#02 - A vingança dos Brito

25:19
 
Compartilhar
 

Manage episode 313225852 series 3262910
Por Thiago Da Hora descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

" [...] Estava meu filho em nossa casa e no seu trabalho, quando o referido Amaral mandou chama-lo para o negocio supra citado, sendo o portador o farmacêutico Manoel Joaquim de Souza Brito, tio de meu filho, homem incapaz de ofender a qualquer um. Sahiram, tio e sobrinho. Chegados á ‘Pharmacia S. Bento’, situada no largo da matriz desta cidade, de propriedade do referido Francisco do Amaral, este fez-lhe nova proposta e conversaram amigavelmente, quando de súbito entrou todo tremendo e colérico o dr. Carvalho, dirigindo-se ao mesmo Amaral da seguinte forma: - “O que faz este canalhinha aqui?” Com a resposta do Amaral, cuja ignoramos, dissera ele Carvalho: - “Espere ahi que já o aprompto”; dito isto, encaminhou-se do meu filho e, chegado ao pè deste, segurou-o pelo peito, descendo sobre ele muitas bengalladas, das quaes resultou abrir-lhe a cabeça, havendo também lucta e sucedendo cahir meu filho por baixo. Vendo-se assim aggredido e em perigo de vida, visto como o dr. Carvalho procurava uma faca que comsigo tinha, meu filho, em legitima defesa, tirando de um revólver com o qual se achava, desfechou-lhe os tiros precisos para salvar-se do enorme perigo que via deante de si! Eis ahi, meu caro senhor e bom Patricio, o assassino que dizem! Si tivesse sido um paulista, ficaria sendo um homem valoroso, de sentimentos nobres e cheio de virtudes, mas como se trata de um sergipano..."

Trecho da carta da mãe de Rosendo Brito, publicada no jornal O Comércio de São Paulo em 13 de fevereiro de 1897, seis dias depois de Rosendo e seu tio, Manoel de Souza Brito, serem linchados na praça da matriz São Bento (Araraquara-SP) em retaliação à morte do coronel Antônio Joaquim de Carvalho.

[In. Linchaquara - O assassinato dos Brito, artigo de Luiz Michel de Françoso, mestre em Ciências Sociais pela UNESP-Araraquara; disponível em https://periodicos.fclar.unesp.br/cadernos/article/view/7703]

.

A VINGANÇA DOS BRITO, episódio #02 do Desconjuro Podcast

Texto, narração e edição: Thiago da Hora

Arte: Sérgio Bazzanella

Músicas:

- Unholy Rites - Gamaliel [https://freemusicarchive.org/static]

- To Start Again - Monplaisir [https://freemusicarchive.org/static]

.

Contato:

Twitter: @thiagodahora

Instagram: @desconjuropodcast; @bazzaverso

.

[Esta é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.]

3 episódios