Outra Frequencia público
[search 0]
Mais

Download the App!

show episodes
 
Olá meu nome é Léa Winter, eu sou a criadora do projeto Empoderando a Consciência, fico feliz por voce ter chegado até aqui, você é muito bem-vindo nesse canal. Que tal relaxar agora e se abrir para receber qual a contribuição existe aqui pra voce?Esse canal foi criado a partir dos áudios extraídos das minhas lives diárias durante a quarentena/covid-19, esse conjunto de lives é um convite para tudo ao seu redor através do despego dos seus pontos de vistas e do seu comprometimento em ser o qu ...
 
Loading …
show series
 
Essa é a trecentésima trigésima oitava edição do Outra Frequência, que foi ao ar pela primeira vez no dia 12/09/2021! 1. Areia (Luiza Loroza – comp. João Loroza) / single 2. Ambrosia (Joni – comp. Joni, Mochakk e Meot) / single 3. Lendas (Fogo Corredor) 4. Celeste (Lu Dantas – comp. Lu Dantas e Lucas Vasconcellos) / single 5. Meu Hotel 1 Estrela (L…
 
Essa é a trecentésima trigésima sétima edição do Outra Frequência, que foi ao ar pela primeira vez no dia 05/09/2021! 1. Despenteados (Bianca Rocha – comp. Carlito Birolli & Du Gomide) / single 2. Rapaz da Aldeia (Branca Lescher part. Zeca Loureiro – comp. letra de Branca Lescher, música de Sergio Bello e tradução para o inglês de Matthew Rinaldi.)…
 
Essa é a trecentésima trigésima sexta edição do Outra Frequência, que foi ao ar pela primeira vez no dia 29/08/2021! 1. Não Dá Nada (Zuana part. Carlinhos Carneiro – versão Zuana / Carlinhos Carneiro) / single 2. Melhor Versão (Nanda Cid) / single 3. Como Está Você? (Aldrin Gandra) 4. Roda de Luz (João Menelau) / single 5. Outra Dimensão (Marina Lu…
 
Essa é a trecentésima trigésima quinta edição do Outra Frequência, que foi ao ar pela primeira vez no dia 22/08/2021! 1. Juruparylson (Agenor, Agostinho e Leo) / Agenor, Agostinho e Leo 2. O Jogo (Carlos Sales – comp. Carlos Sales) / single 3. Orgulho Nordeste (Manno G part. Caju e Castanha e Juara Hoots – comp. Manno G, Juara Hoots, Caju e Castanh…
 
Essa é a trecentésima trigésima quarta edição do Outra Frequência que foi ao ar originalmente no dia 15/08/2021, reprise da ducentésima sexagésima oitava edição que foi ao ar originalmente no dia 05/04/2020!! 1. O Dia Em Que a Terra Parou (Raul Seixas) / O Dia Em Que a Terra Parou 2. Ficar Em Casa (Poléxia) / (O Avesso) 3. Lá Vou Eu (Rita Lee & Tut…
 
Essa é a trecentésima trigésima terceira edição do Outra Frequência, que foi ao ar pela primeira vez no dia 08/08/2021! 1. Trio de Efeitos (Luiz Tatit part. José Miguel Wisnik, Suzana Salles – comp. Luiz Tatit e José Miguel Wisnik) / O Meio 2. Três homens, três celulares (Maurício Pereira – comp. Maurício Pereira) / Pra Onde Que Eu Tava Indo 3. Men…
 
Essa é a trecentésima trigésima segunda edição do Outra Frequência, que foi ao ar pela primeira vez no dia 01/08/2021! 1. Você é um Oásis (Tiago Araripe part. Zeca Baleiro – compo. Tiago Araripe e Zeca Baleiro) / Terramarear 2. Metade de Ninguém (Lua Mincrof) / single 3. Amor e Água (Dona Conceição) / Amor e Água 4. Mina Negra (Vinaa part. Núbia e …
 
Essa é a trecentésima trigésima primeira edição do Outra Frequência, que foi ao ar pela primeira vez no dia 25/07/2021! 1. Flow Petrópolis (DurangoKid – comp. DurangoKid e Guimo Mota) / DKMERON – Delírios Distópicos 2. Patriota Comunista (Gabriel O Pensador) / single 3. Lá em Casa (Cristal) / Quartzo 4. A Cobra (Ana Matielo) / CLARA 5. Onde há fuma…
 
Essa é a trecentésima trigésima edição do Outra Frequência, que foi ao ar pela primeira vez no dia 18/07/2021! 1. Amanheceu (Iane Gonzaga) / Territóriamente 2. Salomé (Naiá Camargo – comp: Ana Flor de Carvalho) / single 3. Conqueror (Rafael Moraes part. Raul Mascarenhas) / Reconnection 4. Todas As Formas De Amor (Aquafaba – comp. D. Timm e Julia Go…
 
Essa é a trecentésima vigésima nona edição do Outra Frequência, que foi ao ar pela primeira vez no dia 11/07/2021! 1. Assim Você Me Mata (Leonel) / Leonel II 2. A torre (Clara Castro e Laura Jannuzzi – comp. Clara Castro e Laura Jannuzzi) / single 3. Alegria Triste (Salma e Mac) / Salma e Mac 4. Dois Corações Pertinhos (Junio Barreto part. Tika – c…
 
Quando não estamos na presença, nos enchemos de deveres e obrigações. Com isso, agregamos peso a tudo o que fazemos, deixando de viver a vida com leveza. Desse modo, passamos a adotar a reclamação como parte de nossa rotina diária. Toda vez que nos engessamos em um personagem fixo, estamos criando e mantendo redes neurais que nos impedem de sermos …
 
Ao nascermos, estabelecemos inúmeros pactos de lealdade com nossas mães, acreditando que devíamos pagar pela oportunidade que tivemos de estar na Terra. Essa postura foi responsável por criar barreiras à nossa felicidade, assim como a felicidade da nossa figura materna. Existem muitos deveres na palavra “maternidade”. E se ela fosse apenas uma ener…
 
Manter e sustentar energias é fundamental para sermos o ser infinito. Quando a vida é muito idealizada, não há ação, pois nós precisamos seguir condutas de moral e ética. Isso não é disposição de ser tudo. A interpretação de tudo o que captamos da realidade condiz com o que somos. Sabendo disso, podemos receber cada palavra de modo a despertar a no…
 
Muitas vezes, confundimos a ação de presença do saber com o sentir, atitude desvinculada da permissão. O nosso verdadeiro conhecimento provém do saber. Entretanto, por termos sofrido invalidações ao longo de nossa trajetória, duvidamos das nossas verdades. Ao focarmos nos sentimentos, voltamos ao estado de provar os nossos conteúdos internos. Sendo…
 
O magnetismo é o elemento responsável por atrair as nossas escolhas para a realidade. Muitas vezes, por não estarmos praticando a presença e a permissão totalmente, comprometemos a materialização da realidade que escolhemos. A potência magnética está associada diretamente ao corpo, visto que não está associada ao campo eletromagnético. Assim, devem…
 
Devemos escolher ser a boa aventurança e a verdade que somos. Isso só pode ser feito a partir da aplicação da permissão na prática, a qual viabiliza o estado de ser e, consequentemente, a presença. A única forma de recebermos tudo o que queremos é estarmos em um espaço associado à disposição em ser. Devemos ser a energia da manutenção, ou seja, man…
 
O novo eu é uma revelação derivada da abstinência do antigo eu. O perceber é a única forma de direcionarmos as energias. Quando baixamos barreiras e estamos comprometidos, podemos ser tudo, pois receberemos tudo. Para controlarmos a nossa própria transformação, devemos permitir que o universo nos proporcione as energias que criarão esse novo mundo.…
 
Muitas vezes, por estarmos vibrando em frequências de escassez, ainda acreditamos que temos algo a melhorar ou a consertar. Isso faz com que fiquemos retidos no estágio do buscador e da vítima, recusando, portanto, o ser e a presença. Ser mutante é atingir o nível mais expandido de consciência. Para isso, devemos praticar a escolha, a permissão e o…
 
O comprometimento está associado ao estado de presença e à consciência. A partir dele, podemos receber o que estamos escolhendo para as nossas vidas, tendo todas as possibilidades disponíveis para serem escolhidas. Ficamos muito tempo percebendo a vida pelo conhecimento. Estar comprometido com a consciência nos faz entender o que essa experiência e…
 
Ao estarmos na etapa do buscador, temos a necessidade de purificar e destruir a dualidade. Acreditamos que, com isso, nos aproximaremos do divino, evitando a punição. Entretanto, a verdade é que a ambiguidade sempre existirá. Nós, como seres onipotentes e universais, devemos acolhê-la, aceitando a dualidade como parte de quem nós somos. Para fazerm…
 
Quando buscamos consertar os erros, ficamos retidos à faxina cósmica. Isso está associado ao estágio do buscador, onde há o cultivo da escassez e da falta, além da ausência de contribuição. A falta, ao estar impregnada em nossos corpos, faz com que vivamos reverberando as dores do passado. Para eliminar a escassez, precisamos estar em comprometimen…
 
Ser contribuição significa fazer escolhas. Quando escolhemos, deixamos de fazer a mente poderosa, acessando quem somos de verdade. Essa entrada no estado de presença é geralmente feita de modo gradual e com o auxílio de ferramentas. Uma dessas ferramentas é a de fazer perguntas. Ao nos questionarmos, ficamos conscientes das conclusões e definições …
 
O espaço está relacionado a quem nós somos e, consequentemente, à presença e à contribuição. Quando nos apegamos à forma, percebemos a realidade pelo pensamento, nos mantendo no mundo virtual. A entrada nesse espaço deve ser praticada para que possamos estar conscientes das energias que estão disponíveis para a nossa vida. Com isso, enfraquecemos o…
 
Acessar a consciência é a chave para voltarmos a estar na presença. Quando fazemos isso, nos tornamos realmente contribuição para essa realidade. Desse modo, percebemos que somos seres universais e totais, revelando, assim, o nosso poder. Para que possamos explorar a consciência, devemos eliminar os julgamentos e definições. Isso pode ser feito a p…
 
No estágio do buscador, agregamos significância e importância a todas as coisas. Ao fazermos isso, permanecemos no estado da mente, criando implantes e rótulos. Isso impacta a nossa biologia e fisiologia ao aumentar as nossas ondas cerebrais. Quando nos aceitamos totalmente, voltamos ao estado de presença. A partir disso, enxergamos o mundo com neu…
 
Somos seres em transição. Passamos boa parte de nossas vidas sendo buscadores, vivendo no sofrimento e na procura constante por salvação. Entretanto, chegou a hora de evoluirmos à etapa do observador, conhecendo realmente a alegria em viver. Por mais que seja uma etapa importante, o buscador promove a separação e o julgamento. Quando ficamos consci…
 
Somos Deuses criadores. Isso significa que a realidade é criada por meio dos nossos pontos de vista. Sendo assim, se os nossos julgamentos estiverem fortalecendo a resistência de sermos algo, ficaremos presos ao nosso passado, projetando-o no futuro. Desapegar do estágio astral do buscador, o qual remete ao ego transcendente, é crucial para o receb…
 
A nossa realidade é criada pelos nossos pontos de vista. Quando estamos vivendo pela mente, nos tornamos incapazes de perceber as várias possibilidades que estão disponíveis a todo momento. Por isso, ficamos estagnados e presos a uma realidade infeliz. Nós somos tudo. Quando escolhemos vibrar e reconhecer outras energias, podemos mudar a nossa pers…
 
Muitas vezes, recorremos ao ego para criar a nossa vida, estabelecendo julgamentos e definições. Ao fazermos isso, nos recusamos a ser quem realmente somos e abrimos mão da presença. Como consequência, injetamos implantes em nosso sangue. Para podermos mudar a realidade atual, precisamos captar novas energias, revelando, assim, novas possibilidades…
 
Recebemos todas as possibilidades para sermos felizes, porém o ego nos impede de vivificar essa felicidade. Com tudo rotulado, os julgamentos e definições nos aprisionam no estado de mente, nos fazendo seguir um sistema de punição e recompensa. Visando sempre a perfeição como forma de evitar punições, criamos personagens e máscaras que nos impedem …
 
A mente cria camadas que, quando fortalecidas, nos impedem de nos conectar efetivamente com a imensidão do universo. Desse modo, o ego corresponde ao estado de separação, o qual está associado à existência de um eu. Estar no estado da mente significa ter a nossa perspectiva de mundo baseada em interpretações e definições. Todos nós entramos nesse e…
 
Ser onipotente é enxergar tudo em unidade, sem ego ou separação. | Em outras palavras, é ser Deus e praticar a comunhão com todas as coisas. Sendo assim, esse estado só pode ser alcançado por meio da presença. Apesar de estar comumente associado à religião, o estado de onipotência está sempre disponível a todos nós. Quando nascemos, éramos onipoten…
 
Às vezes, estamos recebendo muito, mas não temos o olhar necessário para perceber esse recebimento. Se a nossa mente valida as verdades que chegam pelas crenças, nunca seremos capazes de realmente validá-las. Isso acontece porque a verdade pautada no ego precisa do reconhecimento do outro para existir. Tudo ao nosso redor pode nos fornecer a visão …
 
As barreiras que temos constituem o nosso estado de separação, sendo um mecanismo de defesa da mente. Tudo aquilo que resistimos, reagimos e mantemos em nosso programa mental impede que a Terra o limpe e, por conseguinte, que sejamos capazes de transformar a nossa realidade. O nosso momento agora é de presença. A partir da nossa percepção e reconhe…
 
É muito comum estarmos no eu do passado, constituído por julgamentos e definições. Quando passamos a encapsular a autoimagem, perdemos o nosso olhar da inocência, ou seja, a percepção sem julgamentos. Isso acontece porque não estamos comprometidos. O convite é recuperar essa inocência, vivendo a partir do timo e nos libertando do ego. Essa é uma po…
 
A nossa mente cria dificuldades, nos impedindo de ser. Quando não estamos comprometidos, não conseguimos enxergar a beleza daquilo que nos rodeia. Essa separação permite que o passado comande o nosso corpo, nos afastando do recebimento. A partir da escolha, é possível reconhecer as criações que nos desassociam do espaço de consciência. O nosso eu p…
 
Às vezes, transformamos tudo o que escolhemos em nossas vidas em verdade. Desse modo, construímos personagens, resistências e impedimentos de criar a vida que gostaríamos de ter nessa realidade. A isso, se atribui o conceito de “tetos”, os quais são criados pela mente a partir das informações que ela retém sobre nós. O treinamento de estar na prese…
 
Muitas vezes, acreditamos que a felicidade é um estado de satisfação. Entretanto, a felicidade é uma escolha que está disponível a nós. Para a captarmos, devemos ativar a nossa percepção total, enxergando tudo ao nosso redor desagregado de rótulos e definições. Entrar em comunhão com o corpo nos faz receber a realidade, percebendo as mudanças que p…
 
O poder do ego advém da ausência de presença. A mente é responsável pela sequência do passado, visto que o projeta no futuro. Ela instaura implantes, como os sentimentos e emoções, que nos impedem de enxergar as novas possibilidades. Como podemos receber a vida de um canal desassociado dos pensamentos e sentimentos? Isso é possível pelo estado de p…
 
Todos nós temos um poder criativo e um poder destrutivo. De fato, é uma dádiva poder criar coisas que favorecem a nossa vida e destruir o que não queremos mais. Entretanto, esses poderes podem ser usados de forma errônea, criando obstáculos às novas possibilidades. Muitas vezes, atraímos escolhas grandiosas e, quando elas finalmente chegam, as dest…
 
O nosso corpo é como uma flauta que vibra as nossas escolhas e possibilidades. A escolha é o que atualiza o novo. Podemos vibrar em um circuito fechado e finito ou em um circuito aberto e infinito. Quando escolhemos o primeiro tipo de vibração, implantes astrais associam-se a nós, instaurando, assim, medo, insegurança, culpa e outros sentimentos ne…
 
A realidade está alinhada ao que existe dentro de nós. Isso acontece porque estamos interpretando a vida a partir do ego. Mudar a realidade significa deixar os julgamentos de lado e entrar no estado de presença, permitindo a chegada de novas possibilidades. E se a mudança que tanto queremos for, na verdade, um olhar novo sobre as coisas velhas? As …
 
As coisas acontecem e vem sólidas. Se existe nessa realidade, existe solidez, ou seja, pensamento e sentimento que deu forma e estrutura para as energias. Quando vem essa solidez, se você está no estado de presença, você consegue atravessar aquela parede sólida. Você pode ver a situação e outro ângulo, não nesse convite de reação que essa realidade…
 
Quando estamos presentes e incluídos, somos capazes de acessar a nossa potência para fazer qualquer coisa. Em presença, você sabe o que são pensamentos, julgamentos e impedimentos. Quando perdemos a presença ou não a valorizamos, estamos criando sofrimento. Toda vez que não estamos presentes, significa que estamos no estado da mente. A realidade ex…
 
Como eu posso ser mais contribuição para o outro sem me ferir? E quando o outro quer algo que não coincide com a nossa escolha? Se eu não entrego para o outro o que ele requer eu deixo de contribuir com ele? Ah mas se eu não entregar eu deixo de contribuir com outro. O outro é quem? O outro é você. Quando você ficar na sua escolha e decidir vibrar …
 
A partir de sua presença perceba a energia de alguém. Essa energia percebida não está relacionada com a pessoa, mas sim com você. Quando olha para o outro e solta seu senso crítico você recebe mais ele, lembrando que que ele é você. Se você se ama e sabe que está aberto em um estado de presença, acaba por não absorver nada, apenas dissolvendo. Baix…
 
A verdade não precisa ser provada, ao contrário da mentira. Você é o criador dessa realidade. Sendo assim, se há algo te paralisando, significa que existe mentira. A existência de mentira remete ao seu programa mental, visto que a verdade se refere ao que está além da mente. Em suma, o que está dentro da nossa mente é mentira, que são os nossos pro…
 
Como o outro reage comigo é para mim? Se o outro me trata mal ou se o outro me adora, está ligado em como eu me relaciono comigo mesmo. Como ser contribuição para o outro sem abrir mão de mim mesma? Sendo contribuição apartir das suas escolhas, quando você é um espaço de presença, você vai vibrar as suas escolhas. Quantas relações voce permite aban…
 
Permissão é abrir mão da mente. O teu corpo é um espaço para perceber coisas que o conhecimento te levaria sempre ao mesmo resultado. Por mais que tenham coisas boas nesse conhecimento, ele te aprisiona sempre no mesmo resultado. “Universo, quem eu devo ser agora? Neste podcast abordamos: 1) Ser e fazer 2) Mentiras e verdades 3) Confiar na intuição…
 
Quando estamos em presença, o perdão não existe. Não há o que perdoar se nunca nos ofendermos. Levamos as coisas para o lado pessoal porque temos medo de deixar de existir. Na verdade, a existência é criada pela nossa mente, visto que o eu é um espaço de ser permanente que está em mudança o tempo todo. Quando existe um eu , temos fortalecidas as cr…
 
Loading …

Guia rápido de referências

Google login Twitter login Classic login