Bolsonaro emergiu do ressentimento gerado no lulismo, diz Idelber Avelar

47:13
 
Compartilhar
 

Manage episode 287875515 series 2198701
Por Editoria de Podcasts da Folha and Folha de S.Paulo descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Idelber Avelar, professor de literatura latino-americana na Universidade Tulane, em Nova Orleans (EUA), é o convidado desta semana do Ilustríssima Conversa.

No livro “Eles em Nós: Retórica e Antagonismo Político no Brasil do Século XXI” (editora Record), o autor discute, a partir da análise do discurso, os principais movimentos da política brasileira nas últimas duas décadas e examina o uso de categorias retóricas como hipérbole, eufemismo e tautologia.

Na conversa com o repórter Eduardo Sombini, Avelar tratou da ruptura que junho de 2013 instaurou na política nacional e dos significados da Operação Lava Jato, além de expor sua leitura da ascensão de Jair Bolsonaro. O autor aponta uma retroalimentação entre lulismo e bolsonarismo, mas rejeita a ideia de que os dois campos são equivalentes —só o bolsonarismo é extremista e ameaça a democracia, afirma.

See omnystudio.com/listener for privacy information.

90 episódios