Instabilidade política volta a assombrar a Guiné-Bissau

9:06
 
Compartilhar
 

Manage episode 328422942 series 1237952
Por France Médias Monde and RFI Português descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Bem-vindos a mais uma Semana em África. Na Guiné-Bissau, o Presidente quer dissolver a Assembleia Nacional Popular, após ter recebido o Presidente do Parlamento, Cipriano Cassamá. Esta semana, o Presidente guineense exonerou o ministro da Economia, Vítor Mandinga, uma decisão tomada tendo em conta a proposta do primeiro-ministro para “garantir o regular funcionamento do ministério e por conveniência política”. Em Angola, o Parlamento votou na especialidade a lei que proíbe a realização de sondagens durante a campanha eleitoral com vistas às eleições gerais. O diploma deve ser submetido a votação na generalidade na próxima quarta-feira. A aprovação desta lei está a suscitar debate entre parlamentares da UNITA e do MPLA. Em Cabo Verde, a antiga directora-geral do Hospital Agostinho Neto, na cidade da Praia, foi acusada pelo Ministério Público, de 11 crimes de peculato, num processo com mais cinco acusados, incluindo a antiga ministra da Saúde de Cabo Verde. Ainda em Cabo Verde, o governo garante que vai respeitar os direitos dos trabalhadores da empresa pública dos Aeroportos e Segurança Aérea- ASA- no processo de concessão dos aeroportos à sociedade francesa VINCI. Em Moçambique, o Fundo Monetário Internacional aprovou a retoma do apoio directo ao Orçamento do Estado moçambicano, após seis anos de suspensão. A decisão foi tomada em Washington e confirmada em Maputo, pelo Ministro da Economia e Finanças de Moçambique, Max Tonela e o Representante do FMI no país Alexis Meyer. Em São Tomé e Príncipe, começaram as obras de reconstrução da ponte da Ribeira Funda e de uma pequena ponte na estrada do aeroporto internacional que tinham sido destruídas durante a tempestade tropical de Dezembro de 2021. Na África do Sul, o banqueiro português João Rendeiro foi encontrado morto, esta sexta-feira, na cela da prisão de Westville, em Durban, onde se encontrava há 6 meses a aguardar extradição para Portugal.

340 episódios