Molière 400 anos: professor da Unicamp analisa vida e obra do dramaturgo francês que atravessou séculos fazendo rir

36:02
 
Compartilhar
 

Manage episode 341167344 series 2779696
Por Rádio Unicamp descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Na França, 2022 é o Ano de Molière.

Nascido Jean-Baptiste Poquelin em 15 de janeiro de 1622, na Paris do Rei Sol, Luís XIV, suas peças extrapolaram fronteiras e atravessaram séculos, sendo conhecidas e respeitadas no mundo todo, em especial pelo caráter atemporal das discussões que marcaram sua obra.

Prova disso são as diversas montagens que vêm sendo apresentadas em diferentes países em homenagem a esse dramaturgo que ousou fazer comédia a partir da crítica à moral e aos costumes, num período regido pelo poder monárquico e agitado pelo controverso cotidiano da corte.

Para entender mais sobre a trajetória e relevância da obra de Molière, conversamos com o professor do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) da Unicamp, Alexandre Soares Carneiro. Graduado em Letras pela Unicamp, com mestrado e doutorado em Teoria e História Literária, suas pesquisas envolvem, entre outros temas, literatura de corte e literatura medieval, com foco especial no teatro de Gil Vicente.

Confira também, no Jornal da Unicamp, a entrevista com o professor Jorge Coli, do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), que traduziu a obra lançada pela Editora Unesp este ano, que reúne três das mais importantes peças de Molière: O Tartufo, Dom Juan e O Doente Imaginário. A tradução recebeu menção especial em premiação da Embaixada da França no Brasil.

___

Produção, entrevista e edição de áudio: Juliana Franco

838 episódios