MaraMinas 006 - O assunto é: Animação!

1:47:37
 
Compartilhar
 

Manage episode 269189856 series 2660310
Por Maratona de Sofá descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Olááá Maratoners, tudo bem com vocês? Nesta edição do Maraminas o tema é animação. As Minas falam sobre "Animações que todos os adultos deveriam assistir."
Após muita pesquisa e debates acalorados, sete animações imperdíveis foram selecionadas pelas Maraminas, e neste episódio incrível cada uma delas nos explica qual a importância de cada uma dessas obras para elas, e para o mundo. Vamos conferir?
Coco - Viva a vida é uma festa!
Lorena fala sobre Coco. Uma animação de Adrian Molina e Lee Unkrich, produzida pela Pixar e distribuída pela Disney do ano de 2017. O filme conta a história de Miguel Rivera, um menino de 12 anos que é acidentalmente transportado para o mundo dos mortos, onde procura por seu Trisavó, que ele acredita ser um cantor Mexicano muito famoso. Durante sua jornada Miguel se reconecta com as raízes musicais de sua família, e descobre que nem tudo é o que parece, seja no mundo dos vivos, ou seja no mundo dos mortos.

Uma obra aclamadíssima, Coco conquistou prêmios como o Oscar de Melhor animação, e Melhor canção original, por Remember Me. Levou ainda o Globo de Ouro de melhor filme de animação. Além disso encontra-se no ranking das 80 maiores bilheterias de todos os tempos, e a maior bilheteria no México, o que representa o respeito e a importância que uma obra assim tem para os mexicanos.
Divertida Mente - Inside Out
Rafaella nos presenteou com sua visão de Divertida Mente, que conta a história de Riley, uma menina de 11 anos de idade que ao se mudar para uma nova cidade enfrenta um turbilhão de emoções e mudanças. Enquanto Riley enfrenta seus percalços, nós espectadores acompanhamos a sala de comando de suas emoções, onde estão localizados: Alegria, Tristeza, Nojo, Raiva e o Medo.

Uma confusão enorme acontece e por essa razão Alegria e Tristeza deixam a sala de controle, e acabam fazendo uma viagem pelas, memórias, sonhos, lembranças e subconsciente de Riley; E na busca de restabelecer a ordem, elas acabam descobrindo uma grande lição. DivertidaMente recebeu o Oscar de melhor animação do ano de 2016 e se tornou um ferramenta extremamente didática, utilizado por pais e profissionais para que as crianças compreendam como lidar com suas emoções.
Omoide Poro Poro - Memórias de Ontem
Mayumi escolheu Memórias de Ontem, pois uma lista de animações sem Studio Ghibli nunca estaria completa. De Isao Takahata, Memórias de Ontem conta a história de Taeko, uma mulher solteira, que se dedica exclusivamente ao trabalho. Ao sair de Tókio para visitar a família de sua irmã durante a colheita do açafrão bastardo, Taeko se questiona sua rotina estressante, e seu lugar no mundo. O conflito é o embate da expectativa de uma juventude e a realidade do dia a dia de adulta.

Memórias de ontem possui uma trama mais adulta, focada no amadurecimento e em aproximar o público da história contada. Não é uma narrativa linear, e o traçado do filme é mais realista. Pontos característicos da obra de Isao, que busca sempre passar uma experiência humana e uma crítica relacionada a sociedade e cultura japonesa. O filme, que foi lançado em 1991 está disponível na Netflix e ainda hoje mantém a crítica de 100% no Rotten Tomatoes.
Kiriku e a Feiticeira
Kiriku e a Feiticeira, obra escolhido por Milena nos conta uma lenda Africana que virou livro, peça de teatro, espetáculo de dança, filme... O filme que foi lançado em 1998, possui direção e roteiro de Michel Ocelot, e narra a história de um bebê, que fala desde a barriga da mãe. Além de falar, Kiriku anda, corre, e é o responsável por salvar sua aldeia de Karabá, uma feiticeira assustadora que dizimou os guerreiros da aldeia, secou toda a água disponível e roubou todo o ouro das mulheres.

O filme que possui inúmeras referências ancestrais de África, dá conta não só de contar a lenda com detalhes, mas cumpre seu papel ao não chapar os personagens, permitindo que suas multitudes floresçam, nos mostrando que ninguém é de todo bom, ou de todo ruim. A beleza e o heroísmo de Kiriku é acompanhado de bondade, doçura, paz. O filme está disponível de graça no Youtube já em formato dublado.
Hataraku Saibo - Cells at Work!
A animação escolhida por Ana foi Cells At Work, que origina de um mangá escrito e ilustrado por Akane Shimizu. A trama se passa no corpo humano, onde nossas células antropomorfizadas enfrentam inúmeros problemas para nos manterem vivos. Os protagonistas principais do anime são um Glóbulo Vermelho e um Neutrófilo, que parecem se esbarrar constantemente enquanto fazem seus trabalhos. Extremamente carismático, o anime surpreende também pela acurácia.

Inúmeros profissionais de saúde, que fazem pesquisa, ou trabalham no campo médico e biológico elogiaram a produção. Chegando até a utilizar o conteúdo dos episódios do anime em aulas. A produção é de 2018, contando no momento com uma temporada apenas, mas a segunda já está em produção. Cells At Work está disponível na Netflix.
Carole and Tuesday
Laise escolheu falar sobre Carole and Tuesday, um anime de 24 episódios produzido pelo Estúdio Bones, e dirigido por Shinichiro Watanabe. Caso você não esteja por aqui pela primeira vez, sabe que Shinichiro é o criador de Cowboy Bebop, e sempre lembrado quando o assunto é anime e trilhas incríveis. Estreando em 2019 o anime musical comemorou os 20 anos do estúdio Bones e 10 anos da gravadora FlyingDog.

O anime conta a história de duas meninas diferentes, que ao se conhecerem descobrem que possuem em comum o amor pela música. Carole and Tuesday se passa em Marte, no futuro, após a humanidade ter migrado para o espaço. Neste universo futurista máquinas de Inteligencia Artificial são responsáveis por produzir a música, no entanto nossas protagonistas desejam produzir sua música de forma orgânica. A jornada delas é incrível e enriquecedora, e inúmeros temas importantes como desigualdade sociais, gênero, abuso de drogas entre outros são abordados. A série está disponível na Netflix.
Steven Universe
Bells escolheu Steven Universe como a última, mas não menos importante animação desse cast. Steven Universe conta a história do personagem homônimo, Steven, um menino de 14 anos, que mora com as Crystal Gems, três seres alienígenas com jóias emolduradas em seus corpos e superpoderes, na cidade de Beach City, localizada em algum lugar da Costa Leste americana. Começamos a acompanhar a história de Steven, que em conjunto com Garnet, Ametista e Pérola, lutam para defender o mundo de outras Gems que desejam torná-lo uma colônia de exploração.

Steven e as Crystal Gems
Em meio a músicas incríveis, cenas de ação, uma fotografia adorável e personagens apaixonantes Steven se tornou um sucesso, entre crianças e adultos. A série foi criada por Rebecca Sugar, e esteve no ar no Cartoon Network, de 2013 até 2019, recebendo um epílogo que foi ao ar em 2020. Steven Universe foi criticamente aclamado pela sua construção de universo, preocupação com temas importantes como: depressão, abandono parental, auto ódio, amadurecimento, questões LGBTS e de gênero dentre outras. Foi a primeira animação a vencer um prêmio Glaad em 2019, prêmios Emmy e Peabody, além de suas 5 temporadas contarem com 100% no Rotten Tomatoes. O Cartoon Netwoork continua exibindo a animação.
Episódio
Confiram, e deixem suas criticas e sugestões nos comentários! Além, claro, de entrarem em nossas redes sociais: Facebook (e o nosso grupo!) Twitter e Instagram. Falem com a gente no contato@maratonadesofa.com, e recebam nossas novidades no Telegram, t.me/maratonadesofa!
Assinem nosso feed (“o que é feed?”), nos sigam no Spotify, no Deezer, e no iTunes, ou ouçam clicando abaixo. Comentários são sempre bem-vindos!
Como sempre esperamos que vocês tenham gostado de mais esse episódio do Maraminas, deixem suas sugestões, críticas e elogios nos comentários!

Participantes neste episódio:
Integram este episódio: Ana Antar (@anaantar), Isabel Barbosa (@ororoboreal), Laise Xavier (@laise_x ), Lorena Ribeiro (@passoselinhas), May (@nefelibatamayu), Milena Santana ( @psimilenasantana ), e Rafaella Neri (@rafaella.neri).
Edição: João, o Tetranome (@leandrojgb)

74 episódios