 85% das emissões de carbono aconteceram nos últimos 30 anos. Ou seja, nós somos os responsáveis pela…
  continue reading
 
"O trocadilho inteligente do anúncio na tevê fez todo mundo rir!": a publicidade parecia inofensiva, mas se tornou uma grande ameaça. No anos 80, Deleuze já alertava: os publicitários são ladrões de conceitos, aprendem a criar com a filosofia, mas respondem apenas ao capital. Hoje piorou. Que tipo de pensamento criativo é esse que considera apenas …
  continue reading
 
Todo mundo conhece alguém tão certo das próprias ideias que torna qualquer conversa insuportável. São pessoas tão seguras das suas próprias opiniões que apenas aguardam o momento oportuno para despejar as frases prontas. No entanto, neste mundo imenso, que tipo de certeza é possível? Há uma grandes chances de que uma certeza cega se transforme em p…
  continue reading
 
Sobre Há quem pense que é grande porque conquistou muitas coisas; há quem pense que a grandeza é um banho de sol. Os filósofos Cínicos latiam alto para nos alertar: "sigam a natureza", preocupados em não perder a virtude no meio dos valores prescritos pelas grandes civilizações. Enquanto Alexandre, o Grande, queria dominar o mundo, Diógenes, o cão,…
  continue reading
 
Bons médicos e psicólogos sabem que a cura não vem exatamente de seus saberes, mas do esforço de saúde do próprio corpo e mente de quem atendem. Qualquer perspectiva de liberdade na filosofia também parte desse princípio: o pensamento se efetua apenas por meio de algum envolvimento. Interseccionando esses campos, aparece a autoajuda, oferecendo a s…
  continue reading
 
Espinosa teve enorme influência da ciência e da religião. Foi a tensão entre elas que o levou à famosa síntese: "Deus, ou a Natureza". Segundo o filósofo, esta é a Substância que faz tudo ser o que é. Pelo nome de Natureza, pensamos que ela pode ser compreendida; pelo nome Deus, vemos que ele é muito maior do que nossa capacidade de compreendê-lo. …
  continue reading
 
A luminosidade da existência se reflete nas palavras. Como as palavras são capazes de expressar uma sensação, informar sobre algum acontecimento? Elas não possuem luz própria, mas abrigam um mundo muito maior que elas. A comunicação serve para informar, usando as palavras de modo bem direto, informando algo urgente ("cuidado com o poste!"), mas ser…
  continue reading
 
O espanto é o despertar do pensamento. Na vida cotidiana, o pensamento serve ao hábito, mas o espanto chega sem pedir licença, por meio de um acontecimento inusitado. O fluxo mecânico do pensamento é interrompido, e não temos escolha senão parar e olhar mais uma vez - admirar o que apareceu de surpresa. Na admiração, um universo de novas possibilid…
  continue reading
 
A pressa é amiga do capital. A sensação de falta de tempo é recorrente, a ponto de ser um sintoma psicossocial: reclamamos o tempo todo do nada de tempo que sobra. Mas se a condição de estarmos vivos é a de estar no tempo, como pode ser que ele nos falte? Na verdade, o tempo falta porque nos é roubado no modo capitalista de produção: na forma de ma…
  continue reading
 
Tanto Espinosa quanto Skinner, um na filosofia e outro na clínica, se dedicaram ao florescimento da vida humana, e refletiram sobre a alegria e a liberdade. Mas como definir a melhor alegria? E o que é realmente a liberdade? A Alegria, para Espinosa seria uma aumento, uma transição do grau de potência para um estado superior. A liberdade é então a …
  continue reading
 
São dez anos escrevendo sobre filosofia, mas nunca escrevemos sobre temas raciais. Como pudemos ignorar um tema tão urgente? Um dos motivos que explica nunca termos escrito sobre racismo é o fato nada banal de que nunca o sofremos. Essa ideia serviu pra gente pensar como o branco pode participar da luta antirracista. É preciso começar percebendo qu…
  continue reading
 
É difícil classificar as coisas, porque quanto mais as conhecemos, mais elas se diferenciam. Os astrônomos, por exemplo, mudaram de ideia sobre Plutão, ele é pequeno demais para ser considerado um planeta. Para Platão, a procura por boas definições, que digam apropriadamente o que as coisas são, é uma das preocupações da filosofia. Porém, sempre so…
  continue reading
 
O amor às vezes nos acontece como uma espécie de enlouquecimento. É o que costumamos chamar de paixão. Os gregos antigos usavam o nome de um deus, Eros, para se referir a essa espécie de amor que nos toma de assalto e desorienta, alterando radicalmente nossas perspectivas. Tão antiga quanto essa forma enlouquecida de amar é o discurso contrário a e…
  continue reading
 
Feche os olhos e tente lembrar das coisas que estão à sua volta: repare, você tem os traços mais gerais do ambiente copiados na sua memória! Mas será que dentro da sua cabeça os objetos têm a mesma riqueza que eles possuem na própria experiência? Basta voltar a observá-los atentamente. Você verá que qualquer coisa, em seus mínimos detalhes, tem uma…
  continue reading
 
Quem vive no presente é muitas vezes atormentado pelo passado. O passado às vezes é descrito como uma bola de ferro, amarrada em nossos pés, impedindo o movimento e limitando a liberdade. Nietzsche pensou que este seria o maior desafio do Eterno Retorno: transformar todo "assim foi " em "assim eu quis". Pensando sobre o passado, ele propõe a ideia …
  continue reading
 
As pessoas na sala de jantar estão preocupadas em nascer e morrer, não em amar. Inúmeras vezes, a família funciona como dispositivo repressor, dificultando que os indivíduos tomem a si mesmos em experimentação. A forma geral dessa repressão é a coerção, uma lei abstrata, não enunciada, mas concretamente punitiva. É por isso que há tantos tabus na c…
  continue reading
 
Somos poeira estelar, somos a morada de tudo aquilo que veio antes de nós. A palavra entusiasmo (do grego, en-theos) traduz a sensação de que existem deuses dentro de nós. A astronomia diz que há muito tempo atrás uma estrela precisou explodir para compor os elementos que hoje formam o nosso corpo. Deus, ou o Universo, compõem aquilo que somos, é p…
  continue reading
 
Pedimos para uma inteligência artificial escrever um parágrafo filosófico sobre o liquidificador. Curiosamente, o resultado parece ter vindo direto de um liquidificador de conceitos, servindo puro suco de filosofês enganoso: "O liquidificador se apresenta como um complexo sistema de agenciamentos maquínicos, tecidos por linhas de fuga intensivas, q…
  continue reading
 
Confiar (con | fidare) significa acreditar no outro, o que por si só já é interessante, pois nos tira do medo constante de que o outro esteja contra nós. Mas talvez a confiança seja mais do que isso: confiar não seria fiar junto do outro? Confiar é tecer, é acreditar na possibilidade de encontrar o cruzamento onde nossas linhas se fortalecem em nós…
  continue reading
 
É difícil classificar Foucault. Se não fosse filósofo, o que seria? Talvez um costureiro, preocupado em pensar como o tempo veste a subjetividade. A realidade é que Foucault é um filósofo singular; ele era ousado, irreverente, assanhado, quebrava com a imagem do Filósofo Sisudo™. Frequentava clubes de BDSM, organizava festas com LSD, ao mesmo tempo…
  continue reading
 
Nietzsche estava errado: o mundo não vai se repetir, ele está acabando! A ideia do Eterno Retorno Cosmológico diz que tudo retornará exatamente da mesma maneira, mas a física moderna diz outra coisa: o Universo está em expansão acelerada. A entropia é o novo demônio, que sussurra em nossos ouvidos: "nada voltará, nada se repetirá". Um abismo ainda …
  continue reading
 
Espinosa é um filósofo amado por muitas pessoas, Deleuze mesmo dizia carregá-lo no coração. O que explica tamanho entusiasmo com um pensador do século XVII, que fala de Deus por meio de axiomas, proposições e corolários? Talvez seja a maneira como ele define o amor: "uma alegria acompanhada da ideia de uma causa exterior" Ou seja, o amor aparece co…
  continue reading
 
"Dar o cu te faz menos homem!", esta é a acusação que escutamos dos conservadores mais escrotos. Nós a rebatemos, mas sempre de forma reativa: "Não, eu não sou menos homem por chorar, nem por dar!". A defesa é necessária, mas a lógica machista continua lá, subjacente: "sob qualquer pretexto, nunca deixarás de afirmar-se como homem". Eis a questão: …
  continue reading
 
Imagine que você foi convidado para uma festa: você se arruma, chega no horário, conversa com os convidados e faz o máximo para a festa ser o melhor possível. Mas chega uma hora em que você precisa ir embora, não tem jeito, nesta hora você agradece o anfitrião e parte. O agradecimento é por poder fazer parte, mesmo que a festa tenha vários defeitos…
  continue reading
 
Nise da Silveira era uma psiquiatra diferente, única mulher a formar-se médica em uma turma de 157 homens. Contrária aos tratamento violentos, se recusou a utilizar a eletroconvulsoterapia, a lobotomia e o coma insulínico. A partir dos estudos sobre filosofia e psicanálise, ela conseguiu ver o que seus colegas psiquiatras eram incapazes de perceber…
  continue reading
 
Não se faz filosofia sozinho. 25 anos atrás dois amigos brincavam de gravar um programa de rádio. Empolgados, eles falam sobre suas músicas e bandas favoritas. Passada a infância, o programa acabou. O que os amigos não podiam imaginar é que voltariam a gravar mais centenas de vezes no futuro... Estamos em 2023, passaram-se 25 anos desde aquela brin…
  continue reading
 
Pare um minuto: imagine-se visto de fora... Você, seu quarto, sua casa, a rua, o bairro, a cidade, o estado, o país - e continuamos subindo até que a Terra seja apenas um pálido ponto azul. Este exercício de pensamento chama-se "Visão do Alto" e é muito antigo. Os estoicos o utilizavam para entender melhor qual era o seu lugar no Todo. Segundo eles…
  continue reading
 
O Imposturas Filosóficas é um podcast produzido pelo site Razão Inadequada desde 2018. Nosso podcast é gravado ao vivo, toda segunda-feira às 19h lá no canal do Razão Inadequada na Twitch. Toda sexta-feira lançamos um episódio novo, que sai lá no nosso site e em todos os outros agregadores de podcast! Toda a produção do site é possível graças aos n…
  continue reading
 
Como descansar o indescansável? Sono, folga e férias parecem não ser mais suficientes para nos revitalizar. Já acordamos cansados - é o sintoma mais evidente do nosso esgotamento. Então, o que fazer? Quais práticas podem nos oferecer uma disposição não submetida à produtividade? No podcast desta sexta, conversamos com o Danilo Patzdorf sobre prátic…
  continue reading
 
Os especialistas diagnosticaram uma doença recente e muito grave: o Bilionarismo. Trata-se de uma compulsão extrema por acumulação de capital, que vai além de qualquer necessidade e faz sofrer toda a sociedade. O que é curioso é que, apesar de ser uma condição grave, o bilionarismo não é percebido como doença! Aparentemente, nossa sociedade capital…
  continue reading
 
O que faz de alguém feminista? Perceber que a diferença de gênero em nossas relações se faz de maneira opressiva. A urgência da luta é para que todos percebam o óbvio: mesmo que um homem nunca tenha violentado uma mulher, ele ainda está inserido nesta lógica. Os filmes da Disney são um ótimo exemplo: ali a violência de gênero é muitas vezes chamada…
  continue reading
 
Nastassja Martin foi atacada por um Urso no deserto de gelo da Rússia. Uma coisa é o fato, imparcial, noticiado como uma manchete de jornal. Outra coisa é o Acontecimento que se faz no encontro de dois mundos e as implicações subjetivas que geram. O que Natassja narra em "Escute as Feras" é o acontecimento, levando-nos a pensar em seu Devir-Urso. A…
  continue reading
 
A escrita é tão antiga quanto a roda e cumpre sua função social, mas vai muito além dela. Informar, descrever, comunicar não é tudo. Escrevemos também a partir do que não sabemos. O que significa tornar-se autor? Aceitar o estranho desafio de colocar em palavras uma multiplicidade irredutível. Neste caso, o ato de escrever é em um ato performativo …
  continue reading
 
Loading …

Guia rápido de referências