Maju Coutinho: 'Eu não sou Wikipreta'

36:30
 
Compartilhar
 

Manage episode 285941118 series 2835326
Por Folha de S.Paulo and Spotify Studios descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
A jornalista Maju Coutinho, âncora da TV Globo, define 2020 como um marco na forma como a imprensa aborda o racismo. A força que a pauta antirracista ganhou em vários países tornou evidente, também no jornalismo, a necessidade de ter espaços e pontos de vista mais diversos. Em entrevista ao podcast Café da Manhã, Maju afirma que a falta de diversidade implica em um olhar unilateral nas Redações. A jornalista diz que a imprensa chamar negros para falar apenas de racismo é "uma segunda escravidão". “Eu não sou Wikipreta", diz Maju. "Eu tenho a vivência de racismo, mas eu não sou a especialista no tema. Tem outras referências que se debruçam sobre esse assunto e que merecem ser mais ouvidas do que eu. Mas também há outros negros para falar sobre outras coisas." No episódio a âncora da TV Globo fala sobre desinformação, imparcialidade e a importância da diversidade no jornalismo.

137 episódios