Celso Athayde: a favela sempre esteve isolada socialmente

 
Compartilhar
 

Manage episode 262669536 series 1416822
Por Trip FM descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
O ativista Celso Athayde fala sobre a corrida para evitar que a pandemia cause um colapso social no Brasil Aos 16 anos, Celso já tinha vivido em 3 favelas diferentes, abrigos públicos e embaixo de um viaduto em Madureira. Nascido em Nilópolis, na baixada fluminense, ele trabalhava como camelô no Rio de Janeiro quando começou a ter contato com o hip Hop, onde fez carreira: foi o idealizador do Festival Hutúz, que por 10 anos foi o principal evento de rap e hip hop do Brasil, trabalhou com os Racionais MCs e é até hoje o empresário do rapper MV Bill, com quem fundou a CUFA - Central Única das Favelas. Desde 2013 Celso está a frente da Favela Holding, conjunto de empresas que tem como objetivo impulsionar o desenvolvimento de negócios e de profissionais nas favelas. A atuação como ativista social já levou Celso, que não chegou a frequentar a escola, a ministrar palestras em universidades renomadas mundo afora, como Harvard e MIT. [VIDEO=https://www.youtube.com/embed/E4svBhOMtps; CREDITS=; LEGEND=; IMAGE=https://img.youtube.com/vi/E4svBhOMtps/sddefault.jpg] Leia também: Celso Athayde e Eduardo Mufarej têm planos de mudar radicalmente a política brasileira Com mais de 20 anos de existência, a CUFA hoje está presente e 412 cidades brasileiras, e agiu prontamente frente a crise do coronavírus. Alimentos, produtos de higiene, gás e um auxílio em dinheiro arrecadados e doados através do projeto da organização, o "mães da Favela", já alcançaram mais de 600 mil famílias em meio a essa pandemia. Convidado do Trip FM, Celso conta sobre a sua experiência e os desafios na linha de frente para atender essas famílias, e suas expectativas sobre como essa situação extrema deve nos guiar para que o acesso à riqueza e as oportunidades sejam democratizadas: "Ou a gente divide as riquezas que a favela sempre produziu, ou vamos dividir as consequências da miséria que a elite gerou todos esses anos". Confira a entrevista completa no play abaixo, no Spotify, iTunes e Google Podcasts. [AUDIO=https://p.audio.uol.com.br/trip/2020/5/200522_TRIPFM_Celso_Podcast2.mp3; IMAGE=https://revistatrip.uol.com.br/upload/2020/05/5ec83717efc78/1033x1033x960x540x44x55/whatsapp-image-2020-05-22-at-162414.jpeg]

776 episódios