José Neves: As estátuas também se abatem?

 
Compartilhar
 

Manage episode 265289342 series 2259743
Por Daniel Oliveira descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Há estátuas que não deviam mesmo estar de pé. Dizê-lo não é defender que se apague a história. Nenhum alemão decente aceitaria que uma única estátua de Hitler continuasse numa praça, nenhum democrata russo aceitaria que as estátuas de Estaline ainda dominassem as cidades do país. Derrubar estátuas é o mesmo que as erguer: marcar uma posição em relação à história. Mas aceitar que as estátuas podem ser derrubadas não esgota o debate. Pelo contrário, é ao aceitá-lo que o debate se complica. Não é arriscado transformar a análise da história num exercício moral permanente? Quais são os limites temporais para um julgamento moral do passado? Se aceitarmos que a história é contada pelo poder, isso não torna o conhecimento do passado numa impossibilidade total? Sobre este debate difícil, mais difícil do que a simples criminalização do vandalismo, conversamos hoje com José Neves, investigador do Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova e tem como áreas principais de trabalho os Estudos Culturais, a história dos movimentos sociais, o nacionalismo e o pós-colonialismo.

Site da Direção-Geral da Saúde dedicado ao vírus, com todas as informações fundamentais sobre a COVID-19: https://www.dgs.pt/corona-virus.aspx

Este podcast é patrocinado mensalmente pelos seus ouvintes. Quer também fazer parte da nossa comunidade no Patreon? Apoie em www.patreon.com/perguntarnaoofende

Newsletter: www.perguntarnaoofende.pt

Obrigado a todos os patronos que apoiam mensalmente o podcast, em especial a José Manuel Sobral, Luís Mota Almeida, Luís Campos, Jorge Macedo, Paulo Cenicante, Sandra Dionízio, Carla Santana, Miguel da Silva Diogo, José Ponte, Pedro Aires Pinto, João Pagaimo, Marco Freire, Eduardo Correira de Matos, Lina Teixeira, Ulisses Garrido, Carlos Mata, Fernando Mota, João Azevedo Henriques, João Barbosa, Daniela Rodrigues, João Moreira de Campos, Rogério Jorge, João Barata Nevez, Filipe Vilaça, Manuel Mosteiras, Margarida Lucas, Susana Mateus, Pedro Pinto, João Nelas, Luís Marques, André Condes Morais, Nuno Costa, AL, Mário Pontífice, Eva Falcão, João Carlos Silva, Delfim Batista, Joyce Cardoso, Filipe Vieira, Vasco Barros, Eduardo Rui Jorge, Ana Alice Batista, João Lousada Soares, Luís Branquinho, Teresa Ramalho, Sandra Beleza, Nuno Azevedo Lopes, RCBugman, Francisco Ferreira, João Alvelos, David Calão, Sónia Maria Barrocas, José Reis, Teresa Jorge, Fábio Botelho, João Caetano, José António Moreira, Adília Neiva, Vasco Sá Pinto, Miguel Heleno, Teresa Brandão, Ana Alice Baptista, Paulo Areosa Feio, Rafael Remondes, João Salgueiro, João David Catela, João Peixoto, Diogo Melo, Guilherme Martins, Nuno Lopes, Cristina Machado, Maria Cândida Leal, Sérgio Lourenço, Nuno Mourão, Carlos Martins, Dina Ferreira, Daniel Ricardo e Viktoriya Zoriy.

Produção: João Martins

Pesquisa: Filipa Vala

Música: Mário Laginha

Ilustração: Vera Tavares

José Neves

127 episódios