K.K. Downing: o surgimento do Heavy Metal com Jimi Hendrix e Budgie - Ritual Metal Mantra #065

18:04
 
Compartilhar
 

Fetch error

Hmmm there seems to be a problem fetching this series right now. Last successful fetch was on June 19, 2021 01:06 (1y ago)

What now? This series will be checked again in the next day. If you believe it should be working, please verify the publisher's feed link below is valid and includes actual episode links. You can contact support to request the feed be immediately fetched.

Manage episode 292549430 series 2892272
Por Metal Mantra Podcast descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

K.K. Downing: o surgimento do Heavy Metal com Jimi Hendrix e Budgie - Ritual Metal Mantra #065

*********************

Saudações metaleiros, você acaba de aterrissar no Ritual do Metal Mantra, o seu Podcast diário com as notícias do mundo do Heavy Metal, e no ritual de hoje, vamos falar sobre: K.K. Downing: o surgimento do Heavy Metal com Jimi Hendrix e Budgie A trilha sonora desse episódio foi Geometria do Thy Catafalque

*********************

➡️ K.K. Downing: o surgimento do Heavy Metal com Jimi Hendrix e Budgie

🔵 Vem conhecer o nosso grupo no Telegram!

K.K.Downing (Judas Priest) participou da série de vídeos ""Por Dentro com Paulo Baron"", com o produtor, juntamente com Regis Tadeu, batendo um longo papo com o guitarrista, que falou sobre inúmeros assuntos envolvendo a sua banda. E em um trecho do vídeo, a partir dos 29 minutos, K.K. conta como foi sua percepção do surgimento do heavy metal, que ele tanto ajudou a construir, contando que quando ele estava crescendo as irmãs dele ouviam Beatles, Beach Boys, Elvis e todas aquelas coisas, mas aquilo não chamava atenção dele. Mas havia excelentes artistas de blues que começaram a se tornar populares até que um dia tudo mudou. ""Surgiu uma coisa mágica que era o que eu estava esperando, que eu podia ouvir"", conta K.K. ""Com Jimi Hendrix foi a primeira vez que eu realmente ouvi o heavy metal em algumas de suas músicas. Eu ouvia aquilo e na verdade aquilo foi me doutrinando. Depois disso eu nunca mais fui o mesmo. Eu queria mais e mais daquilo. E não estava lá... porque todas as bandas que eu estava indo assistir, tipo Taste, Blodwyin Pig, Jethro Tull, Fleetwood Mac, Chicken Shack e todas essas bandas, essa música ainda não estava lá. Então eu passava o tempo todo praticando e eu queria ouvir mais daquela música. E de repente, um dia eu ouvi Budgie... Sim, uma banda incrível. Era maravilhosa e eu podia ouvir alguns ingredientes ali, porque era mais rasgado. E o heavy metal começou a ficar mais rasgado, com 'Purple Haze' e também 'Foxy Lady' e esse tipo de música. E a gente tinha Black Sabbath, que não era exatamente o que eu ouvia, mas como aquilo era maravilhoso! Era diferente! Então eu estava com pressa para chegar lá e fazer alguma coisa diferente e, eventualmente, eu realmente acho que eu tinha o heavy metal nas minhas veias de 1967 para frente"". K.K. ainda relembra que lampejos daquilo que o marcou já existiam antes: ""Mesmo antes disso havia algumas músicas... quando eu ouvi 'You Really Got Me' do The Kinks eu pensei 'é isso!' E aconteceu provavelmente antes, foi em 65 ou algo assim. Eu gostava daquilo. 'Destruction' do Barry McGuire, algumas músicas do The Troggs, algumas do Pretty Things e uma banda chamada Them (Van Morrison), eram coisas alternativas e eu queria algo a mais. Eu não queria caras bonitinhos, queria uma banda com atitude como os Rolling Stones no começo, aquilo era ótimo! Porque eles eram legais, com uma aparência diferente e faziam a coisa deles. Mas eles começaram com o blues e muito das coisas deles foram moldadas pelo blues.""

950 episódios