Casamento, Divórcio e a Vontade de Deus - 4

 
Compartilhar
 

Manage episode 158835873 series 1186653
Por contato@natanrufino.com.br descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
UM CRISTÃO PODE SEPARAR E CASAR NOVAMENTE? Em 1 Coríntios 7 Paulo diz que se um incrédulo consente em conviver com um cristão, este, por sua vez, não deve se separar do incrédulo; porém, se o incrédulo não consente em conviver com o crente, e se quiser se apartar, aí sim, que se aparte! Paulo diz que “não deve ser O CRENTE QUE SE SEPARE DO INCRÉDULO; ele falou sobre O INCRÉDULO QUE SE SEPARA DO CRENTE”. Nestes casos, o crente abandonado, pode sim casar novamente. Paulo diz que a mulher viúva está livre para casar com quem quiser (1 Coríntios 7.39,40) e também diz que se alguém se converte e o incrédulo decide deixá-lo especificamente por causa disso, Paulo diz que “EM TAIS casos” nem o irmão ou a irmã devem ficar sujeitos à servidão (1 Coríntios 7.15). Ou seja, não devem viver como escravos dos votos matrimoniais mesmo tendo sido abandonado pelo incrédulo; o que abre um precedente para um possível novo casamento. Entretanto, é importante lembrar que se o descrente consente em viver com o crente, este não deve deixar o incrédulo, muito menos “criar um inferno” na vida dele para que finalmente o incrédulo vá embora e o cristão possa finalmente casar com outra pessoa. Embora o texto de Coríntios se refira a incrédulos que “abandonam o lar”, Paulo diz em 1 Timóteo 5.8 que se um crente “não tem cuidado dos seus, especialmente os da própria casa, tem negado a fé e É PIOR DO QUE O DESCRENTE”. Ora, isto quer dizer que se um cristão abandona o lar, desprezando sua família, ele se assemelha ao incrédulo que “se aparta”, deixando assim o cristão abandonado na mesma situação e com o mesmo direito daquele irmão mencionado em 1 Coríntios 7.15. Os casos bíblicos para um possível novo casamento são: _O cristão que ficou viúvo (1 Co 7.39) _O cristão abandonado pelo cônjuge incrédulo (1 Co 7.15) _O cristão abandonado pelo crente que é pior do que o descrente (1 Co 7.15 e 1 Tm 5.8) _O cristão que fora traído sexualmente e que escolha separar e casar com outra pessoa (Mt 19.9) _O cristão que já tinha sido casado antes de se converter, mas que se converte já estando separado (1 Co 7.27,28) _O cristão que se separa do cônjuge cristão e depois casa de novo com o mesmo cônjuge (1 Co 7.11)

17 episódios