A era Trump acirrou as disputas de narrativa na cultura pop

24:24
 
Compartilhar
 

Manage episode 277345094 series 2504067
Por Editoria de Podcasts and Folha de S.Paulo descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Não é exagero dizer que, durante os anos de Donald Trump na presidência dos Estados Unidos, a cultura pop ficou mais militante e engajada —ou melhor, foi obrigada a sair de cima do muro. Obras que retratam a experiência de ser mulher, negro, imigrante ou LGBT no país, por exemplo, ganharam conotação política em a uma disputa de narrativas e identidades nos últimos anos. O episódio do Expresso Ilustrada desta semana analisa o legado do mais polêmico dos presidentes americanos na cultura pop e nos institutos artísticos. A era Trump foi marcada por protestos em premiações e pelo crescimento dos movimentos Me Too e Vidas Negras Importam, além de obras políticas como "This is America", de Childish Gambino, e a turnê "Us + Them", de Roger Waters. Para entender a influência do presidente na cultura, o podcast ouviu Giselle Beiguelman, artista plástica e professora da Universidade de São Paulo e Jason Farago, crítico de arte do jornal The New York Times. Também participam Marcos Augusto Gonçalves, editor da Ilustríssima, Silas Martí, editor do núcleo de cultura deste jornal e Anna Virginia Balloussier, repórter especial da Folha —todos foram correspondentes do jornal nos Estados Unidos.

See omnystudio.com/listener for privacy information.

104 episódios