O Muro de Will Smith - Uma Questão de Perspectiva

4:29
 
Compartilhar
 

Manage episode 315331297 series 3001786
Por Ricardo Sousa descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

"Fé é dar o primeiro passo mesmo quando não vemos o fim da escadaria. " Martin Luther King, Jr.

Will Smith, na sua autobiografia, escrita em conjunto com Mark Manson, descreve-nos um episódio que teve lugar ainda na sua infância que ilustra como a perspetiva que temos face a uma tarefa, a um objetivo, é essencial para que este nos pareça impossível ou concretizável.

Quando tinha 11 anos, o seu pai deu-lhe, e ao seu irmão Harry , a tarefa de construir um muro de raiz sem qualquer tipo de ajuda de quem quer que fosse, usando apenas os mais básicos materiais e rudimentares ferramentas.

Sem direito a dias de descanso, em períodos de escola ou de férias, durante um ano Will e Harry estavam diariamente, fizesse chuva ou sol, a cumprir a árdua tarefa de construir um muro que lhes parecia interminável, tal as dimensões que o pai projetou.

Os irmãos questionavam-se diariamente sobre a razão que levou a que o pai lhes incumbisse tal tarefa quando, na realidade, um pequeno grupo de homens terminaria o muro em alguns dias. Porquê obrigar duas crianças, que nada percebiam de construção, a colocar tijolo por cima de tijolo numa tarefa que mais parecia um castigo?

Num dia em que ambos estavam particularmente chateados, o pai ouvi-os resmungar que seria impossível terminar o muro. Que era uma tarefa ridícula e nunca seria concretizada.

Will Smith, pai, pegou firmemente num tijolo e, levantando-o mesmo diante dos olhos dos filhos, tentou que percebessem que aquele tijolo era apenas… um tijolo. Que a função deles era assentar aquele tijolo bem firmemente e depois passar para outro. E depois outro. E depois outro.

Will e Harry não perceberam exatamente o que o pai pretendia com aquele discurso, mas após esse dia começaram a ter uma perspetiva diferente. Começaram a perceber que a conclusão do muro lhes parecia uma tarefa infindável, mas que seriam capazes de assentar um tijolo de cada vez. Perceberam que a diferença entre uma tarefa aparentemente impossível e outra que nos parece concretizável está na… perspetiva.

Dar um passo de cada vez é uma excelente forma de criar confiança em nós mesmos. Se estivermos constantemente a tentar visualizar o resultado final, ou a satisfação que teremos nessa altura, o mais certo é perdermo-nos no caminho.

Alguém que não consegue tirar prazer dos pequenos passos, das pequenas vitórias, do processo, provavelmente também terá dificuldades em valorizar as grandes conquistas. E essas irão sempre parecer-lhe insuficientes. E querará cada vez mais, e mais, num círculo interminável de insatisfação e infelicidade.

Will Smith é o exemplo perfeito disto mesmo. Ele conta-nos como atingir tudo o que sempre desejou não lhe trouxe a satisfação e a felicidade que imaginava.

Devemos começar a viver já. Devemos olhar para cada dia como uma vida à parte, escreveu Séneca. Devemos tirar prazer das pequenas vitórias, de cada passo que damos, de cada tijolo que assentamos.

Se quero perder peso, não será um dia no ginásio que me fará atingir esse objectivo. Se quero escrever um livro, não será um parágrafo ou um capítulo que me trará esse resultado.

Mas se encarar esse dia de exercício físico ou esse parágrafo como pequenos passos que me fazem estar mais perto do meu objetivo, mesmo que apenas ligeiramente, então não só esses passos me trarão felicidade como o resultado final me parecerá muito mais satisfatório e recompensador.

Tento lembra-me que a forma como encaro um dia é a forma como encaro todos os dias. A forma como encaro a minha vida.

Penso no que Leonardo Da Vinci disse - que não se pode amar ou odiar uma coisa que não se compreende. E apenas compreendendo a vida poderei amá-la.
#carpediem
#mementomori
Music from Uppbeat (free for Creators!):
https://uppbeat.io/t/vens-adams/rise-of-the-hero
License code: TGPWHDJE0WJ1AKA3

11 episódios