Episódio 60 - "Checkpoint. Love" - Conversa com Rui Calçada Bastos

50:22
 
Compartilhar
 

Manage episode 325623188 series 3266800
Por Appleton Associação Cultural descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Rui Calçada Bastos (Lisboa, Portugal, 1971) estudou Pintura na Escolas de Belas-Artes do Porto e de Lisboa, assim como Artes Visuais no Centro de Arte e Comunicação Visual – Ar.Co, em Lisboa. Após uma estada em Paris, na Cité international des Arts, mudou-se para Berlim em 2002 para efectuar uma residência artística na Kunstlerhaus Bethanien. Em 2004, Calçada Bastos recebeu a Bolsa do Senado para a Ciência, Investigação e Cultura em Berlim. Em 2005, em colaboração com os artistas Sergio Belinchón, Santiago Ydañez, Paul Ekaitz e Antonio Mesones, Noé Sendas fundou a galeria Invaliden1, um espaço gerido por artistas em Berlim. Até 2015, Invaliden1 apresentou e expôs obras de cerca de cem artistas contemporâneos de todo o mundo.

A obra de Rui Calçada Bastos debruça-se sobre paisagens, objetos, formas e situações urbanas que num primeiro olhar poderiam passar despercebidas. Trabalhando com e nas cidades por onde tem passado ou vivido, o artista explora detalhes, memórias, gestos e narrativas urbanas enquanto possíveis vislumbres sublimes. Através da fotografia, vídeo, escultura, pintura e instalação, desenvolve os seus temas de forma poética, confrontando o espetador com uma perspetiva autorreferencial.

Rui Calçada Bastos já expôs em diferentes lugares, entre ele estão: Museu de Arte Contemporânea de Elvas; Centro de Artes Visuais de Coimbra; Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa; Centro Cultural de Belém, Lisboa; Kunstlerhaus Bethanien, Berlim; Centro Galego de Arte Contemporánea, Santiago de Compostela; MARCO, Museo de Arte Conteporânea de Vigo, Espanha; Art World Museum de Pequim; Singapore History Museum; Museu de Arte Moderna, Rio de janeiro; Centro de Artes Hélio Oiticica, Rio de Janeiro; Caixa Cultural do Rio de Janeiro; Círculo de Bellas Artes, Madrid; Fundación Botín, Córdoba;; Museu Patio Herreriano; Valladolid, Espanha; Museu Nacional de Arte. Arquitectura e design de Oslo; Bergen Kunsthalle, Noruega; Yerba Buena Center for the Arts, São Francisco; Gagosian, Los Angeles, entre outros.

E seu trabalho encontra-se representado em relevantes colecções nacionais e internacionais.

Links:

https://www.ruicalcadabastos.com/

https://www.brunomurias.com/artists/rui-calcada-bastos/

https://www.youtube.com/watch?v=ofP81djUUcI

https://gulbenkian.pt/cam/en/artist/rui-calcada-bastos-2/

https://www.maat.pt/en/exhibition/rui-calcada-bastos-walking-distance

https://contemporanea.pt/edicoes/11-2018/rui-calcada-bastos-paisagem-para-desaparecidos

Playlist Rui Calçada Bastos

https://open.spotify.com/playlist/12ytcPs22JzoojUuo17MHF?si=352bb96195e24450

Episódio gravado a 15.02.2022

http://www.appleton.pt

Mecenas Appleton:

HCI / Colecção Maria e Armando Cabral

Financiamento:

República Portuguesa - Cultura / DGArtes

Apoio:

Câmara Municipal de Lisboa

91 episódios