O lockdown na segunda onda de Covid-19 na Europa

28:23
 
Compartilhar
 

Manage episode 274956803 series 2527084
Por O Globo descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Desde agosto, a Organização Mundial da Saúde alertava para que os europeus ficassem mais atentos às medidas de prevenção contra o novo coronavírus. No entanto, os números da contaminação indicam que o aviso não foi suficiente. Houve uma explosão de novos casos e, desde a última segunda-feira, diferentes países adotaram medidas de restrição da livre circulação de pessoas, inclusive com bloqueio totais, o chamado lockdown. Na Irlanda, a medida deve se prolongar por seis semanas, mas as escolas não fecharão. No País de Gales, será por duas semanas. No Reino Unido, na Bélgica, na Itália e na Polônia as ações também já estão em curso.
No entanto, cresce a insatisfação da população e até mesmo a controvérsia entre os cientistas a respeito da efetividade do lockdown no atual cenário. Alguns especialistas avaliam que a pandemia demonstra letalidade inferior. Por isso, afirmam, medidas mais brandas, como o uso de máscaras e evitar o contato próximo, seriam suficientes. No Ao Ponto desta quarta-feira, a repórter Vivian Oswald, colaboradora do GLOBO em Londres, relata a situação nos países com aumento elevado de casos. Gustavo Cabral, doutor em Imunologia e pesquisador da Covid-19, analisa as razões para retomar as medidas restritivas e as lições que a segunda onda na Europa deixam para o Brasil.

367 episódios