#191 "Impeachment: modo de (não) usar" - com Marcelo Semer e Beatriz Falcão

2:17:27
 
Compartilhar
 

Manage episode 273465022 series 2446143
Por Viracasacas descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Saudações pessoas! O Viracasacas dessa semana tem a honra de receber Marcelo Semer , juiz, escritor membro e ex-presidente da Associação Juízes para a Democracia, e Beatriz Falcão , cientista política e analista de relações institucionais, para falar sobre aquilo que não sai da boca do povo: IMPEACHMENT. Começamos discutindo porque o impeachment de Dilma Rousseff em 2016 inaugurou uma era de instabilidade política depois do relativo equilíbrio da Nova República. A eleição de Bolsonaro, a reboque da Operação Lava Jato, adicionou gasolina ao fogo ao trazer uma expressa politização das forças de defesa e segurança, além de intensificar o processo de partidarização do judiciário. Agora assistimos a uma banalização do instrumento do impeachment no tempo e no espaço – com governadores sofrendo processos de cassação não exatamente por seus prováveis crimes, mas porque decidiram romper com o grupo do Presidente da República. Por outro lado, a aproximação de Bolsonaro com o Centrão e suas escolhas para o judiciário, tendem a blindá-lo de um processo similar… ainda que haja um recorde de processos e crimes. Não há salvação que venha do judiciário, tampouco desse congresso – uma vez que não foram criadas as condições políticas para tanto. O bolsonarismo, ao mesmo tempo em que parece ter encontrado sua estabilidade no trio Evangélicos-Centrão-Militares, também ainda não conseguiu se consolidar como um campo independente, sendo um movimento fundado única e exclusivamente na imagem produzida de seu líder.

213 episódios