Episódio 51 - "As possibilidades de um gesto" - Conversa com José Pedro Croft

58:10
 
Compartilhar
 

Manage episode 316144846 series 3266800
Por Appleton Associação Cultural descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

José Pedro Croft nascido no Porto em 1957, vive e trabalha em Lisboa.

Croft é um dos principais expoentes da renovação da escultura portuguesa. A sua carreira, tanto como escultor como desenhador, tem sido caracterizada desde as suas fases iniciais por um meticuloso processo construtivo que combina o seu universo formal com o seu mundo pessoal. Em suma, o projecto artístico de Croft situa-se fora do caminho determinado pelas escolas e grupos.

Em relação a esta noção, os seus trabalhos resultam sempre dos processos desencadeados no seu interior, onde as dimensões visuais, plásticas e poéticas dos objectos criados se misturam, produzindo uma impressão de equilíbrio precário entre o estável e o instável que, para o artista português, "reflecte a natureza transitória do universo".

As suas esculturas desenvolvem relações complexas com o seu contexto e com as suas próprias formas e volumes, através de estruturas simples quase minimalistas que combinam a natureza material do objecto com os seus aspectos formais.

Expondo individualmente pela primeira vez em 1983, desde então tem participado em várias exposições individuais e coletivas em Portugal e no estrangeiro. Representou Portugal na 46ª Bienal de Veneza, em 1995, e apresentou uma retrospetiva do seu trabalho no Centro Cultural de Belém, Lisboa e no Centro Galego de Arte Contemporánea Santiago de Compostela em 2002 e 2003 respectivamente. Em 2017 representou Portugal com a instalação “Medida Incerta” na 57ª Biennale di Venezia, comissariada por João Pinharanda.

Em 2002 recebeu o Prémio EDP – Desenho. Tem também realizado obras de arte pública, tendo recebido em 2001 o Prémio Nacional de Arte Pública Tabaqueira. Está representado em várias colecções institucionais e privadas das quais se destacam: Centro de Arte Moderna - Fundação Calouste Gulbenkian (PT), Fundação de Serralves (PT), Colecção Berardo (PT), Secretaria de Estado da Cultura (PT), Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (PT), Colecção Caixa Geral de Depósitos (PT), Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía (ES), MEIAC (ES), Centro Georges Pompidou (FR), Museu Albertina (AT), Fundação La Caixa (ES), Banco de España (ES), Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (BR) e Pinacoteca do Estado de São Paulo (BR) entre outros.

Links:

http://helgadealvear.com/en/artists/jose-pedro-croft/

https://www.galeriamaior.es/en/artists/jose-pedro-croft/

https://www.veracortes.com/artists/jose-pedro-croft/

http://projectomap.com/visitas-atelier/jose-pedro-croft/

https://irenelaubgallery.com/artistes/jose-pedro-croft/

https://observador.pt/especiais/jose-pedro-croft-de-vidro-e-aco-em-veneza-nao-tenho-uma-carreira-tenho-uma-forma-de-viver/

https://www.dgartes.gov.pt/pt/noticia/479

https://www.publico.pt/2017/05/10/culturaipsilon/noticia/as-esculturas-de-jose-pedro-croft-sao-capazes-de-pintar-veneza-1771695

https://www.youtube.com/watch?v=dCJs5dCLZw0

https://www.youtube.com/watch?v=-fI6Jb2LbvU

https://www.rtp.pt/noticias/cultura/jose-pedro-croft_v935619

https://contemporanea.pt/edicoes/12-2017/conversa-dois-entre-dois-desenhos-e-duas-esculturas

https://makingarthappen.com/2012/10/18/dois-desenhos-uma-escultura-jose-pedro-croft/

http://www.museuartecontemporanea.gov.pt/pt/artistas/ver/103/artists

Episódio gravado a

03.12.2021

http://www.appleton.pt

Mecenas Appleton:

HCI / Colecção Maria e Armando Cabral

Financiamento:

República Portuguesa - Cultura / DGArtes

Apoio:

Câmara Municipal de Lisboa

91 episódios