Morning Call: Futuros em NY avançam após retorno do feriado para importantes mercados da Ásia

16:06
 
Compartilhar
 

Manage episode 295108196 series 2874304
Por Filipe Teixeira descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Os futuros de ações dos EUA operam em alta nesta terça-feira, enquanto as ações asiáticas fecharam de forma mista, com os investidores refletindo sobre a importante reunião do Federal Reserve desta semana.
As ações japonesas foram destaque de alta no continente asiático, junto das ações australianas, que retornaram após o feriado. As ações chinesas caíram devido a preocupações com a liquidez e à medida que os preços dos metais caíram liderados, pelo cobre.
Os ganhos em ações de tecnologia levaram o S&P 500 a um novo recorde na segunda-feira, embora três ações caíssem para cada uma que subisse. O rendimento do Tesouro de 10 anos recuou para menos de 1,5%, enquanto o dólar se manteve estável.
Os investidores estão aguardando pistas do Fed sobre um cronograma para reduzir o estímulo monetário emergencial, depois que uma retração nos rendimentos dos títulos aliviou estas preocupações. A expectativa é de que o banco central reafirme o ritmo de compra de títulos nesta semana, mesmo que entregue projeções para o aumento da taxa de juros em 2023, de acordo com economistas consultados pela Bloomberg. A decisão está marcada para quarta-feira.
Por aqui, o Brasil registrou 928 novos óbitos por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados reunidos e divulgados pelo consórcio de veículos de imprensa. Com isso, o total de vítimas da pandemia no País chegou nesta segunda-feira, 14, a 488.404.
A média diária de mortes ficou em 1.970, 5% a mais na comparação com o dado de 14 dias atrás. Há quatro dias, o patamar voltou a se aproximar da marca de 2 mil óbitos por dia, revertendo uma tendência de redução nos registros vista desde o fim de abril.
Em Brasília, a Medida Provisória que abre caminho para a privatização da Eletrobrás é inconstitucional, segundo avaliação da Consultoria Legislativa do Senado. O órgão é o responsável por fazer análises críticas e orientar os senadores a se posicionarem em relação a propostas e projetos de lei. A previsão é que a MP seja votada nesta quarta-feira, 16, pelo plenário, mas ainda não há acordo para aprovação. O texto precisa do aval do Congresso até o dia 22, ou perderá validade, o que impediria o governo de dar andamento aos planos de privatização.
Segundo a consultoria, “tanto a privatização da Eletrobrás quanto a prorrogação das concessões de geração são inconstitucionais”, uma vez que a Constituição exige a realização de licitação tanto de estatais quanto de usinas. “Logo, em obediência ao princípio da legalidade, a Administração Pública não pode adotar casuisticamente o aumento de capital mediante subscrição pública de ações, um instrumento do Direito Societário, como se licitação pública fosse”, diz a nota, em relação ao modelo de privatização escolhido pelo governo.
Support the show (http://wisir.com.br/planos)

447 episódios