Covid-19: “Não chegando a vacina, nós podemos ter, sim, uma segunda onda”, prevê pneumologista

16:12
 
Compartilhar
 

Manage episode 274830621 series 2086642
Por Rádio Cruz de Malta descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Diversos países da Europa voltaram a registrar alta no número de casos de Covid-19, o que tem sido chamado de “segunda onda” da doença. O Brasil não deve ficar isento a essa nova onda, previu o pneumologista Renato Matos, durante entrevista por telefone ao Cruz de Malta Notícias desta segunda-feira, dia 19. Ele observou uma diminuição importante na quantidade de casos, mas frisou que o número de casos e mortes ainda é considerável. “Já passamos pelo pico, passamos pelo platô e estamos em descenso”, analisou. “Boa parte dos países da Europa estão enfrentando números tão altos quanto na primeira onda. A boa notícia é que esse aumento não vem acompanhado de uma mortalidade tão grande quanto na primeira fase”, ponderou Matos. No entendimento do pneumologista, os casos estão aumentando também porque os países estão testando mais e com correção. Entretanto, a chegada da vacina condiciona uma nova onda no Brasil. “Não chegando a vacina, nós podemos ter, sim, uma segunda onda aqui, até pelo comportamento da população”, afirmou.

6209 episódios