29 de junho | Devocional Diário CHARLES SPURGEON

2:53
 
Compartilhar
 

Manage episode 169724933 series 1335922
Por Filipe Castelo Branco and Ministério Fiel descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
29 de Junho “Aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com ele.” (1Tessalonicenses 4.14 - ARC) Não pense que a alma dorme em insensibilidade. "Hoje estarás comigo no paraíso" (Lucas 23.43) é o sussurro de nosso Senhor a todos os crentes que estão às portas da morte. Eles "dormem em Jesus", mas as almas deles se encontram diante do trono de Deus, adorando noite e dia em seu templo, cantando aleluias Àquele que, em seu sangue, os lavou dos pecados deles. O corpo dorme em sua cama solitária de terra, embaixo da coberta de grama. Mas que sono é este? A ideia associada ao sono é a de repouso. Este é exatamente o conceito que o Espírito de Deus nos quer transmitir. Dormir faz de cada noite um tempo de descanso. O sono fecha as portas da alma e ordena a todos os intrusos que esperem um pouco, a fim de que a vida interior adentre seu jardim de verão de sossego. O crente fatigado do labor descansa tranquilamente como uma criança exausta que dorme no colo de sua mãe. Felizes são aqueles que morrem no Senhor. Eles descansam de seus labores, e suas obras os seguem (ver Apocalipse 14.13). Seu calmo repouso nunca será interrompido até que Deus os desperte para lhes dar a recompensa completa. Guardados por anjos que os vigiam, ocultados pelos mistérios eternos, os corpos terrenos dos crentes dormem, até que a plenitude dos tempos manifeste a plenitude da redenção. Que despertar será o deles! Foram colocados em seu último lugar de descanso, cansados e enfraquecidos mas, não será assim que ressurgirão. Os crentes foram para o seu descanso com a face enrugada e os traços físicos desgastados, mas se levantarão em beleza e glória. A semente crestada, destituída de forma e beleza, faz surgir da terra uma flor lindíssima. O inverno da sepultura dá lugar à primavera da redenção e ao verão da glória. Abençoada é a morte, desde que, por meio do poder divino, nos despoja desta veste comum, para nos vestir com a incorruptível roupa de casamento. Benditos são aqueles que "dormem em Jesus".

1804 episódios