Corey Taylor: por que as pessoas estão abandonando o rock e o metal - Ritual Metal Mantra #056

14:33
 
Compartilhar
 

Manage episode 291495596 series 2892272
Por Metal Mantra Podcast descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Corey Taylor: por que as pessoas estão abandonando o rock e o metal - Ritual Metal Mantra #056

*********************

Saudações metaleiros, você acaba de aterrissar no Ritual do Metal Mantra, o seu Podcast diário com as notícias do mundo do Heavy Metal, e no ritual de hoje, vamos falar sobre: Corey Taylor: por que as pessoas estão abandonando o rock e o metal A trilha sonora desse episódio foi Feathers & Flesh do Avatar

*********************

➡️ Corey Taylor: por que as pessoas estão abandonando o rock e o metal

🔵 Vem conhecer o nosso grupo no Telegram!

O vocalista Corey Taylor, do Slipknot e Stone Sour, comentou em entrevista ao podcast ""Talk is Jericho"" sobre as razões pelas quais o rock e o heavy metal têm perdido popularidade nos últimos tempos. Para ele, o público tem abandonado os estilos musicais em questão porque se cansaram de se chatear. Na visão de Corey, o aspecto reflexivo e ""triste"" ligado a algumas ramificações do rock - às quais o próprio Slipknot se inclui - acaba por espantar os fãs que buscam ouvir música para relaxar e se divertir. Dessa forma, para ele, outros gêneros despontam em popularidade, enquanto o rock e o metal perde espaço. ""Acho que essa é uma das razões pelas quais as pessoas migraram do rock e do metal: é porque elas estão cansadas de ficarem chateadas o tempo todo. Eu tenho culpa nisso: nos primeiros 10 a 15 anos da minha carreira, eu só cantava sobre meus problemas e descarregava toda a m*rda com a qual lidei na minha vida"", afirmou o cantor, conforme transcrito pelo Ultimate Guitar. Taylor destacou que ""as pessoas estão encontrando diversão e positividade na música pop e no hip hop"". ""Certamente, elas não estão obtendo isso a partir desse rock alternativo mais leve que está rolando agora"", disse. O cantor pontuou que as ramificações do rock alternativo contemporâneo trazem ""uma tonelada de reverb"" e outros elementos complexos que não atraem o público geral. ""É por isso que estou tentando retomar meu estilo (na carreira solo), onde não dá para tocar ou cantar essas músicas sem sorrir"", afirmou, em menção ao seu primeiro álbum solo, ""CMFT"", que adota uma pegada mais hard rock e menos reflexiva. Isso não quer dizer que as expressões mais pesadas do rock e heavy metal não tenham mais público, de acordo com Corey. O próprio Slipknot reflete que ainda há interesse em tal tipo de som. ""Claro que há público para essas coisas mais pesadas, mas ao mesmo tempo, por que atender apenas a esse grupo? Se você consegue voltar ao rock and roll botando um sorriso na cara das pessoas, todos ganham"", afirmou. Show do Ozzy ""com mais mulheres"" que o do Pantera Logo em seguida, durante o bate-papo, o entrevistador Chris Jericho (wrestler e também músico) citou que foi a um show do cantor country Garth Brooks recentemente e que ""a festa está por lá"". ""É aquilo que o rock and roll deveria ser: bebida e várias garotas"", disse. Corey, então, reagiu citando uma experiência dele no início da década de 1990. Ainda adolescente, o cantor foi a um show de Ozzy Osbourne e outro do Pantera no mesmo mês. ""Ozzy tinha Ugly Kid Joe na abertura. Fui ao Pantera, foi insano, um show muito bom. Daí fui ao show de Ozzy e o nível de garotas na plateia aumentou consideravelmente. Eu pensava: 'oh yeah, é isso que rola'. Foi incrível, uma justaposição, e isso me lembrou por que era tão legal ser um jovem naquela época apenas tentando se virar. Eu me lembro disso e é por isso que eu amo esse tipo de música"", afirmou.

947 episódios