Rádio AfroLis público
[search 0]
Mais

Download the App!

show episodes
 
Loading …
show series
 
Programa especial, em inglês, com o pensador senegalês Felwine Sarr. De momento, o economista, escritor, músico, compositor e professor, na Duke University, nos Estados Unidos da América é uma das mais solicitadas personalidades africanas. No mês de março de 2020 esteve em Lisboa a realizar uma série de palestras e cedeu-nos esta entrevista, que se…
 
Ao longo de 5 anos refletimos sobre identidades negras e explorámos as possibilidades da nossa existência na sociedade portuguesa que são muitas mais que aquelas que nos são apresentadas nos media, na literatura e na própria história. Partilhámos percursos individuais e coletivos de pessoas negras e ampliámos os nossos horizontes. Foram 198 program…
 
Ver Blogue: https://radioafrolis.com/2019/06/20/audio-198-crisitna-roldao-comenta-luta-pela-inclusao-de-categorias-etnico-raciais-no-censos-2021/Em 2018, iniciou-se uma caminhada no sentido de se apurar a possibilidade de se inserir uma pergunta relativa a categorias étnico-raciais no Censos com a criação do Grupo de Trabalho Censos 2021 – Questões…
 
O I Colóquio NÓS de Capacitação, Diversidade e Inclusão Social - We Colloquium - pretende apresentar e sugerir ferramentas práticas para o exercício de fundamentos humanitários contrários a condutas destrutivas, discriminatórias ou que visem a segregação de qualquer grupo e pessoa. O evento será realizado entre 29 e 31 de maio, em Lisboa, no ISEG -…
 
O programa de hoje dedica-se ao caso conhecido como Caso da Esquadra de Alfragide, que remonta a 2015. No dia 5 de fevereiro desse ano 6 jovens da Cova da Moura foram levados para a esquadra de Alfragide e agredidos por agentes da polícia. Um desses moradores e Flávio Almada, que entrevistei na altura e falou do que sofreram nas mãos daqueles agent…
 
O nosso convidado de hoje é José Pereira, um dos curadores da exposição “Para uma história do movimento negro em Portugal, 1911-1933”. Esta exposição pretende resgatar a memória de uma geração de afrodescendentes que, no início do século XX, constituiu o primeiro movimento panafricanista da cidade de Lisboa. Este contributo para a divulgação da his…
 
Welket Bungué, ator e realizador de origem guineense, a residir entre Berlim e o Rio de Janeiro, vai estrear-se no IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema – com o filme "Arriaga", a 4 de maio, às 21h30, no Cinema São Jorge, com uma segunda sessão no dia 8 de maio, no mesmo local a mesma hora, com a presença do realizador.O filme "Arriaga" ex…
 
(Foto: Pedro Medeiros)A passagem do ciclone Idai por Moçambique, Zimbabué e Maláui fez centenas de mortos, segundo os balanços oficiais. Em Moçambique, o número de mortos confirmados supera os 400 e o de pessoas afetadas subiu para quase 800mil e os números continuam em atualização. A cidade da Beira, no centro litoral de Moçambique, foi uma das ma…
 
A 7ª Conferência Bianual da Rede Afroeuropeans vai realizar-se em Lisboa, tendo como local central o ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, de 4 a 6 de julho. Esta conferencia já foi realizada em León and Cádiz (Espanha), Londres (Inglaterra), Münster (Alemanha) and Tampere (Finland) sob diferentes temáticas. Esta conferência também oferece a o…
 
Registo da mesa do seminário de abertura do Roteiro para uma Educação Antirracista, no dia 26 de janeiro, na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, com o tema "Como se (des)constrói o racismo nos média?". Os convidados, Diana Andringa, (documentarista) Joana Gorjão Henriques (jornalista do Publico), e José do Rosendo (jorn…
 
A companhia HOTEL EUROPA estreou o espectáculo AMORES PÓS-COLONIAIS no Teatro Nacional D. Maria II no dia 7 de fevereiro e poderá ser visto ate dia 24 do mesmo mês.AMORES PÓS-COLONIAIS é um espectáculo que parte de histórias e testemunhos reais e procura saber o que significa amar no território colonial e pós-colonial, reflectindo sobre o amor enqu…
 
O ano de 2019 começou de forma bastante agressiva para as comunidades negras em Portugal. No dia 20 de janeiro, uma intervenção da polícia no bairro da Jamaica, no Seixal, filmada por moradores, mostrou agressões a uma família negra e originou reações por parte de comunidades negras. Uma das reações foi o comentário de Mamadou Ba, dirigente do SOS …
 
No dia 21 de Janeiro de 2019, foi marcada uma manifestação em Lisboa, para protestar contra a violência policial que uma Família Negra do Bairro da Jamaica tinha sofrido no dia anterior (domingo, 20 jan). A convocatória foi feita através das redes sociais e não teve o envolvimento de nenhum partido político, movimento partidário ou social. Sinho Pi…
 
A editora Sapata lançou a segunda edição da fanzine Hair de Andreia Coutinho em outubro de 2018 e neste programa ficamos a conhecer melhor a ilustradora, pintora e trabalhadora de um museu aqui em Lisboa. Andreia viu em Hair uma forma de sistematizar o seu processo de transição capilar e de partilhar a sua experiência que se revelou transformadora …
 
Desde 1978 a produção literária afro-brasileira teve um grande impulso com a criação da série Cadernos Negros, organizada pelo coletivo Quilombhoje. Ao longo de 40 anos foram publicados volumes os Cadernos Negros alterando-se entre contos e poemas, tornando-se uma forma de veicular a cultura, o pensamento e o modo de vida dos afro-brasileiros.Quare…
 
O “INSTITUTO DA MULHER NEGRA EM PORTUGAL – INMUNE”, fundado por 27 mulheres negra, apresenta-se como sendo "uma entidade feminista interseccional e anti-racista, constituída por mulheres, de direito privado, sem fins lucrativos, solidário, apartidário, mas não apolítico, que combate o silenciamento das mulheres negras, africanas e afrodescendentes …
 
"Que significa descolonizar, em face da atualização das feridas constituídas historicamente pelo processo de instauração da colonialidade como força ordenadora do mundo? Que significa descolonizar, quando o rolo compressor da necropolítica existe em nosso encalço e os nossos fantasmas nunca descansam face à reprodução de morte como expetativa de vi…
 
MOBILIZAÇÃO NACIONAL DE LUTA CONTRA O RACISMO 15 de Setembro – 15h00Braga, Lisboa e PortoColetivos promotores:Afrolis – Associação Cultural; GTO Lx – Grupo de Teatro do Oprimido; MUXIMA; FEMAFRO – Ass. de Mulheres Negras, Africanas e Afrodescendentes; DJASS – Ass. de Afrodescendentes; Observatório do Controlo e Repressão; Casa do Brasil; CAIPE – Co…
 
Rosa Miranda é uma mulher negra, licenciada em cinema e audiovisual, no Brasil, mestranda no Programa de Pós-Graduação em Cinema e Vídeo da Universidade Federal Fluminense. Como cineasta realizou mais de 17 produções cinematográficas além de produzir diversos eventos culturais ligados a promoção da sétima arte negra em diversas instituições. Atualm…
 
A 22 de maio de 2018 teve início o julgamento de 17 agentes da esquadra de Alfragide, acusados de tortura e racismo a seis jovens da Cova da Moura. Este processo diz respeito a um caso que remonta a 5 de fevereiro de 2015, altura em que entrevistei uma das vítimas, LBC ou Flávio Almada. Esta é uma acusação inédita dirigida a quase uma esquadra inte…
 
Esta quinta-feira vamos falar sobre as expressões do racismo na educação brasileira e os contributos do Serviço Social e tentar fazer um paralelo com que acontece em Portugal.Heide de Jesus Damasceno, apresentou o tema no Lugar de Fala, em Alfama, Lisboa, no mês de junho e diz-nos que "o quotidiano das escolas é repleto de situações discriminatória…
 
A Companhia de dança afro contemporânea - Agadá, apresenta mostras do seu primeiro espetáculo "Igbádú - O Céu e a Terra" nos dias 19, 20 e 27 de maio. O musical é coreografado por Jorge Cipriano, um dos fundadores e sonhadores da companhia, e gira em torno do processo de criação do mundo a partir do povo iorubá, no sentido de valorizar uma visão co…
 
Hoje quem nos fala e Joana Gorjão Henriques jornalista e autora do livro "Racismo em Português", editado pela Tinta da China em 2016, que trata o lado africano da historia colonial. Agora, em 2018, lança o livro "Racismo no País dos Brancos Costumes": "Este é um livro, no limite, para a sociedade branca que tem que desenhar políticas publicas e que…
 
O Rock in Rio Lisboa 2018 realiza-se nos fins de semana de 23 - 24 de junho e 29 - 30 de junho de 2018. Na edição deste, o palco EDP Rock Street vai promover um encontro entre tradição e modernidade, ao som das músicas de África. Semba, Kilapanga, Funaná, Coladeira, Rumba, Jazz, Rock, Afro-Punk, Kwaito e Kuduro são alguns dos ritmos que vão passar …
 
De 6 a 15 de abril, realiza-se o III° Encontro Internacional de Narração Oral da Lusofonia, em diversos espaços do concelho de Sintra. O lema do Festival e " Santos de casa fazem milagres... Somos todos Sintrenses!"Rui Oliveira e António Bartolomeu, fazem parte da organização (RJ ANIMA - Associação de Dinamização Ambiental, Social e Cultural) e fal…
 
"Somos super-heróis. (...) É um estigma. O negro não pode ser doente mental. O negro não pode ser gay. O negro não pode ser transexual. Existe uma parte da comunidade que tem este pensamento que não possibilita a nossa expressão enquanto indivíduos." Célio Dias é judoca e foi atleta olímpico. Homem negro, assume-se como homossexual e sofre de uma d…
 
"O racismo é alienante e esquizofrenizante(...) Vamos empoderar por dentro! Criar recursos para transitar [na sociedade]e ocupar! Não adianta querer ocupar e não saber ocupar!"Shenia Karlsson, psicóloga social negra, uma das fundadoras do Papo Preta, um projeto terapêutico, a funcionar no Rio de Janeiro, voltado para a saúde e bem estar mental da m…
 
Welket Bungué apresenta-se como Balanta e luso-guineense, nascido em Xitole, Guiné-Bissau (1988) e é o nosso convidado desta semana. Welket apresenta-nos a websérie 'Vã Alma' escrita e realizada por si, uma co-produção KUSSA Productions e Comicalate. 'Vã Alma' tem estreia prevista para o primeiro semestre de 2018 e conta no elenco com Gio Lourenço,…
 
No áudio de hoje temos um excerto da apresentação do nosso livro Djidiu - A Herança do Ouvido na livraria Tigre de Papel em Arroios, no dia 21 de Fevereiro de 2018. Foi mais um momento Djidiu em que nos unimos em torno de nós próprios para partilhar com todos os dispostos a ouvir. A apresentação neste áudio é um excerto da intervenção de Carlos Gra…
 
Lúcia Afonso, Jorge Cipriano e David Amado formam a constelação perfeita para a criação da Agadá - uma Companhia de Dança Afro Contemporânea. Este projeto tem o intuito de abrir espaço para bailarinos negros e aumentar a diversidade no chamado ballet clássico. A primeira Audição vai ser no dia 16 de fevereiro de 2018 no Jazzy Dance Studios em Salda…
 
"Era uma vez um pequeno feijão africano que..." E o resto contam-nos Akil de Sousa e Andreia Tavares no livro infantil Pequeno Rasul. Este livro foi pensado para o seu filho, Diego, que, como muitas crianças negras, poucas histórias tem nas quais se consegue rever. O lançamento do livro vai ser no próximo dia 17 de Fevereiro, pelas 16h, na Associaç…
 
A Djass, associação para afrodescendentes, propôs a construção de um memorial às vítimas da escravatura no centro histórico como projeto para o orcamento participativo da Câmara de Lisboa e ganhou com a maior votação. Beatriz Dias , presidente da Djass, fala-nos deste prémio lembrando a importância de honrar a memória de pessoas escravizadas, do re…
 
O corpo negro aprendeu a pensar-se como um problema pela hipermacação do processo da racialização. "Na medida em que a gente racializa o branco, a gente desequilibra o branco. E desequilibrar o branco é fazer ele aprender a se pensar como um problema.(...) O branco tem que aprender o que é que significa ser branco no mundo. Não é fixe! Não é moralm…
 
"Eu me coloco como atitivista do lugar de fala, como uma pessoa que acredita e aposta no lugar de fala como uma ferramenta política importante nesse momento da história. (...) O lugar de fala não é estático."Jota Mombaça vem do Brasil, onde começou a desenvolver práticas da escrita, das artes performativas que refletem a sua racialidade, desobediên…
 
Para celebrar o 31 de Julho, dia da Mulher Africana, a PADEMA (Plataforma para o Desenvolvimento da Mulher Africana) realiza, nos dias 29 e 30 de Julho, no Museu de Lisboa, no Palácio Pimenta, no Campo Grande, a III edição da FAMA - Feira da Mulher Africana. Luzia Moniz, presidente da PADEMA, fala-nos sobre o evento.…
 
Marilene Gonçalves vive no rio de Janeiro, Brasil, e tem como lema: cuidar do cabelo com o tempo coração, carinho e consciência. Desde que assumiu o seu cabelo como uma extensão do seu sistema nervoso, Marilene fala de terapia capilar, o trabalho que exerce através do projeto Consciência Dreads.Por Rádio AfroLis
 
Mamadou Ba, dirigente da SOS Racismo, comenta acusação do Ministério Público noticiada pelo Diário de Noticias no início desta semana (10 julho, 2017):“Dezoito agentes da PSP, entre os quais um chefe, estão acusados dos crimes de tortura, sequestro, injúria e ofensa à integridade física qualificada, agravados pelo ódio e discriminação racial contra…
 
No programa de hoje falamos sobre a criação do ator de origem angolana, Gio Lourenço."PRETA parte das memórias do criador, do período em que nos anos 90, chegado de Luanda, passa a viver no Bairro do Fim do Mundo. O corpo reencontra os gestos e os itinerários da transição da infância para a juventude.Preta era a cadela feroz que delimitava a fronte…
 
"A questão e que historicamente priorizou-se as [doenças] infecciosas e foi-se adotando uma atitude um bocado cega em relação as doenças crónicas. Mas é preciso olhar para elas e dar uma resposta muito rápida (...) é preciso olhar para todas as doenças como prioridade."Combate a doenças crónicas em África são subfinanciadas, apesar das primeiras es…
 
Entrevista com Patrick Simon um dos convidados presentes na discussão sobre Categorias Étnicas e Raciais (Ethnic and racial categories - Between political choices and social practices), promovida pelo CIES IUL e o CRIA, no âmbito dos "Encontros Mensais Sobre Experiências Migratórias". Patrick Simon é diretor de investigação no INED (Institut Nation…
 
Testemunhos da Escravatura - Memória Africana: O projeto integra a programação da Lisboa Capital Ibero-americana de Cultura, e parte das representações e das novas narrativas construídas do que a escravatura foi no passado e pretende contribuir para uma consciencialização dos equipamentos culturais, bem como contribuir para a construção de uma disc…
 
"Para mim o Ministério da Educação é o verdadeiro bully (...) é aquele que exerce o seu poder de forma desequilibrada, e de forma continua e que não beneficia, de todo, o trabalho que poderia e deveria ser feito com os jovens e, em particular, jovens e comunidades com um perfil mais especifico, que deviam ter técnicos, professores e pessoas com um …
 
Isabél Zuaa nasceu de uma mãe angolana e de um pai da Guiné-Bissau em Lisboa. Foi aqui que iniciou a carreira de atriz e bailarina e foi para o Brasil para alargar os seus horizontes e aprofundar a sua formação. Integrou-se no grupo de Gustavo Ciriaco e, no cinema, como coprotagonista do filme Joaquim. Aqui em Portugal faz parte do elenco da peça d…
 
Francy Silva é doutoranda em literaturas de língua portuguesa na PUC Minas e investigadora visitante na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e fala sobre a sua área de estudo, que se foca em retratos de género e violência, nas literaturas africanas e afrobrasileira, feitos por mulheres negras. Poema lido no final do programa é da autoria d…
 
"O que sempre me causa incómodo quando se fala dessas memórias [negra/africana] e que a representação negra está sempre ligada à escravidão." Quem tem direito à memória e quem tem direito à memória nos museus em Lisboa? Uma análise sobre a representação da memória negra em museus por Luzia Gomes, museógloga e antropóloga, professora na Universidade…
 
Um artigo que apresenta um estudo argumentando que as mulheres negras que utilizam o cabelo natural tem a autoestima baixa, motivou Mariama Djalo a questionar outras mulheres negra, como ela, que se decidiram por utilizar o cabelo como lhes cresce da cabeça, ou seja natural, se se identificavam com o que dizia o artigo. Mariama resolveu, com um gru…
 
"Eu defendo os princípios do panafricanismo Sékou Touré, William du Bois, Kawme Nkrumah, entre outros grandes pensadores que pensaram África. Nós próprios, os africanos, devemos desenvolver a nossa África." Nito Alves, um dos ativistas do grupo 15+2 que, em 2015, foi preso em Angola a 20 de junho, por discutir o livro "Da Ditadura à Democracia"("Fr…
 
Loading …

Guia rápido de referências

Google login Twitter login Classic login