875 | Vinícius Nunes Coimbra — Perdão e Purga | Águas Latinas (Toma Aí Um Poema, 2022)

1:15
 
Compartilhar
 

Manage episode 340959416 series 3240894
Por Jéssica Iancoski descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Vinícius Nunes Coimbra, nascido em Santa Inês, Maranhão, em 14 de março de 1997, descobriu a Poesia, como modo de apreensão e reconstrução do mundo e de si mesmo, aos 16 anos, quando, pela primeira vez, soube que existia o poeta Ferreira Gullar. Na televisão, o autor de Poema Sujo disse: "Os poetas, como os músicos, os pintores, os escultores, ajudam a inventar a vida, porque a vida é pouca. A vida não basta. [...] A Poesia não cura dor de dente, queda de cabelo, não faz nada disso. Mas a vida é mais rica com a Poesia." Desde então, tenho feito da Poesia e da Literatura, mais do que o enriquecimento da vida, mas a própria razão da minha existência. Parafraseando Thomas Wolfe: "É fazer ou morrer".

►► Apoie pequenas editoras. Compre livros de autores independentes!
https://loja.tomaaiumpoema.com.br/
_________________________________

Vinícius Nunes Coimbra — Perdão e Purga

para Dom Paulo Evaristo Cardeal Arns

Cabeças frias e obscuras
não resistirão ao primeiro calor
da luz da alvorada.

Os olhos do povo
querem chorar um choro limpo
e sagrado:
a certeza da felicidade,
mesmo que atravessada
por muitas dificuldades,
porque está sendo construída
pelo misericordioso apelo
dos homens e mulheres verdadeiros.

Eles se adiantam
à frente da velocidade natural do céu
e estendem esse brilho
por todas as ruas e campos do país,
provando na boca
e nas feridas do peito
uma oração de perdão e purga
para os maus e torturadores.

Amanhã, ainda vão lembrar-se
dos sonhos sequestrados,
dos empregos perdidos,
das esperanças subnutridas
e verão no espelho,
ao acordarem,
as marcas de espancamento.

Mas não buscarão vingança,
pois reinará, no meio deles,
a pureza da fome saciada
e do futuro no rosto de uma criança.

_________________________________

Use #tomaaiumpoema
Siga @tomaaiumpoema

Poema: Perdão e Purga
Poeta: Vinícius Nunes Coimbra
https://tomaaiumpoema.com.br

ATENÇÃO Somos um projeto social.
Todo valor arrecadado é investido na literatura.
FAÇA UM PIX DE QUALQUER VALOR
CNPJ 33.066.546/0001-02
ou tomaaiumpoema@gmail.com
Até mesmo um real ajuda a poesia a se manter viva!

#poesia | #poemas | #podcast

1763 episódios