“Foi uma manifestação fofinha. Juntou 'agrobetos', 'esquerdalha' com malta da extrema-direita”

54:25
 
Compartilhar
 

Manage episode 288457734 series 2528520
Por Expresso descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Esta semana Joana Marques aborda a recente manifestação contra o confinamento. Uma resistência às restrições impostas pelo Governo no combate à pandemia da covid-19. “Quando vejo estes eventos penso 'quem são estas pessoas'. Parecem todas saídas do Chapitô. Dá-me a entender que a vida delas não era muito diferente pré-pandemia...” Ainda sobre o mesmo tema, José de Pina acrescenta: “É uma manifestação fofinha e querida, nunca antes vista. Pois junta 'agrobetos', 'esquerdalha' com malta da extrema-direita. Quem é que juntou, na Humanidade, esta gente toda? A covid.” Carla Quevedo irrita-se com a fixação de 14 de julho como data simbólica para se alcançar a imunidade coletiva na Europa. “Uma data horrorosa, sangrenta, violenta, para uma coisa que supostamente é boa. Simbolicamente é terrível.” Por fim, Luís Pedro Nunes, reagindo à proposta do PSD em querer obrigar políticos a revelar se pertencem a associações como a Maçonaria ou a Opus Dei, comenta: “Faz-me espécie nunca ter sido convidado para aquilo. É tudo tão eu...” Com moderação de Pedro Boucherie Mendes, o Irritações foi emitido a 26 de março na SIC Radical

84 episódios