Mariana Bacelar público
[search 0]

Download the App!

show episodes
 
O Vou Dizer à Mãe! é um podcast feito de conversas que se querem simples, inspiradoras, atuais (e um bocadinho provocadoras!), sobre os desafios da maternidade, as nossas crianças, a educação e outros assuntos que o dia a dia, as aprendizagens, leituras e reflexões da Verina e da Mariana ditarem. ❥ Queremos que os #vdm sejam feitos de tantas outras vozes de mães, pais, educadores e cuidadores que se queiram juntar à conversa. Podes deixar-nos as tuas opiniões, perguntas e sugestões através d ...
 
Loading …
show series
 
E com o Episódio #50 chegamos ao fim desta primeira série de conversas #voudizeramae! A Verina lança 3 perguntas à Mariana e a Mariana devolve-lhe outras 3, e assim surgem - como durante as outras 49 vezes - testemunhos, reflexões e partilhas autênrtcas sobre a experiência da maternidade, o percurso destas 2 mães que assumem estarem sempre a cresce…
 
Todos os filhos são únicos. E quando chega um irmão, o que muda? Um irmão será mesmo o melhor presente que se pode receber?Será que o filho único está em déficit em aprendizagens como a partilha, a negociação, comparativamente com pessoas com irmãos?Bonus track: O melhor presente (Luísa Sobral)Por Verina Fernandes e Mariana Bacelar
 
Quando a hora das refeições das crianças é um penoso momento do dia, talvez tenhamos de rever a nossa relação com a comida e questionarmos se estamos realmente a respeitar as necessidades dos mais pequenos. Comer é muito mais do que ingerir nutrientes necessários à nossa sobrevivência, passa por toda uma experiência multissensorial que pode ser mui…
 
Conversa boa e muito emotiva sobre as aprendizagens pela parentalidade de Marcos Piangers: um pai no seu caminho para ser melhor, em parceria vital com as filhas, a mulher, a mãe, os amigos."Papai é Top" e merece toda a atenção!A gravação foi feita no exterior, daí que não tenha a mesma qualidade a que nos habituamos, mas não podíamos mesmo perder …
 
Andam estes três conceitos ligados, na educação das nossas crianças? Serão bons indicadores de que estamos a educar futuros adultos saudáveis? E estaremos a querer ser, como educadores, os "donos" das aprendizagens das nossas crianças, contribuindo, afinal, para o inverso do que queremos para eles? Ouçam e deixem a vossa opinião!mais sobre nós:www.…
 
Novas pedagogias e gerações exigem também a adaptação do professor ao novo contexto de aula.Para isso, precisamos de professores corajosos para explorar as capacidades dos seus alunos e os seus interesses. Será através do vínculo e dando voz à criança que a aprendizagem solidifica.Por Verina Fernandes e Mariana Bacelar
 
O parto tem, para muitas mulheres e homens, uma aura de medos, de dor, da perda de intimidade, de fragilidade que não beneficiam o nascimento de uma criança.Convidamos a Marta Lima, do Nascimento Consciente, porque queremos uma vivência positiva do parto e, para tal, há todo um conjunto de ferramentas que podemos utilizar e que não implicam grandes…
 
És o pai que sempre quiseste ser?A plenitude da parentalidade inclui muito mais do que a interacção directa com a criança, da brincadeira. Há todo um conjunto de cuidados, de tarefas, de responsabilidades invisíveis que devem ser incluídos no papel que o Pai assume.O papel do Pai não é necessariamente uma questão de género mas sim de tempo e de dis…
 
Como podemos desejar crianças obedientes, habituadas a seguir comandos e que, ao mesmo tempo, sejam autónomas e criativas?A autoridade conquista-se com valores e actos que ressoam nos outros. Já o autoritarismo força, controla.O verdadeiro poder nãos está nas mãos de quem subjuga, por isso, há que escolher o melhor caminho!Música: Try a little tend…
 
Fará sentido haver parques infantis ou apenas zonas verdes, que possam ser partilhadas por toda a comunidade?Queremos diversidade ou parques padronizados, com selos de segurança, com estruturas de plástico e cimento?E queremos ser pais vigilantes e controladores (com toalhitas desinfectantes sempre à mão!) ou observadores e apreciadores da criança …
 
Coerência, Congruência, Consistência: no que se traduzem nas vivências da parentalidade?Deveremos focarmos-nos mais a ser Coerentes ou Congruentes? O que é mais importante a lidar com as nossas crianças e adolescentes? De que forma a coerência pode contribuir pouco para a relação pai-filho? E de que forma procurar a congruência nos faz ser mais aut…
 
Que tipo de estímulos e experiências proporciona a televisão às crianças? Podemos considerá-la uma ferramenta de entretenimento ou até mesmo educativa?O que fica implícito num espaço de vivência comum (as nossas salas!), onde a televisão ocupa um lugar de destaque?Trará magia de encantamento incontornável ou um feitiço mortiço?…
 
Certos jeitos e comportamentos ditos femininos acabam por escudar medos, angústias, fragilidades.De cada vez que usamos uma máscara, perdemos a oportunidade de nos conectarmos verdadeiramente com os outros. No entanto, por vezes, parece uma inevitabilidade, da qual não queremos sequer desviar.Que máscaras são estas, no feminino, e que utilidade ter…
 
Alice Vieira diz-se de têmpera jornalística, o que parece, de soslaio, ser incongruente com os seus livros e as histórias com aquele adocicado latente.Alice está sempre atenta à narrativa da vida, sem medos, à espera que esta lhe ofereça os seus frutos, sem precisar de recorrer ao fausto ou a perniciosos adjectivos! As histórias são mesmo como a fr…
 
Quando temos duas pessoas com histórias familiares diversas perante um filho, será muito natural que surjam pontos de discórdia na forma como se vive a parentalidade.Ninguém disse que é fácil ultrapassar estes conflitos mas trata-se, sem dúvida, de uma oportunidade de crescimento a não perder!mais sobre a Verina e a Mariana:www.sonodesonho.comwww.o…
 
Que escolhas traz o dinheiro e até que ponto estará a criança preparada para gerir uma poupança?Onde começa a liberdade financeira dos mais pequenos e onde termina o controlo que o adulto julga ter de impor?Não poupámos nada nesta conversa, como sempre!mais sobre a Verina e a Mariana em:www.sonodesonho.comwww.osuavemilagre.com…
 
Será que sentimos sempre Amor pelos nossos filhos? E será que demonstramos esse amor de forma incondicional ou só quando se comportam como nós queremos ou são do "nosso" jeito? Com a melhor das intenções, não estaremos sempre a colocar condições ao Amor, fragilizando a auto-estima dos nossos filhos? Será que pode haver relações mais intuitivas e ou…
 
O progresso acontece mais naturalmente de forma gradual, suave, evolutiva. Quando queremos, de repente, mudar radicalmente a nossa vida, cortar raízes repentinamente, será que conseguimos manter a consistência e a nossa resiliência?A Mariana e a Verina partilham as suas resoluções para dias futuros, com a esperança de concretizar cada vez mais aqui…
 
E quando as nossas crianças mentem? Como será mais sensato reagir e o que está por trás da mentira: medo, imaginação, tédio?A mentira deve ter uma consequência?E nós adultos, somos o exemplo não usando a mentira para nos relacionarmos com as nossas crianças ou... nem por isso?Junta-te à Verina e à Mariana nesta conversa onde houve espaço para a sin…
 
Organizar uma casa implica perceber a vivência da casa, a dinâmica das pessoas que nela moram, conhecer os objectos que nela habitam. Numa casa organizada, tudo se harmoniza, sem que isso implique um ambiente frio, clínico, sem vida.A Margarida Madeira partilhou connosco a sua clareza e vivência como organizadora de espaços. O seu trabalho está par…
 
Por vezes o tédio assola-nos. Há dias em que a rotina nos pesa. Devemos fugir da monotonia a toda a brida? O hábito é a via mais confortável de viver? Estes conceitos são tangenciais ou há pontos comuns? Vamos tentar saber.sabe mais sobre a Verina e a Mariana:www.sonodesonho.comwww.osuavemilagre.comPor Verina Fernandes e Mariana Bacelar
 
A profissão não nos define na totalidade e tantas vezes exige que alarguemos horizontes para nos mantermos activos e realizados. Tarantini conversa sobre os desafios de conciliar a educação e formação com uma carreira no desporto profissional, sem esquecer a reforma.Não podíamos escolher melhor exemplo!http://www.tarantini.pthttp://www.voudizeramae…
 
Sem grande dificuldade, as nossas crianças são rodeadas de fantasia não solicitada, seja de filmes e séries de animação, de histórias clássicas, de folclore e cultura.Até que ponto estarão prontas para a assimilar? Estaremos a limitar a sua criatividade ao expormo-las à fantasia já processada? E os medos que podem surgir neste processo?E quando dei…
 
O caminho que a parentalidade convida algumas mulheres e homens a seguir é por vezes o do empreendedorismo.Conversamos sobre as nosas motivações pessoais, refletimos sobre o que está na origem destas mudanças profissionais, o que nos trouxeram de muito bom e , na verdade , como o caminho mais desafinate e incerto pode afinal, nos tempos que correm,…
 
Numa situação de bullying, temos, pelo menos, duas pessoas em dificuldades: o agressor, que precisa urgentemente de se fazer ouvir (ainda que não o consiga fazer da melhor forma); e a vítima, que está fragilizada e com dificuldades em manter a sua integridade.Criminalizar ou mediar o conflito? Penalizar ou acolher?*BONUS TRACK* NIRVANA "Come as you…
 
Gabriel Salomão, professor, investigador e reconhecido especialista em Pedagogia Montessori no Brasil, esteve em Portugal a convite do Atelier Montessori. Conversamos sobre esta pedagogia, os seus valores e princípios. Percebemos o quão atual é e como cada vez mais é confirmada pela ciência e progressivo conhecimento sobre o desenvolvimento da cria…
 
Os ecrãs tomaram conta dos nossos dias e do das nossas crianças. Isso é bom ou mau? Como gerir o tempo passado em tabletes, smartphones e videojogos? Quais as consequências desta digitalização da infância e adolescência? A Verina e a Mariana partilham as suas inquietações acerca do tema e também algumas pistas para lidarmos melhor com a omnipresenç…
 
As crianças filosofam muito, por natureza. E essa aptidão para fazer perguntas parece desvanecer-se com o crescimento. Mas será que deixam de querer saber ou apenas manifestam as suas dúvidas e interrogações em ambientes mais seguros? O Nuno Fadigas junta-se, mais uma vez, numa conversa necessária, porque tínhamos perguntas pendentes, mesmo já nest…
 
Perante a diferença, faz sentido discutir a inclusão?Nesta conversa com Patrícia Labandeiro vamos também discutir as mudanças nas dinâmicas familiares contemporâneas e em que medida isso nos afecta.Verina Fernandes ➴ www.facebook.com/sonodesonho/Mariana Bacelar ➴ www.facebook.com/osuavemilagre/Por Verina Fernandes e Mariana Bacelar
 
Normalmente, o que vemos do teatro é o espectáculo, o resultado. Mas o importante é o processo. É aí que nos confrontamos com problemas (os nossos e os da criação), que procuramos e experimentamos até encontrarmos algo a que possamos chamar solução. É nos processos que nos sentimos perdidos e sem rumo. Mas é também aí que nos revelamos resilientes,…
 
Neste episódio vamos perceber de que forma as artes e o espectáculo alargam o léxico de vivências e de emoções das nossas crianças. Desta vez, na companhia da Dulce e da Mariana, a dupla que dá vida ao tão acarinhado "Som do Algodão".Verina Fernandes ➴ www.facebook.com/sonodesonho/Mariana Bacelar ➴ www.facebook.com/osuavemilagre/…
 
"Terrible Two", "Treenagers", "A Idade do Armário", " A idade dos Porquês", tudo rótulos que na verdade pouco ou nada servem a nossa relação com as crianças e filhos. De onde vem, porque lhes falta credebilidade e porque são tão nocivos quer para os pais, quer para as crianças.Verina Fernandes ➴ www.facebook.com/sonodesonho/Mariana Bacelar ➴ www.fa…
 
Neste episódio, convidámos o Prof. Doutor Nuno Fadigas a falar do seu trabalho filosófico com crianças, abordando questões fundamentais com roupagem simples e acessível.Verina Fernandes ➴ www.facebook.com/sonodesonho/Mariana Bacelar ➴ www.facebook.com/osuavemilagre/Nuno Fadigas ➴ www.facebook.com/profile.php?id=100016872183325…
 
O que são "más" influências? Como sermos uma "boa" influência na vida dos nossos filhos? Como tornar o mundo , as companhias e os contextos mais seguros para as nossas crianças sem as hiper-proteger? E o que tem a auto-estima e a auto-confiança a ver com tudo isto? E nós, temos boas influências na nossa vida?Verina Fernandes ➴ www.facebook.com/sono…
 
Os avós, a sua importância na vida dos netos ( e a importância dos netos na vida dos avós!)Uma conversa franca, onde houve espaço para memórias e histórias pessoais, reflexões sobre o papel do cuidado e da família e claro, alguma ciência e recente investigação nas areas do desenvolvimento da criança, infância e relações humanas!Verina Fernandes ➴ w…
 
Qual a importância da gestação? Como escolhemos viver a gravidez? De que forma o cuidado que temos connosco e com o nosso bebé influecia os primeiros tempos depois de nascer? O que se sabe sobre esses 9 meses e a sua influencia na nossa vida?Mariana Bacelar ➴ www.facebook.com/osuavemilagre/Verina Fernandes ➴ www.facebook.com/sonodesonho/…
 
Igualdade de Género ou devemos dizer desiguldade de género? Diferenças e equidade. Educar meninos e meninas. Educar de forma igual ou de igual valor? Onde nos leva - ou até onde nos limita na vida - diferenciar o que poderia ser tratado de igual modo e não valorizar o que temos de diferente? Emoções, brincos, cores & tarefas domésticas. Coragem e o…
 
Loading …

Guia rápido de referências

Google login Twitter login Classic login