show episodes
 
N'Os Lusíadas há moças desnudas numa ilha, n'Os Maias beijos na boca proibidos e, spoiler alert, o Baltasar acaba num churrasco da Inquisição naquele livro do Saramago. O genérico é de uma beirã madura e bonita que faz biscoitos aos domingos, o conteúdo é da neta que até se safa na compreensão escrita. Que farei com este livro?, um programa para jovens e seniores que não passam d'O Ramalhete. Cover art por @ajuliadacosta
 
É mais que uma entrevista, é menos que um debate. É uma conversa com contraditório em que, no fim, é mesmo a opinião do convidado que interessa. Quase sempre sobre política, às vezes sobre coisas realmente interessantes. Um projeto jornalístico de Daniel Oliveira e João Martins. Imagem gráfica de Vera Tavares com Tiago Pereira Santos e música de Mário Laginha.
 
Loading …
show series
 
A escolha de Paulo Raimundo não foi apenas uma surpresa para a bolha mediática e política. Mesmo muitos militantes do PCP, que conhecem bem um dos cinco dirigentes que acumulava a presença no Secretariado e na Comissão Política, ficaram espantados. Paulo Raimundo entra para a liderança do partido depois de várias derrotas. A geringonça parece ter s…
 
Duas jovens ativistas do Just Stop Oil atiraram uma sopa de tomate contra o famoso quadro dos girassóis, de Van Gogh, que estava protegido por um vidro. Conseguiram que o assunto voltasse ao debate. Alice Gato, 20 anos e estudante de comunicação no ISCTE, Ideal Maia, 21 anos, estudante de física na Faculdade de Ciências, e Leonor Chicó, 17 anos, ac…
 
D’Santiago porque é a ilha onde os pais nasceram. Não é Dino de Quarteira, terra onde ele próprio nasceu em 1982. De onde realmente é Dino D´Santiago, um dos músicos com mais sucesso em Portugal, que cada vez mais usa o palco que tem para fazer da arte política. Um “preto em construção”, nas suas próprias palavras. Que se tem vindo a construir como…
 
O abuso pode acontecer em qualquer instituição. Mas, talvez por serem menos centralizadas, em poucas se tornou tão evidente um encobrimento tão generalizado, sistemático e ao mais alto nível como na Igreja Católica. E esse é o verdadeiro escândalo. Para além dos julgamentos dos tribunais e da opinião pública, a Igreja tem pela frente um desafio int…
 
Sem contar com todos os que se naturalizaram ou os que aqui vivam sem estarem regularizados, há mais de 250 mil brasileiros em Portugal. No total, poderão chegar aos 400 mil. Mais qualificados do que em vagas de migração anteriores, não têm facilidade em encontrar saídas profissionais em Portugal nas suas áreas. Mas, num momento em que setores meno…
 
Que Amor de Perdição - Memórias duma família é o livro mais lido de Camilo Castelo Branco já toda a gente sabe. O que muitos desconhecem é que a trama foi escrita inteiramente quando o autor se encontrava preso na Cadeia da Relação pelo crime de adultério. A safadeza deste homem é proporcional ao seu génio, já que deixou escritas mais de 260 obras …
 
É neste período de transformação, entre a pandemia e as marcas que deixou em milhares de jovens, que começa mais um ano letivo marcado pelo debate sobre a falta de professores. Seja pelas mudanças na própria sociedade, onde os cursos tradicionalmente ligados ao conhecimento encontram muito mais saídas profissionais, ou de anos de congelamento de ca…
 
Portugal, longe da guerra e costumeiro refúgio de estabilidade, é um dos países onde o regresso do turismo é mais visível. Porque somos a economia europeia que mais depende dele, a expansão fulgurante do turismo contribuiu para recuperação económica que o país viveu depois da crise financeira e da dívida. O reverso desta dependência é que concentra…
 
As principais cadeias de distribuição e produção mundiais continuam a sofrer interrupções e a guerra desencadeou uma crise energética e alimentar de consequências mundiais. Esta tempestade perfeita não podia deixar de ter consequências políticas. Para saber se faz sentido responder com os instrumentos monetários de sempre a uma inflação que é motiv…
 
No último episódio da saga sobre o texto vicentino, analisa-se em pormenor a crítica e o cómico de linguagem, situação e carácter ao longo da exposição, conflito e desenlace. A peça mais bem estruturada de Gil Vicente não traz indicações de atos ou cenas mas calou as línguas pérfidas que o queriam difamar lá no século XVI. Ide ao teatro. Se puderem…
 
Uma semana de trabalho de segunda a quinta-feira. Um fim de semana de três dias. A proposta está longe de ser nova. É prática em algumas empresas, foi proposta do programa Jeremy Corbyn e defendida por Jacinda Ardern. A proposta defendida por Pedro Gomes, economista e professor na Universidade de Birkbeck, tem três pressupostos. Que a sexta-feira e…
 
Se o objetivo da Rússia era a neutralidade da Ucrânia, ela já está em cima da mesa há muito tempo. É difícil negociar com quem não deixa claro os seus objetivos, por mais indecentes que sejam. Está moralmente certo não ceder ao atacante, até por não sabermos onde ele parará. Mas a correção moral levanta um dilema: espera-se que um quinto da populaç…
 
"Neoliberal" não nasceu como insulto, mas como autodenominação, que viria a ser abandonada, numa tentativa de criar uma continuidade com o liberalismo clássico, como se o intervencionismo do Estado tivesse sido um parêntesis na História. O consenso de Washington, que simboliza o poder global neoliberal, tem três elementos centrais: desregular, libe…
 
Que Gil Vicente é o primeiro dramaturgo português, já sabemos. O que ainda desconhecemos são as personagens da farsa escrita para calar as más línguas em 1523. Mas não desesperem: este episódio traz as personagens que compõem o elenco, atentando especialmente às personagens femininas. Boas leituras, sem descurar a diversão numa qualquer pista de da…
 
Os brutais efeitos económicos da guerra entre Rússia e Ucrânia podem pôr em perigo as cada vez mais frágeis democracias europeias. E podem determinar o fim da cooperação no combate às alterações climáticas, o que corresponde a condenar o planeta, de qualquer das formas. Chegados a este conflito, a questão difícil é a que conta: como encontrar uma p…
 
E hoje, no último episódio do Podcast Imperfeito, deixo-vos descobrir todo um outro lado da Catarina que é ainda mais do que a mulher que viaja à volta do mundo com três crianças e um marido que desafia os limites impostos pela doença renal crónica que o impede de viver sem o apoio da hemodiálise. Acho mesmo que não podia ter escolhido melhor convi…
 
Parceiro estratégico da Rússia, com quem assinou um acordo há dois meses, celebrando uma nova ordem internacional que desafie a hegemonia dos Estados Unidos, muitos analistas consideram que só a China tem capacidade para travar as aspirações bélicas de Putin. É o elefante na sala. Que papel pode ou quererá desempenhar na resolução da guerra entre R…
 
Quem, a partir de hoje, voltar a dizer que Gil Vicente é o pai do teatro português leva uma reguada bem merecida. Antes deste cavalheiro surgir na corte de D. Manuel I, já havia teatro, embora feito e produzido de maneira diferente. O que Gil Vicente faz é edificar a coisa. O teatro e sabe-se lá mais o quê, que este homem parece ter tido muitos e d…
 
E eis que, esta semana, vos apresento o único convidado homem da primeira temporada deste videocast/podcast. Senhoras e senhoras, o grande Guilherme Duarte. E sim, falamos de um homem que assume publicamente não querer ter filhos (sorte a dos sobrinhos que um dia lhe hão-de herdar a fortuna), mas que sabe umas coisas sobre placentas. Ainda assim, a…
 
Hoje a minha convidada é a mulher que mais vulvas tem libertado neste país e que mais alto luta pelo empoderamento feminino a nível sexual (ainda que não só). Defensora acérrima de que todas devemos conhecer o nosso corpo e reclamar o nosso prazer, conseguirá Tânia Graça dar a volta às questões colocadas nos grupos de mães no Facebook? É isso que v…
 
As forças russas estão a reagrupar e a tentar, sem sucesso aparente, substituir as perdas materiais e humanas no terreno. Embora com números muito divergentes e ainda menos precisos, parece ser claro que o número de baixas russas caminha a passos largos para os que a União Soviética sofreu em dez anos no Afeganistão. As dificuldades parecem estar a…
 
E ao terceiro episódio, uma mãe de quatro. E dois cães. Tudo para responder a seis desafiantes questões sacadas directamente de um grupo de mães perto de si. E a terminar, como sempre, com um belo momento de poesia. Tudo isto com o espectacular patrocínio das Farmácias Portuguesas e da querida Clô Soares - design de interiores. Uma produção Creatin…
 
E eis que chega o segundo episódio do vosso novo videocast preferido. Desta vez a convidada é a mulher com mais twist deste país e criadora da pãodemia. Senhoras e senhores, Filipa Gomes como nunca a viram. Obrigada às Farmácias Portuguesas por terem acreditado que era possível fazer educação para a saúde no meio de gargalhadas e à Clô Soares que c…
 
Pedalar está na moda, mas os semaforeiros do conto de Mário de Carvalho já o fazem desde o início do século XX. Numa rua da invicta foi instalado um engenho movido a pedal, um semáforo manobrado por uma família em que todos são camisola amarela. Neste conto de Mário de Carvalho cruzam-se duas famílias, unidas por um ódio antigo, que servem como des…
 
O impensável aconteceu. Temos uma guerra de larga escala em território europeu, a maior desde o fim da segunda grande guerra entre duas nações independentes, ressuscitando a lógica, linguagem e riscos de escalada da guerra fria. A violência do conflito já levou dois milhões de ucranianos a entrar, como refugiados, nas fronteiras da União Europeia. …
 
E tudo começa assim. Obrigada à Rita que foi estóica a aguentar os meus nervos e aguentou as minhas mil voltas e voltinhas. O decor é obra da maravilhosa Clô Soares design e o patrocínio perfeitamente imperfeito é das Farmácias Portuguesas. Todos os episódios têm legendas e intérprete de Língua Gestual Portuguesa. Vamos a isto!…
 
O desmantelamento do Pacto de Varsóvia e a reunificação da Alemanha tinham como pressuposto que a NATO nunca se expandiria para leste. Expandiu. E a questão é saber onde acaba essa expansão. Sobretudo tendo em conta a importância estratégica da Ucrânia, a sua centralidade na história russa e a existência de uma fronteira comum de 1580 quilómetros. …
 
Maria Judite de Carvalho é a flor discreta da literatura portuguesa, dizia Agustina Bessa-Luís. George, o conto em análise neste episódio é um desdobrar da personagem principal para reflectir sobre a condição feminina, a passagem inexorável do tempo e a complexidade da natureza humana. Como sempre, não descurem a hidratação, a leitura de boa poesia…
 
Como muita gente do PS responsabilizou as sondagens pelo desfecho de Lisboa, muitos bloquistas e comunistas responsabilizam-nas pela estocada final. E parece incontestável que elas foram determinantes para uma maioria absoluta que já ninguém esperava. Não está todo o processo democrático inquinado quando sondagens e tracking polls marcam diariament…
 
É finito, jovens e seniores que não passam d'O Ramalhete. Termina aqui o estudo deste drama de Garrett, ingratamente desprezado. O terceiro e último ato é o desenlace da trama: Manuel e Madalena tomam o hábito e Maria, agora filha ilegítima, morre de vergonha. Pratiquem meditação, exercício e leitura de boa prosa. A boa prosa é aquela que não está …
 
Românticos, neste ato as coisas começam a ficar feias. De regresso à antiga habitação de D. João de Portugal, D. Madalena vai confessar o seu maior pecado a Frei Jorge. E, ao palácio, chega um Romeiro que se identifica como Ninguém. Será este o Mr. Nobody original, ou o Jaco van Dormael é também fã do nosso Garrett? Não descurem a leitura de poesia…
 
Todas as pequenas decisões da nossa vida deixam um rasto digital. Da hora a que acordamos, ao caminho que seguimos para o emprego, se escolhemos o transporte público a determinados dias ou o carro noutros. Tudo é quantificável. Nós somos o maior produto comercial do século XXI. Porque preferimos notícias falsas a verdadeiras? Porque as partilhamos …
 
É chegada a hora de analisar as cenas de Frei Luís de Sousa. Começamos com o primeiro ato, com um cenário bonito e as personagens ainda relativamente sãs da marmita. E por falar em sanidade, não descurem a meditação nem a hidratação. Que este 2022 tenha um rumo diferente destas tragédias de Garrett. --- Send in a voice message: https://anchor.fm/ca…
 
Românticos, neste episódio encontrarão o retrato dos personagens principais da tragédia romântica do nosso dândi Almeida Garret. Houve ainda tempo para falar dos espaços, do tempo e até de alguns conceitos teatrais. Já agora, ide ao teatro, se fizerdes favor, e nada de cochichar durante as cenas. --- Send in a voice message: https://anchor.fm/catar…
 
Apesar da Associação Americana de Psicologia e da OMS terem desclassificado, há décadas, a homossexualidade como doença, ainda há psicólogos que se dedicam a práticas de conversão, a que chamam de “terapias”. É em espaços religiosos que hoje mais acontecem. Segundo números internacionais, 20% das pessoas LGBT+ que procuram apoio psicológico são coa…
 
Bem-vindos ao teatro; Por favor desliguem os vossos telemóveis. Não é permitida a captação de imagem durante o decorrer do espectáculo. Obrigada. Em 1847 a coisa não devia ser bem assim, mas o texto de Almeida Garrett continua actual e mordaz. No episódio de hoje fala-se das dimensões presentes no texto, desde a religiosa à política, passando pela …
 
Em 2015, era então eurodeputado, Francisco Assis foi uma das poucas vozes que se opôs à geringonça. É esse o centro desta conversa. O passado, a crise por que passamos e o futuro que se avizinha. A sua posição passada parece reforçada pela atual crise, mas a verdade é que as suas previsões falharam. Esta foi uma das soluções governativas mais longa…
 
Duarte Cordeiro é o primeiro convidado da nova vida do Perguntar Não Ofende, a partir desta segunda-feira disponível no Expresso. Foi ele que substituiu Pedro Nuno Santos na espinhosa tarefa de garantir o diálogo parlamentar, que até 2019 se concentrou na esquerda. No momento em que descobrimos que PS e PSD podem estar disponíveis para viabilizar g…
 
É verdade, românticos, é chegada a hora daquela peça que ninguém gosta muito de ler. Não é uma novela da Globo, mas tem mais requinte, nobreza, sofrimento e patriotismo que qualquer Avenida Brasil. Até o próprio autor fazia uma perninha no teatro quando não estava a tratar da sua reestruturação. Almeida Garrett e o seu Frei Luís de Sousa são os tem…
 
Saudações, jovens e seniores que não passam d'O Ramalhete; Vim aqui converter a numeração romana do título: os capítulos analisados hoje são o 115 e o 148. Invasões, fome e peste, são os ingredientes de qualquer boa novela medieval, e Fernão Lopes era um excelente argumentista, ao que parece. Este é o último episódio sobre a Crónica de D. João I. P…
 
Em “Paraíso”, o realizador Sérgio Tréfaut regressa ao país que desejava reencontrar. Filmado nos jardins do Palácio do Catete, antiga sede do governo brasileiro no Rio de Janeiro e hoje Museu da República, Sérgio encontra homens e mulheres quase centenários que, todos os fins de tarde, se juntam para partilhar antigas canções de amor. Todos os film…
 
Corram, jovens e seniores, que querem matar o Mestre de Avis no Paço Real! Neste episódio conhecemos o método do cronista e pai da historiografia portuguesa, Fernão Lopes, que o deixou escrito no prólogo da crónica de que tratamos. O capítulo XI, cujo título é demasiado extenso para esta caixa de texto, é também hoje aqui esmiuçado. Como sempre, at…
 
Jovens e seniores que não passam d'O Ramalhete, o episódio de hoje é dedicado à Crónica de D. João I, da autoria de Fernão Lopes, o cronista a quem Alexandre Herculano apelidou de o pai da História Portuguesa. Entre 1383 e 1385 os castelhanos quiserem meter o bedelho nos assuntos do Estado, mas D. Nuno Álvares Pereira e uma padeira de Aljubarrota t…
 
Valete, Frates. É assim que termina a terceira e última parte de Mensagem, constituída por I. Os símbolos, II.Os avisos e III.Os tempos. Pessoa entrega nesta última parte a sua veia mais mística, sebastianista e profética. São tempos também de reduzir na cafeína e diminuir a pegada ecológica. D. Sebastião está para chegar e dizem que, afinal, vem d…
 
Este podcast é patrocinado mensalmente pelos seus ouvintes. Quer também fazer parte da nossa comunidade no Patreon? Apoie em www.patreon.com/perguntarnaoofende As eleições autárquicas mobilizam muitos milhares de portugueses em candidaturas partidárias e independentes às assembleias de freguesia, assembleias municipais e câmaras municipais. Se há u…
 
Mar Português está para Mensagem assim como o plano central está para Os Lusíadas. Nos doze poemas que esconde a segunda parte está o padrão de Diogo Cão, o Adamastor que agora é o Monstrengo e até Fernão de Magalhães, que injustamente foi dar nome a uma avenida conimbricense de má fama. Mais um episódio com a envolvente voz da D. Leonor e do não m…
 
Emissão conduzida pelo jornalista Paulo Baldaia. Este podcast é patrocinado mensalmente pelos seus ouvintes. Quer também fazer parte da nossa comunidade no Patreon? Apoie em www.patreon.com/perguntarnaoofende As eleições autárquicas mobilizam muitos milhares de portugueses em candidaturas partidárias e independentes às assembleias de freguesia, ass…
 
Emissão conduzida pelo jornalista Paulo Baldaia. Este podcast é patrocinado mensalmente pelos seus ouvintes. Quer também fazer parte da nossa comunidade no Patreon? Apoie em www.patreon.com/perguntarnaoofende As eleições autárquicas mobilizam muitos milhares de portugueses em candidaturas partidárias e independentes às assembleias de freguesia, ass…
 
Este podcast é patrocinado mensalmente pelos seus ouvintes. Quer também fazer parte da nossa comunidade no Patreon? Apoie em www.patreon.com/perguntarnaoofende As eleições autárquicas mobilizam muitos milhares de portugueses em candidaturas partidárias e independentes às assembleias de freguesia, assembleias municipais e câmaras municipais. Se há u…
 
Loading …

Guia rápido de referências

Google login Twitter login Classic login