#79 - "Bolsa Família turbinado" fica para depois da eleição, Câmara vive impasse e Fux dá recado a Bolsonaro

56:45
 
Compartilhar
 

Manage episode 274081401 series 2507073
Por InfoMoney descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
A pouco mais de um mês das eleições municipais, o governo Jair Bolsonaro e o senador Márcio Bittar (MDB-AC), relator da PEC do Pacto Federativo e do Orçamento, decidiram deixar para depois do pleito a apresentação dos detalhes do programa Renda Cidadã e suas fontes de financiamento.
Com isso, o calendário que já era apertado para a aprovação de proposições com tramitação complexa no Congresso Nacional se torna um desafio ainda maior para os articuladores políticos do Palácio do Planalto.
Outro obstáculo vem da queda de braço antecipada entre grupos de deputados pela sucessão de Rodrigo Maia (DEM-RJ) no comando da Câmara. O impasse entre o atual presidente, que tenta emplacar o nome de um aliado na disputa, e o líder do "blocão" Arthur Lira (PP-AL) já começou a interditar os trabalhos na casa legislativa.
No Judiciário, em meio às homenagens a Celso de Mello, que deixa o Supremo Tribunal Federal pouco antes de completar os 75 anos, o desembargador Kassio Nunes Marques intensifica conversas com senadores antes de ser sabatinado para o cargo. O indicado pode ampliar a porção de ministros garantistas na Corte.
Também têm forte repercussão no mundo político o encontro entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Dias Toffoli, a fala do mandatário que diz ter terminado com a Lava Jato por não haver mais corrupção no governo e a decisão do STF de levar o julgamento de ações penais das Turmas para o plenário.

92 episódios