Artwork

Conteúdo fornecido por Fumaça. Todo o conteúdo do podcast, incluindo episódios, gráficos e descrições de podcast, é carregado e fornecido diretamente por Fumaça ou por seu parceiro de plataforma de podcast. Se você acredita que alguém está usando seu trabalho protegido por direitos autorais sem sua permissão, siga o processo descrito aqui https://pt.player.fm/legal.
Player FM - Aplicativo de podcast
Fique off-line com o app Player FM !

Ana Pereira Roseira sobre guardas prisionais (Entrevista)

1:22:58
 
Compartilhar
 

Manage episode 371191237 series 2387866
Conteúdo fornecido por Fumaça. Todo o conteúdo do podcast, incluindo episódios, gráficos e descrições de podcast, é carregado e fornecido diretamente por Fumaça ou por seu parceiro de plataforma de podcast. Se você acredita que alguém está usando seu trabalho protegido por direitos autorais sem sua permissão, siga o processo descrito aqui https://pt.player.fm/legal.

Ana Pereira Roseira estudou, durante os seis anos de doutoramento, os percursos e testemunhos dos guardas de três estabelecimentos prisionais portugueses. Viu uma tendência para a securitização da classe, com diferenças geracionais na forma como guardas olham para a suas próprias funções. Os mais novos virão de uma escola mais orientada para a estrita garantia da segurança, com o abandono das funções sociais – "como se fossem polícias apenas dentro da prisão". Reflete sobre a forma como as prisões operam num “alicerce informal, na ilegalidade” face aos direitos dos reclusos inscritos na lei – como o direito a ter uma cela individual, sob raras excepções. “Temos que olhar para o que acontece com a noção de que, na base, tudo está diferente do que está formalizado.” Nesta entrevista, falamos sobre a mudança nas funções dos guardas prisionais ao longo da história, as suas condições de trabalho e as tensões entre o securitarismo e os direitos humanos. Sabe mais sobre este tema em www.fumaca.pt/prisoes

Ajuda-nos a ser a primeira redação profissional de jornalismo em Portugal totalmente financiado pelas pessoas: https://fumaca.pt/contribuir/?utm_source=podcast+app

See omnystudio.com/listener for privacy information.

  continue reading

435 episódios

Artwork
iconCompartilhar
 
Manage episode 371191237 series 2387866
Conteúdo fornecido por Fumaça. Todo o conteúdo do podcast, incluindo episódios, gráficos e descrições de podcast, é carregado e fornecido diretamente por Fumaça ou por seu parceiro de plataforma de podcast. Se você acredita que alguém está usando seu trabalho protegido por direitos autorais sem sua permissão, siga o processo descrito aqui https://pt.player.fm/legal.

Ana Pereira Roseira estudou, durante os seis anos de doutoramento, os percursos e testemunhos dos guardas de três estabelecimentos prisionais portugueses. Viu uma tendência para a securitização da classe, com diferenças geracionais na forma como guardas olham para a suas próprias funções. Os mais novos virão de uma escola mais orientada para a estrita garantia da segurança, com o abandono das funções sociais – "como se fossem polícias apenas dentro da prisão". Reflete sobre a forma como as prisões operam num “alicerce informal, na ilegalidade” face aos direitos dos reclusos inscritos na lei – como o direito a ter uma cela individual, sob raras excepções. “Temos que olhar para o que acontece com a noção de que, na base, tudo está diferente do que está formalizado.” Nesta entrevista, falamos sobre a mudança nas funções dos guardas prisionais ao longo da história, as suas condições de trabalho e as tensões entre o securitarismo e os direitos humanos. Sabe mais sobre este tema em www.fumaca.pt/prisoes

Ajuda-nos a ser a primeira redação profissional de jornalismo em Portugal totalmente financiado pelas pessoas: https://fumaca.pt/contribuir/?utm_source=podcast+app

See omnystudio.com/listener for privacy information.

  continue reading

435 episódios

Todos os episódios

×
 
Loading …

Bem vindo ao Player FM!

O Player FM procura na web por podcasts de alta qualidade para você curtir agora mesmo. É o melhor app de podcast e funciona no Android, iPhone e web. Inscreva-se para sincronizar as assinaturas entre os dispositivos.

 

Guia rápido de referências