Ocupação das UTIs no São José cai, mas ainda não há reflexos das festividades do fim de ano

13:07
 
Compartilhar
 

Manage episode 282368837 series 2086642
Por Rádio Cruz de Malta descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Depois de atingir um segundo pico de internações relacionadas a Covid-19 em dezembro de 2020, o Hospital São José (HSJ), de Criciúma, começa a registrar uma redução. De acordo com o diretor técnico Raphael Elias Farias, no último mês do ano passado, a ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) chegou a 100%, mas já houve uma baixa e, hoje, são 41 pacientes internados na clínica e UTI, entre suspeitos e confirmados, e a ocupação está em 51%. Apesar disso, existe uma preocupação com o aumento no número de casos que podem acabar refletindo no hospital nas próximas semanas. “Avaliando os indicadores da nossa região e de Criciúma, a gente vê que os últimos dias foram de bastante diagnóstico. O que vinha de 30 a 40 diagnósticos por dia, tivemos, em dois dias, 300 casos novos. Talvez isso possa ser um reflexo das festividades do fim de ano”, observou Farias, em entrevista por telefone ao Cruz de Malta Notícias desta sexta-feira, dia 15. De acordo com o diretor técnico, o HSJ conta com 35 leitos de UTI, sendo que 18 deles estão ocupados.

6822 episódios