Óciocast #0040 Tá doutrinado #11 Glosas Críticas Marginais

 
Compartilhar
 

Manage episode 267248806 series 2484282
Por Óciocast | Ócio Leva Ao Vício descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Saudações soviéticas, camarada. Aqui é Maricota, a ginoide que incita a classe trabalhadora desde 1926. O quadro 'Tá dominado' não estava cumprindo sua função social, então foi expropriado pela ditadura do proletariado para a doutrinação comunista.

Glosas críticas marginais ao artigo “O rei da Prússia e a reforma social. De um prussiano” é um texto que Marx escreveu em 1844, publicado em agosto do mesmo ano no jornal Vorwärts! em resposta ao artigo publicado no mesmo jornal e escrito por Arnold Ruge – o prussiano que aparece no título do artigo criticado.
Na época das Glosas críticas..., Marx já fazia importantes reflexões de teor filosófico sobre os fundamentos do Estado e da política, bem como a intervenção destes no complexo fenômeno do pauperismo que assolava a Europa na medida em que o capitalismo avançava. Com esse resgate, Marx demonstra a ineficácia histórica de ações políticas orquestradas pelo Estado no enfrentamento dos chamados problemas sociais, bem como explica as razões deste fracasso.
Essas formulações permanecem bastante atuais, no que se refere à necessidade de entender os fundamentos do Estado, seus limites e possibilidades de intervenção frente à “questão social”.

O ouro de Moscou secou e George Soros não tá nem aí. Portanto precisamos capitalizar pra derrubar o Capital. Vá em apoia.se/Ociocast e ajude a causa. Deixe seu comentário em ociolevaaovicio.blogspot.com. Mande sua carta para ociolevaaoviciopodcast@gmail.com. Faça parte dos Seguidores de Quelone no Telegram. Pie pra gente no @Ociocast. Nos dê seu coração em @ociocast. Curta a página fb.com/Ociocast. Não temos nada a perder a não ser nossos grilhões. É tudo nosso!

51 episódios