#219 "O fascismo em camisas verdes (e amarelas)" - com Odilon Caldeira Neto

1:53:02
 
Compartilhar
 

Manage episode 290401350 series 2446143
Por Viracasacas descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Saudações pessoas! Nesse episódio do Viracasacas recebemos novamente Odilon Caldeira Neto (@odiloncaldeira), professor de História Contemporâena e Coordenador do Observatório da Extrema-Direita no Brasil. O assunto da vez é novamente o Integralismo, o fascismo brasileiro organizado pelos ilustres dos “galinhas-verdes”. Começamos discutindo o livro recente do professor Odilon, escrito em conjunto com o historiador Leandro Pereira Gonçalves, e aproveitamos para comentar sobre as relações entre o Integralismo histórico e o contemporâneo. Falamos sobre como a Ação Integralista Brasileira foi um movimento de massas, inspirado e alinhado aos fascismos europeus mas bastante adaptado às realidades do Brasil. Seu legado, no entanto, é mais difuso e sua memória é também traz consigo um espectro da derrota: apoiaram o golpe do Estado Novo depois tentaram depor Getúlio Vargas, apenas para assistir seu movimento cair na ilegalidade e testemunhar a derrota das potencias do Eixo na 2a Guerra. O alinhamento aos fascismos e a derrota do Eixo produziu entre os Integralistas uma intensa reescrita da própria história. Mas o legado do integralismo vai além dos pequenos grupos neointegralistas. Ex-membros da AIB foram instrumentais para a instauração da Ditadura Civil-Militar de 1964 e a compreensão do impacto cultural do integralismo é fundamental para a compreensão da direita brasileira contemporânea.

265 episódios