show episodes
 
Artwork

1
Fundação (FFMS) - [IN] Pertinente

Fundação Francisco Manuel dos Santos

Unsubscribe
Unsubscribe
Semanal
 
4 comunicadores, 4 especialistas, 4 temas - Economia, Sociedade, Política e Ciência -, todas as semanas no [IN] Pertinente. Um confronto bem disposto entre a curiosidade e o saber. Porque quando há factos, há argumentos. [IN] Pertinente é um podcast da Fundação Francisco Manuel dos Santos que pretende dar respostas às perguntas de todos, contribuindo para uma sociedade mais informada. Voz: Isabel Abreu; Banda Sonora: Fred Pinto Ferreira
  continue reading
 
Artwork

1
Fundação (FFMS) - Remotamente interessante

Fundação Francisco Manuel dos Santos

Unsubscribe
Unsubscribe
Mensal
 
Este é um programa a não perder. Um ciclo de 11 conversas com José Maria Pimentel, onde cada convidado partilha um top-5 de escolhas pessoais, da Gastronomia à História, da Filosofia à Música. Sugestões de especialistas, num programa com muita informação e curiosidades da Fundação Francisco Manuel dos Santos.
  continue reading
 
Artwork

1
Fundação (FFMS) - Praça da Fundação

Fundação Francisco Manuel dos Santos com Carlos Vaz Marques

Unsubscribe
Unsubscribe
Mensal
 
Todos os anos, no final de Maio, os livros saem à rua na Feira do Livro de Lisboa, adiada por causa da pandemia. Por isso, a Praça da Fundação reinventou-se online. Oiça os debates com autores e especialistas, moderados pelo jornalista Carlos Vaz Marques, e os programas de rádio especiais da Capa à Contracapa moderados por José Pedro Frazão.
  continue reading
 
Artwork

1
Fundação (FFMS) - Assim Fala a Ciência

Fundação Francisco Manuel dos Santos

Unsubscribe
Unsubscribe
Mensal
 
Quando todas as esperanças se centram na investigação científica, a Fundação estreia "Assim fala a Ciência". O divulgador de ciência David Marçal em conversa com investigadores portugueses das diferentes áreas, que o coronavírus colocou no centro das atenções para o combate à pandemia.
  continue reading
 
Artwork

1
Fundação (FFMS) O Mundo Que Se Segue

Fundação Francisco Manuel dos Santos

Unsubscribe
Unsubscribe
Mensal
 
A invasão da Ucrânia vai mudar o mundo: o mundo dos outros, que é o nosso também. Como será «o mundo que se segue»? De que forma mudará Portugal? Conversámos com especialistas de diversas áreas para conhecer as forças da mudança e compreender os seus impactos. O Mundo Que Se Segue é um podcast da Fundação Francisco Manuel dos Santos, também disponível em ffms.pt
  continue reading
 
A Fundação, em parceria com o jornal Público tem um novo podcast que dá voz à ciência, na luta contra a desinformação. Os cientistas e comunicadores de ciência Carlos Fiolhais e David Marçal são os anfitriões destas conversas quinzenais que têm como convidados os cientistas que integram a rede GPS – Global Portuguese Scientists.
  continue reading
 
Loading …
show series
 
A Organização Mundial de Saúde recomenda a realização de 150 minutos semanais de atividades físicas, de intensidade moderada a vigorosa, a todas as pessoas com idade igual ou superior a 65 anos. No entanto, em Portugal, apenas 30% dos idosos cumprem estes parâmetros da OMS. A prática de exercício físico é descrita como essencial para um envelhecime…
  continue reading
 
Muitos termos nos vêm à cabeça quando falamos de inovação: «startups», unicórnios, «venture capital», «business angels», entre outros. Mas antes de explorarmos o que significam, importa compreender o que é realmente inovar. Quem inova? Pessoas ou empresas? O setor público ou o setor privado? Quem financia a inovação? Será Portugal um país que acolh…
  continue reading
 
Um estudo da Sociedade Portuguesa de Pneumologia realizado em 2023 indica que a maioria dos inquiridos sente que raramente dorme bem e apresenta sonolência diurna excessiva. Estima-se também que 28% da população adulta sofra de insónias. Fatores como stress, ansiedade, o uso excessivo de tecnologia e os horários de trabalho podem contribuir para há…
  continue reading
 
Sedutores, inteligentes, manipuladores e mentirosos patológicos. São incapazes de sentir empatia, remorsos ou de ter vínculos afetivos. Não controlam os seus impulsos e têm um absoluto fascínio pelo poder e pelo controlo. No seu conjunto, estes são os traços de um psicopata. Será que já se cruzou com algum? É possível, mas ainda assim a probabilida…
  continue reading
 
Sandra, Maryam e Olena são nomes de 3 mulheres refugiadas que chegaram nos últimos anos a Portugal. A vulnerabilidade é um traço comum a estes migrantes e em especial às mulheres nesta condição. O que é que estas vivências nos revelam sobre a forma como acolhemos estas pessoas? Como constroem uma nova vida longe de casa? O que pode Portugal fazer p…
  continue reading
 
Bem-vindo ao episódio onde vai ouvir falar de muitos ‘ismos’: Nacionalismo, Cosmopolitismo, Internacionalismo, Patriotismo, Liberalismo e até Imperialismo. De Rousseau até aos dias de hoje, a nação tem sido a unidade política fundamental de organização do mundo. Continuará a ser assim no futuro? E hoje, são mais as diferenças ou as semelhanças entr…
  continue reading
 
Portugal tem uma das taxas efetivas de Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Coletivas (IRC) mais elevadas da OCDE. Que impacto tem esta tributação na economia portuguesa? E que consequências traria uma redução do IRC? A Fundação acaba de lançar um estudo que procura responder a estas e outras questões. A investigação, que avalia o impacto desta t…
  continue reading
 
«A questão não é só aumentar anos à vida, mas dar vida aos anos que nós aumentámos. Essa mudança de mentalidade é absolutamente crucial se nós queremos cidades mais sustentáveis, mais saudáveis, mais equitativas». É com estas afirmações poderosas que Sibila Marques fecha os quatro episódios dedicados à longevidade. No último programa sobre este tem…
  continue reading
 
A um mês das eleições para o Parlamento Europeu, a Fundação Francisco Manuel dos Santos divulga um barómetro sobre o conhecimento da sociedade portuguesa sobre a União Europeia. O inquérito analisa a opinião dos portugueses sobre as instituições europeias e o seu trabalho nos últimos anos. O que pensam sobre a integração europeia? Quem consideram i…
  continue reading
 
«Quando a economia portuguesa cresce ou se abre ao exterior, e uma multinacional alemã como a Volkswagen pode abrir cá uma fábrica, estamos todos a ganhar neste processo», explica José Alberto Ferreira. Os países mais pobres, porque são os principais recetores de fundos europeus, e os mais ricos que, enquanto principais contribuintes para o orçamen…
  continue reading
 
«Diz-me o que comes, dir-te-ei quem és». O provérbio pode aplicar-se a qualquer um de nós ou a um povo inteiro. Os alimentos, a forma de os confecionar e consumir fazem parte de uma herança cultural mantida de geração em geração. O que é hoje a «cozinha portuguesa»? Como fazer perdurar essas tradições gastronómicas? Qual o impacto dos cozinheiros f…
  continue reading
 
Sabemos que a criatividade não se controla e que não aparece sempre quando e onde queremos. E para todos os que procuram inspiração fiquem a saber que ter tempo estimula a criatividade. Mas o que é afinal criatividade? Estará ‘alojada’ num dos hemisférios cerebrais? Será potenciada pelo consumo de álcool e drogas? Está associada à loucura ou é dire…
  continue reading
 
Em 2026, assinalam-se os 50 anos da Constituição, aprovada após a Revolução de Abril, e revista sete vezes desde 1976. Desde então, realidades globais como as alterações climáticas, as migrações ou os diversos universos digitais têm vindo a colocar novas questões à sociedade portuguesa. Estes novos tempos requerem mudanças na Lei Fundamental? Que C…
  continue reading
 
‘Meus senhores: Como todos sabem, existem três tipos de estados: os estados sociais, os estados corporativos e o estado a que isto chegou. E, nesta noite solene, nós vamos acabar com o estado a que isto chegou.’ Assim falou Salgueiro Maia, o capitão que comandou as tropas que cercaram o Terreiro do Paço, a 25 de abril de 1974. Um golpe de estado ma…
  continue reading
 
O programa Da Capa à Contracapa comemora o seu sétimo aniversário, além dos cinquenta anos da democracia portuguesa. Este episódio é dedicado ao futuro e à juventude, a quem cabe assegurar as liberdades conquistadas a 25 de abril de 1974. Serão eles a celebrar o centenário da revolução e, por isso, importa perceber que país querem construir. Como p…
  continue reading
 
«Não podemos aceitar que nos coloquem rótulos devido à nossa idade». A afirmação é de Sibila Marques. Mas desengane-se se pensa que está a salvo: todos temos este preconceito que nos leva a discriminar em função da idade. E só nos apercebemos dele quando chegamos ao momento em que se vira contra nós. Quem é que nunca se impacientou quando um idoso …
  continue reading
 
A criação do Serviço Nacional de Saúde, em 1979, é descrita como um dos grandes marcos do Portugal democrático. Diminuíram as taxas de mortalidade materna e infantil, aumentou a esperança média de vida, construíram-se novos hospitais públicos e também privados. No entanto, o acesso à saúde permanece como uma das grandes preocupações dos portugueses…
  continue reading
 
‘As crises são como as constipações: depende de como está o sistema imunitário, às vezes dá crise, outras vezes, não.’ É assim que José Alberto Ferreira explica a imprevisibilidade deste ‘evento’ que dá pelo nome de crise económica. Nos últimos 50 anos, Portugal atravessou sete recessões, provocadas por diversos fatores. Importámos uma crise americ…
  continue reading
 
Depois da revolução, Portugal entrou na Comunidade Económica Europeia e fez parte do «pelotão da frente» da moeda única. Chegaram muitos milhões vindos de Bruxelas. Afinal, Portugal apenas recebeu ajudas? Como contribuiu para a Europa nestas cinco décadas? O que fez a Europa pela democracia portuguesa? O antigo comissário europeu António Vitorino e…
  continue reading
 
Como funciona o cérebro em modo de sobrevivência? Como é que o stress pode ser positivo e crucial na nossa adaptação a situações de ameaça e limite? Partindo do caso verídico do desastre aéreo na Cordilheira dos Andes, que deixou 16 sobreviventes, durante 72 dias, a tentar resistir ao frio extremo e à fome, Rui Maria Pêgo desafia a neurocientista L…
  continue reading
 
Ao fim de cinco décadas de democracia, tornou-se voz corrente que Portugal tem hoje a geração mais preparada de sempre. Independentemente do que o país faça com essa realidade, este é um quadro que reflete um aumento da escolaridade desde 1974, com o alargamento sucessivo da escolaridade obrigatória, a democratização do acesso aos graus de ensino m…
  continue reading
 
Em tempo de eleições, a felicidade anda na boca dos políticos e na cabeça dos cidadãos: mas o que é que a felicidade tem a ver com política? Tem muito, e quem o diz é o politólogo João Pereira Coutinho. Em conversa com Manuel Cardoso, o especialista explica como o tempo, o dinheiro e até o regime político em que se vive influenciam a felicidade de …
  continue reading
 
Os dados oficiais da última década mostram uma diminuição do abandono da atividade agrícola e um aumento da dimensão média das explorações que, no total, ocupam 55% do território. As famílias dedicam-se menos à agricultura, mas aumentou a contratação de trabalhadores assalariados. No quadro europeu, Portugal tem 6,7 mil milhões de euros da Política…
  continue reading
 
Sabe-se que a gestão da longevidade não é um sprint, mas antes uma maratona para a qual é preciso preparação e treino, tal como fazem os atletas, desde muito cedo. Se a manutenção e promoção da saúde, e a participação social são pilares da longevidade, que estruturas e mudanças de paradigma são necessárias para que a longevidade ativa seja uma real…
  continue reading
 
Frequentemente fustigados por incêndios descontrolados, os povoamentos florestais portugueses enfrentam os desafios de uma gestão sustentável, capaz de responder aos impactos das alterações climáticas e de continuar a fornecer serviços de ecossistema fundamentais. Mas não podemos discutir a floresta apenas quando arde. Na semana em que começa a Pri…
  continue reading
 
José Alberto Ferreira descreve os juros como «o preço de tempo», definição que suscitou a curiosidade de Inês Castel-Branco, levando-a a conduzir esta conversa para muitas explicações além das habituais. O que são juros? Que tipos existem? Quem os determina? E que relação têm com a inflação? Esta viagem pela história dos juros começa na sua criação…
  continue reading
 
A superproteção dos filhos criou novos rótulos para os pais que não só querem «o melhor para os seus filhos», como também assumem comportamentos muito interventivos. Dos «pais-helicóptero» aos «pais-bulldozers», há várias definições para uma parentalidade que, dizem os especialistas, não favorece a autonomia e a maturidade dos jovens em formação. É…
  continue reading
 
‘Não perco tempo a dormir.’ ‘Terei tempo para dormir quando morrer.’ ‘Eu não preciso de dormir muito.’ Quantas vezes já ouvimos ou dissemos estas frases? É um facto: regra geral, descuramos a importância do sono para a nossa saúde e qualidade de vida. Os portugueses dormem efetivamente pouco e mal. Ora «dormir é tão importante quanto estar acordado…
  continue reading
 
A revolução de 1974 trouxe inúmeros progressos sociais a Portugal. No entanto, algumas caraterísticas da sociedade portuguesa não mudaram de um regime para o outro. No livro «Revolução Inacabada», editado pela Fundação, o jornalista João Pedro Henriques investiga duas delas: o elitismo na política e o machismo na justiça. No episódio desta semana, …
  continue reading
 
Quando, em 1988, Salman Rushdie publicou os Versículos Satânicos, a obra foi considerada blasfema pelo regime iraniano. O «Ayatollah» Khomeini, líder supremo do Irão, declarou uma «fatwa» (decisão jurídica baseada na lei islâmica) contra o escritor que resultou em algumas tentativas de assassinato de Rushdie. Até que ponto estavam ambos a usar o se…
  continue reading
 
Quase 300 mil portugueses com 10 ou mais anos não sabiam ler nem escrever em 2021, data de realização dos últimos Censos. A taxa de analfabetismo tem vindo a descer de década para década, mantendo-se mais elevada no Alentejo e mais baixa na Grande Lisboa. Atrás das percentagens, estão rostos e nomes que Catarina Gomes quis conhecer na aldeia de Cas…
  continue reading
 
Para as pessoas que nasceram em 1920, a esperança média de vida estimada era de 35 anos para os homens e 40 para as mulheres. Hoje, a esperança média de vida mais do que duplicou: a dos homens é de 78 anos e a das mulheres, 83,5. Em 2018, registou-se uma inversão nunca antes ocorrida: foram contabilizadas mais pessoas acima dos 65 anos do que crian…
  continue reading
 
Não é um tema de campanha eleitoral, nem está na primeira linha da preocupação dos cidadãos, mas mexe com as estratégias de todos os partidos. A reforma do sistema eleitoral tem sido tema de debate académico e político, mas não se vislumbram mudanças num sistema que reflete um quadro de forte litoralização e centralismo. É altura de mudar o sistema…
  continue reading
 
O amor não é apenas química, nem pode resumir-se a sinapses e neurotransmissores. Já se conhece, em parte, o que acontece no cérebro quando nos apaixonamos ou quando deixamos de ser amados. Sabe-se, por exemplo, que nascemos programados para amar, mas não para ser agressivos ou odiar. Também já se descobriu como o cérebro reage a pessoas que nos ca…
  continue reading
 
Portugal tem 303 bibliotecas municipais ao dispor da população, herdando uma tradição que se iniciou no século XIX e que passou também pelo impulso privado das Bibliotecas Itinerantes Gulbenkian. Num país de baixos índices de leitura e numa altura de predominância digital, qual é a missão das bibliotecas? Quem as procura? E que recursos têm para re…
  continue reading
 
No primeiro episódio de Economia desta temporada, a nova dupla, protagonizada por Inês Castel-Branco e José Alberto Ferreira, vai levá-lo numa viagem pela Zona Euro e não vão faltar detalhes do antes, do durante, e (sobretudo) do depois. Agora que o Euro completa o seu 25º aniversário, importa perguntar: que vantagens trouxe esta mudança? Há 26 ano…
  continue reading
 
Ao longo dos séculos, o património serviu para catapultar poderes e difundir identidades nacionais. No entanto, para muitos autores, os processos de patrimonialização além de reproduzirem desigualdades e interesses instalados, nem sempre valorizaram expressões humanistas das diversas culturas populares. Como evoluiu a preservação do património? Os …
  continue reading
 
Se lhe perguntassem quantas ideologias políticas existem no mundo, quantas diria? É liberal ou conservador? Sabe distinguir um socialista de um anarquista? Bem-vindo à nova dupla de Política da quarta temporada do [IN] Pertinente, com o humorista Manuel Cardoso e o politólogo João Pereira Coutinho. Em 2024 falaremos de teoria política, mas não se a…
  continue reading
 
Portugal não é um país que se destaca dos níveis médios de preconceito e discriminação que encontramos no resto do mundo. No entanto, a realidade nacional apresenta dados e imagens diferenciadas, consoante os parâmetros avaliados. Por um lado, é considerado um dos melhores do mundo na integração de migrantes e onde se registam menos atos violentos …
  continue reading
 
Em 2023, o [IN] Pertinente Sociedade, conduzido por Ana Markl, foi particularmente rico em convidados de diferentes áreas. Por aqui passou Pedro Góis para falar de migrações, Anália Torres para dar voz às mulheres, Gonçalo Antunes para desconstruir cidades e Vítor Sérgio Ferreira para debater a juventude. Como se recebem os imigrantes ou refugiados…
  continue reading
 
As sondagens ocupam um lugar de destaque na dinâmica política e mediática, sobretudo em época de eleições. Mas nas últimas legislativas, de acordo com um estudo, os portugueses estiveram pouco ou nada atentos aos seus resultados. Qual o papel das sondagens políticas? Somos alheios à sua relevância? Para onde caminha o debate entre especialistas em …
  continue reading
 
No arranque do novo ano, fazemos uma «revisão da matéria dada» em 2023 e destacamos os episódios mais surpreendentes da temporada anterior, apresentada por Hugo van der Ding e Hugo Figueiredo. A dupla de Hugos baralhou e deu de novo, trazendo temas inesperados para o mundo da Economia. Questionaram para que servem as empresas e desmistificaram a pr…
  continue reading
 
A inovação tecnológica trouxe regras para garantir valores como a privacidade, identidade genética ou o esquecimento. Mas fenómenos como as redes sociais ou a inteligência artificial colocam à prova um conjunto alargado de direitos fundamentais. De que forma é possível conciliar os valores centrais das sociedades com a fragmentação e proliferação d…
  continue reading
 
Chegou 2024 e, com ele, a seleção dos episódios do [IN] Pertinente Ciência que mais se destacaram no ano que passou. A batuta da terceira temporada esteve a cargo da Inês Lopes Gonçalves e do Nuno Maulide, que trouxeram para os nossos ouvidos todas as maravilhas do mundo da química. Inês e Nuno não se pouparam a esforços para demonstrarem como a qu…
  continue reading
 
No arranque do ano que assinala cinco décadas da Revolução de abril, o jornalismo em Portugal atravessa um dos momentos mais delicados da sua história em Democracia. Janeiro traz uma nova greve num dos principais grupos de comunicação social e também o V Congresso dos Jornalistas. Apesar de declarações públicas sobre a importância do jornalismo num…
  continue reading
 
Em 2023, Ana Sofia Martins e José Santana Pereira fizeram as honras da casa deste tema que toca tantos aspetos das nossas vidas e imprimiram uma toada mais prática na Política [IN] Pertinente. Com eles foi possível espreitar outros ângulos, como o do entretenimento, o das sondagens, o que se pode encontrar nos bastidores do governo, como funciona o…
  continue reading
 
Cinco décadas após o 25 de Abril, o acesso a uma justiça célere e eficiente é uma das principais reivindicações dos cidadãos. Os portugueses mostram-se insatisfeitos com os tribunais e consideram que há um tratamento desigual perante a lei, de acordo com os últimos dados do European Social Survey, relativos a 2022. Ao fim de 50 anos de Democracia, …
  continue reading
 
As gerações anteriores queriam mudar o mundo; as de agora desejam mudar o seu modo de vida. As gerações anteriores preconizavam a resistência; as de hoje celebram a existência . As gerações anteriores lutavam pela igualdade de género; as de agora lutam pela fluidez de género. As gerações anteriores usavam o seu quarto como território de autonomia e…
  continue reading
 
De 1980 a 2022, Portugal registou 6 recessões e, desde 1977, foi intervencionado pelo FMI por 3 vezes. As cinco décadas de Democracia foram maioritariamente vividas dentro da CEE e da UE, enquadradas por diversos alargamentos e até uma nova moeda já no novo milénio. No entanto, persistem desigualdades e divergências em relação ao resto da Europa, e…
  continue reading
 
Será que as relações são motivadas pela racionalidade económica? O casamento e a parentalidade potenciam desigualdades? Quais as consequências de crescer numa família monoparental? Na altura em que se celebra o Natal e como forma de marcar o último episódio desta temporada e da dupla de Hugos, vamos falar de famílias na perspetiva mais fria e objet…
  continue reading
 
Loading …

Guia rápido de referências