3 de agosto - O Direito às Coisas Santas

2:36
 
Compartilhar
 

Manage episode 268809470 series 1335922
Por Filipe Castelo Branco and Ministério Fiel descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Saiba mais: https://fiel.in/promessaspreciosas Versículo do dia: Mas, se o sacerdote comprar algum escravo com o seu dinheiro, este comerá delas; os que nascerem na sua casa, estes comerão do seu pão. (Levítico 22.11) Estrangeiros, viajantes e servos contratados não deveriam comer das coisas santas. O mesmo acontece em relação às coisas espirituais. No entanto, duas classes de pessoas estavam livres para assentar-se à mesa sagrada, aqueles que haviam sido comprados com o dinheiro do sacerdote e os nascidos em sua própria casa. Comprados e nascidos, estas eram as provas indiscutíveis de que alguém tinha o direito às coisas santas. Comprados. Nosso grande Sumo Sacerdote comprou por determinado preço todos aqueles que nEle puseram sua confiança. Estes são absoluta propriedade dEle, ou seja, são completamente do Senhor. Não por causa daquilo que eles são em si mesmos, e sim por causa de seu próprio Possuidor, eles são admitidos aos privilégios semelhantes aos que Ele mesmo desfruta e "comerão do seu pão". Ele tem alimentos para comermos que as pessoas mundanas não conhecem. Porque somos de Cristo, compartilharemos desses alimentos juntamente com nosso Senhor. Nascidos. Este é outro caminho igualmente certo ao privilégio. Se nascemos na casa do sacerdote, tomamos o nosso lugar com o restante da família. O novo nascimento nos torna co-herdeiros e membros do mesmo corpo. Por conseguinte, Cristo nos deu a paz, a alegria, a glória que o Pai Lhe outorgou. A redenção e a regeneração nos concederam um direito duplo à divina permissão desta promessa.

1179 episódios