Morning Call: mercados globais operam em queda em semana marcada por indicadores de inflação e início da temporada de balanços

15:50
 
Compartilhar
 

Manage episode 289761970 series 2874304
Por Filipe Teixeira descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

A semana começa com perdas expressivas nos mercados asiáticos, seguida de perdas mais moderadas entre os futuros em Wall Street e os recém abertos mercados europeus, com os investidores avaliando uma recuperação global desigual, contra a última perspectiva otimista do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell.
Os mercados na China e em Hong Kong ficaram para trás, apesar de uma recuperação no Alibaba Group Holding , depois que o anúncio do fim de semana de uma bilionária multa antitruste recorde surpreendeu seus investidores.
O índice Sensex da Índia caiu para o nível mais baixo em 10 semanas com o aumento das infecções diárias por Covid-19. Os futuros de ações dos EUA recuaram após uma terceira semana consecutiva de ganhos para o índice S&P 500, com os investidores se preparando para a temporada de balanços.
O rendimento dos títulos do Tesouro de 10 anos manteve o avanço de sexta-feira devido aos dados de inflação dos preços ao produtor mais fortes do que o esperado.
Embora a recuperação dos EUA esteja acelerada, algumas economias ainda correm o risco de verem aumentar os casos de Covid-19 e os entraves da vacinação. Os investidores também estão preocupados com o fato de que os gastos sem precedentes do governo americano e o estímulo do banco central possam levar à inflação fora de controle. Os dados de preços ao consumidor dos EUA serão divulgados na terça-feira.
Os investidores em títulos estarão observando esta próxima rodada de leilões do governo dos EUA como um catalisador potencial para outro rali. Os EUA vendem títulos do Tesouro de três, 10 e 30 anos no início da semana.
Por aqui, às vésperas da instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado sobre ações e omissões do governo federal na pandemia, o president e Jair Bolsonaro pressionou o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) a ingressar com pedidos de impeachment contra ministros do Supremo Tribunal Federal. Em conversa por telefone divulgada pelo próprio senador nas redes sociais, Bolsonaro dá a entender que, se houver pedidos de impeachment contra ministros da Suprema Corte, podem ocorrer mudanças nos rumos sobre a instalação da comissão.
“Você tem de fazer do limão uma limonada. Tem de peticionar o Supremo para colocar em pauta o impeachment (de ministros) também”, disse Bolsonaro ao senador. “Sabe o que eu acho que vai acontecer, eles vão recuperar tudo. Não tem CPI, não tem investigação de ninguém do Supremo.”
Kajuru respondeu que ingressou, no sábado, 10, com pedido no STF para obrigar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a também pautar para votação em plenário o afastamento do ministro do STF Alexandre de Moraes, ao que Bolsonaro respondeu: “Você é 10”. “Ou bota tudo ou fica no zero a zero”, referendou o senador. “Sou a favor de botar tudo para a frente”, afirmou o presidente.
No telefonema, o presidente também orientou que a CPI, se instalada, trabalhe para apurar a atuação de prefeitos e governadores, o que tiraria o foco do seu governo. “Se não mudar o objetivo da CPI, ela vai só vir para cima de mim... CPI ampla e investigar ministros do Supremo. Ponto final”, afirmou Bolsonaro a Kajuru.
Com vinte minutos de antecedência, o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) avisou ao presidente Jair Bolsonaro que publicaria nas suas redes sociais a conversa sobre a CPI da Covid que tivera com ele na véspera.
“Avisei ele hoje 12h40, que a conversa nossa seria publicada a uma hora da tarde. E assim eu fiz”, disse Kajuru.
Ele defende que o colegiado não seja “revanchista, politiqueiro”. “É a CPI da justiça. Vamos apontar todos os errados, inclusive ele, Bolsonaro, se estiver”.
Support the show (http://wisir.com.br/planos)

398 episódios