Narrow Listening: o que é isso | Dica para Melhorar o Listening

15:32
 
Compartilhar
 

Manage episode 278476868 series 22049
Por Denilso de Lima descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Narrow Listening!? Você já ouviu falar sobre isso!? Sabe como isso pode ser também uma estratégia para ajudar você a melhorar o listening em inglês?

Listening – ou a habilidade de compreensão auditiva – é a habilidade que muita gente sofre para melhorar. Algumas pessoas até desistem de aprender inglês por conta dela.

Estudam inglês com vontade, sabem gramática e vocabulário aos montes, leem e escrevem texto; mas, na hora de ouvir um filme, um seriado, uma entrevista, uma música, sentem-se como se não estivesse progredindo.

Ainda em 2007, escrevi um texto aqui explicando por que listening é difícil e como resolver esse problema. Desde então, foram inúmeras as dicas publicadas sobre como melhorar o listening em inglês.

Por enquanto, vamos entender o que é esse tal de narrow listening.

O que é Narrow Listening

Publiquei aqui em 2013, um texto falando sobre a importância do narrow reading no desenvolvimento do vocabulário em inglês. A dica era voltada para o pessoal que vai ENEM, vestibulares ou concursos.

Portanto, o narrow listening é a quase a mesma coisa que o narrow reading. A diferença este apenas no material de estudo.

Assim como no narrow reading, ao fazer o narrow listening, o estudante de inglês mantém o foco em um tema específico e ouve sobre aquele tema o máximo possível durante um certo período de tempo.

Por exemplo, pode-se encontrar material de áudio no qual as pessoas falam sobre elas: de onde vieram, o que gostam de fazer, pais, irmãos, onde estudaram, profissão, faculdade, etc. O estudante é exposto a vários diálogos (ou apresentações) nos quais esses temas são falados.

Com isso, a exposição ao vocabulário (chunks of language) e à estrutura gramatical (gramática de uso) faz com que o(s) estudante(s) comecem a internalizar esses inputs naturalmente. Cabe aí processá-lo, praticá-lo, repeti-lo (passar pela fase de intake) e então ir às atividades de produção (output).

Portanto, em resumo, narrow listening é uma estratégia de ensino/aprendizado de línguas, na qual o(s) estudante(s) são expostos o máximo possível a material de listening no qual um único tópico é discutido, falado, mencionado.

Quais as vantagens do narrow listening?

Para conhecer as vantagens dessa estratégia, vamos usar os mesmo argumentos do pai da ideia, o dr. Stephen Krashen, referência mundial em pesquisas de aquisição de segunda língua.

No artigo The Case For Narrow Listening (Elsevier, 1996), no qual ele sugere essa atividade, lemos o seguinte:

Repeated listening, interest in topic, and familiar context help make the input comprehensible. […] Narrow listening is a low-tech, inexpensive, and pleasant way to obtain comprehensible input, and is also an easy way to get to know speakers of other languages. [os destaques são meus]

O que ele está dizendo aí é que narrow reading ajuda a tornar o input (aquilo que você estuda) mais fácil de entender. Isso acontece porque você ouve repetidamente sobre o assunto que acaba adquirindo o vocabulário e o jeito como falar sobre o assunto.

Além disso, trata-se de algo que não custa caro (na internet você pode encontrar muita coisa gratuitamente), não precisa de alta-tecnologia (pense em podcast, youtube, instagram, etc.) e é uma forma agradável para aprender inglês (você vai ouvir assuntos que gosta).

Como praticar o narrow reading sozinho?

Se você estuda inglês sozinho, vai precisar se esforçar um pouco mais para colocar isso em prática. No entanto, seguem abaixo algumas orientações.

  1. Para começar, escolha um tópico e faça perguntas sobre ele. Evite fazer perguntas cujas respostas sejam yes ou no. Essas perguntas vão servir de guia para você.
  2. Em seguida, faça um narrow reading. Leia sobre o assunto/tópico escolhido para se acostumar com o vocabulário (chunks of language). Vá em busca de repostas às perguntas que você fez no primeiro passo;
  3. Enquanto faz o narrow reading, anote em seu lexical notebook, o vocabulário ou mesmo frases e expressões que aparecem repetidas vezes;
  4. Quando tiver lido o suficiente, foque em aprender a pronúncia das palavras, frases e expressões que anotou. Repita em voz alta. Crie exemplos com elas e leia também em voz alta;
  5. Depois de praticar bastante, passe para a fase de narrow listening. Procure por entrevistas, cenas de filmes ou seriados, matérias jornalísticas, etc., que abordem o tópico. Ouça tudo o que for encontrando e vá identificando os chunks que anotou e praticou e caso ouça algo que parece se repetir com frequência, anote também em seu lexical notebook. Se você tiver como entrevistar nativos, faça isso e grave as respostas deles;
  6. Ouça o material até mesmo nos momentos fora do estudo formal. Isso ajuda seu cérebro a reencontrar o input de modo natural e sem a formalidade do horário de estudos.

» Leia também: Faça Isso Para Melhorar o Listening

Esse é um roteiro que você pode seguir por cerca de 7 a 10 dias. Ou seja, a cada 10 dias, você pode trocar o tópico e começar tudo de novo. De tempos em tempos (a cada 20 ou 30 dias), ouça novamente tópicos já estudados anteriormente; assim seu cérebro volta a ter contato com aquele conteúdo e vai internalizando o input visto até ali.

Conclusão

Colocar essa estratégia em prática, ajuda na organização dos seus estudos. Você não estuda as coisas de modo aleatório e seu cérebro agradece por isso.

As informações que você estudar (input) – gramática de uso, chunks of language, collocations, etc. – vão se “fixando” mais fácil e naturalmente na memória.

Narrow reading and narrow listening são sem dúvidas duas estratégias poderosas para quem deseja ficar com o Inglês na Ponta da Língua. Portanto, give it a try.

A dica Narrow Listening: o que é isso | Dica para Melhorar o Listening foi publicado originalmente no site Inglês na Ponta da Língua e é de autoria do prof. Denilso de Lima.

72 episódios