67: Ameaça fascista

1:50:22
 
Compartilhar
 

Manage episode 219771716 series 1041827
Por Senso Incomum descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Guten Morgen, Brasilien! Estamos aqui no aparente último episódio do nosso podcast antes de o fascismo começar. Com a eleição óbvia de Jair Bolsonaro à presidência, tudo quanto é órgão internacional fala abertamente no fim da democracia, em campos de concentração, em chumbo grosso na população e no massacre de minorias simplesmente por serem minorias. Afinal, se todos estão dizendo que Bolsonaro é fascista, é praticamente científico que fascista Bolsonaro é. Nós já analisamos aqui se o nazismo era "de direita", como dizem. Mas vamos analisar se o fascismo tem algo a ver com as propostas de Bolsonaro, ou dessa nascente direita brasileira? Apesar de ser uma palavra usada como adjetivo, substantivo, verbo, advérbio, exclamação, conjunção e preposição hoje em dia, o fascismo histórico é um fenômeno histórico extremamente bem definido no tempo. Criado por Benito Mussolini, um antigo socialista com certa oposição à centralização de Moscou, o fascismo preconiza o nacionalismo como diferente do socialismo. Mas por quê? O que de fato é o tal nacionalismo fascista? Por que exatamente Itália e Alemanha foram os países que atenderam tão prontamente o chamado fascista? Se alguém for muito nacionalista, acabará obrigatoriamente caindo no fascismo? Nesse episódio, damos nosso típico giro histórico para entender o que raios é, de fato, esse tal de fascismo – não o que a esquerda não cansa de ficar repetindo, mas o fascismo de verdade, aquele que, curiosamente, saiu justamente do socialismo, e que nunca se afastou muito dele. E mais: Reforma Protestante, os ídolos de Adolf Hitler, a Inquisição e suas heresias, o nome de Benito, consenso acadêmico e muito mais pancadaria para você nesse episódio do seu podcast preferido! A produção é de Filipe Trielli e David Mazzuca Neto no estúdio Panela Produtora, com produção visual de Gustavo Finger da Agência Pier. Guten Morgen, Brasilien!

113 episódios