EP 21 | ECONOMIA I Avaliações de impacto económico, precisam-se?

49:55
 
Compartilhar
 

Manage episode 301470102 series 2916187
Por Fundação Francisco Manuel dos Santos descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

De que serve testar políticas económicas sem avaliar o seu impacto?
Como sabemos se uma solução económica é verdadeiramente uma solução sem a testarmos e medirmos os resultados, antes de a lançar em grande escala?
As políticas económicas devem ser testadas mas também avaliadas, exactamente como se faz na ciência, com os medicamentos. Mais uma vez, Cátia Baptista responde à curiosidade de Hugo Van Der Ding e fala da sua experiência de campo, relatando estudos cujos resultados são surpreendentes.
REFERÊNCIAS E LINKS ÚTEIS:
Bah et al (2021). Information gaps and irregular migration to Europe
https://novafrica.org/research/information-gaps-and-irregular-migration/
Haushofer et al. (2018) Improving Economic and Psychological Well-being through Unconditional Cash Transfers in Kenya
https://blogs.worldbank.org/impactevaluations/maybe-money-can-buy-happiness
https://www.povertyactionlab.org/evaluation/improving-economic-and-psychological-well-being-through-unconditional-cash-transfer
http://globaldev.blog/blog/intentions-gambian-youth-migrate-europe-effects-covid-19
CÁTIA BATISTA
Cátia Batista é Professora Associada de Economia, e Fundadora e Directora Científica do centro de investigação NOVAFRICA, na Nova School of Business and Economics. Doutorada pelo Departamento de Economia da Universidade de Chicago, licenciou-se também em Economia na Universidade Católica Portuguesa. Obteve a Agregação em Economia Internacional na Universidade Nova de Lisboa. Tem sido professora regente de cursos de macroeconomia, desenvolvimento económico e economia internacional nas Universidades de Chicago, Oxford, Notre Dame e Trinity College Dublin. Trabalhou no Fundo Monetário Internacional e na Universidade Católica Portuguesa. Actualmente, tem afiliações enquanto Investigadora nos centros CReAM (London, UK), IZA (Bonn, Germany) e JPAL Europe (Paris, France), e foi Consultora para o Banco Mundial e para o IGC (International Growth Center, baseado na London School of Economics).
HUGO VAN DER DING
Hugo van der Ding é muitas personagens. Locutor, criativo e desenhador acidental. Uma espécie de cartunista de sucesso instantâneo a quem bastou uma caneta Bic, uma boa ideia e uma folha em branco. Criador de personagens digitais de sucesso como a Criada Malcriada e Cavaca a Presidenta, também autor de um dos podcasts mais ouvidos em Portugal, Vamos Todos Morrer, podemos encontrá-lo, ou melhor ouvi-lo, todas as manhãs na Antena 3 ou por detrás dos bonecos que nos surgem todos os dias por aqui e ali.

29 episódios