#17 Entrevista com Amaral Vieira (Parte 11)

1:45:03
 
Compartilhar
 

Manage episode 265911629 series 2553811
Por institutopianobrasileiro descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

11ª parte da entrevista do pianista e compositor Amaral Vieira a Alexandre Dias, em que se mencionaram vários pianistas que não precisaram de concursos de piano para desenvolver uma carreira de sucesso – depois a conversa prosseguiu para Liszt e sobre como sua obra tem sido recebida ao longo dos séculos, mencionando-se várias personalidades importantes e histórias pitorescas. Amaral comentou sobre alguns personagens do meio musical de São Paulo das décadas de 1960 e 1970, como a pianista Wolfanga Sucupira, que tinha o curioso hábito de fazer correções em voz alta durante recitais de pianistas no Theatro Municipal; Laura Iakowski, que teve uma importante atuação como mediadora cultural, interligando profissionais de diferentes nichos; a pianista e professora Elsa Klebanowski, e o crítico de música José da Veiga Oliveira, de quem Amaral herdou o acervo. Por fim, expôs sua opinião sobre a atividade do crítico musical, e contou em detalhes como foi o fim do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo, apesar dos intensos esforços que envidou durante sete anos como presidente do conselho curador desta instituição. Trilha sonora: CD Caminhos Barrocos, com obras de Handel, Rameau e J. S. Bach, interpretadas por Amaral Vieira. Apoie o IPB: https://www.catarse.me/InstitutoPianoBrasileiro

28 episódios