Brasileiros, haitianos e a crise de imigração nos EUA

26:04
 
Compartilhar
 

Manage episode 303002028 series 2527084
Por O Globo descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
As mensagens de áudio enviadas à família por Lenilda dos Santos, a técnica de enfermagem que morreu sem comida e bebida, no deserto do Novo México, após ser deixada para trás pelo grupo de imigrantes ilegais do qual participava, chocou o país. O corpo da brasileira, encontrado em 15 de agosto, foi liberado na quinta-feira (23) pelas autoridades americanas. Da mesma forma que ela, milhares de pessoas tentam a sorte na perigosa empreitada para ingressar nos Estados Unidos. Os brasileiros, via de regra, tentam driblar as dificuldades econômicas. Hondurenhos ou salvadorenhos fogem das gangues. Os haitianos fogem de tudo: da miséria, do caos político e dos efeitos dramáticos de terremotos e furacões. Mesmo assim, eles também são barrados na fronteira. A crise de imigração na fronteira sul dos Estados Unidos vem de muito tempo. A diferença, agora, é que muita gente tem sido atraída pela falsa promessa de que está mais fácil entrar ilegalmente nos Estados Unidos após o fim da Era Trump. Com isso, o volume de imigrantes ilegais barrados e deportados só aumenta. Entre outubro de 2020 e agosto deste ano, mais de 46 mil brasileiros foram barrados, seis vezes mais do que o registrado em um um intervalo semelhante no ano anterior. E, nesta semana, milhares de pessoas de outras nacionalidades seguiam acampadas em um dos pontos mais críticos na fronteira: a ponte que liga Ciudad Acuña, no México, a Del Río, no estado americano do Texas. No Ao Ponto desta sexta-feira (24), a pesquisadora e professora da Escola de Educação de Harvard Gabrielle Oliveira explica as razões para que a crise de imigração se agrave, mesmo após o fim da era Trump, e relata o clima entre imigrantes e agentes de fronteira. O colunista Guga Chacra analisa os desdobramentos da situação para o governo Biden.

868 episódios