O Drop

2:39
 
Compartilhar
 

Manage episode 321738541 series 1240922
Por Yoga Contemporâneo and Dr. Roberto Simões descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
É tudo sobre expansão e retração o que há pra se entender sobre meditar|yogar. Todas as técnicas criadas, tradições milenares, portadores de crânios, mulheres consortes, calcanhares no cu, línguas sugando ar… expansão e retração. Todos à espera do Drop! Primeiro procure um lugar ideal, onde vc possa se esforçar pra não Ser o Eu de agora. Tudo isso que se pensa ser, out! (por isso sempre digo que o processo todo é anticapitalista, é de uma inutilidade insuportável ao povo da mercadoria) Depois prepare um corpo. Há q se desorganizar antes, pra Ser e voltar a vida. Uma morte anunciada. Amolecimentos. Um suicídio diário e coletivo de tds as populações que lhe habitam. Uma troca de pele. Coração batendo na boca. Depois a vida. A expansão ocorre, um mergulho da pedra na cachoeira. O retorno da bateria, do beat. O salto… O tempo de voo solo, a virada certa do Dj q reduziu tudo àquele momento. Expansão da pista! Os poros que se abrem, a lâmina d’água flechada pelo corpo duro que se expande, agora outro. O espaço de silêncio rompido pelo nada que {somos sendo} agora. Uma longa travessia pro vazio. Aquele ávido desejo por mais vida. Pura potência. A superfície que se expande. (Mas vc abre os olhos e nada muda. Só a volta da escuta fina. Uma lima) Empinar pipa na praia, jogo de amarelinha, 3-dentro-3-fora, pião, bolas de gude… td estranhamente inútil, igual mas outro. Maha Lila, uma brincadeira cósmica jogada. Alguns corrimão outros correm nus. Vai de cada um, e cada corpo uma preparação. Mas lá na lâmina da superfície do acontecido: expansões e retrações. Sentados, caminhando, correndo, deitados, dançando, todos aguardam o drop. É um jogo de imitação da natureza. Uma busca pela satisfação inútil, mas necessária de continuar criando. Não é lindo estar ciente do maya em que se vive?

306 episódios