Spartacus (seriado) - 04 temporadas

1:14
 
Compartilhar
 

Fetch error

Hmmm there seems to be a problem fetching this series right now. Last successful fetch was on July 01, 2020 20:27 (9M ago)

What now? This series will be checked again in the next day. If you believe it should be working, please verify the publisher's feed link below is valid and includes actual episode links. You can contact support to request the feed be immediately fetched.

Manage episode 170021977 series 1039988
Por Batalha dos Nerds descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Comecei a assistir o seriado Spartacus (2010-2013) no Netflix meio “cismado”. Achei inicialmente a estética muito parecida com a do filme 300, de 2006. Outra coisa: havia cenas de ultraviolência e de nudez excessivas, que me levaram a pensar que o seriado precisava disso para se sustentar. Todavia, eu estava errado. O seriado teve quatro temporadas. O ator principal Andy Witfield faleceu, após o final da primeira temporada e teve que ser substituído. Para seu lugar, foi convocado o ator Liam McIntyre, que o sucedeu com a mesma qualidade no papel de Spartacus. A história já foi contada no cinema e é bem popular. A versão mais conhecida é de 1960 e teve Kirk Douglas no papel principal. Durante o Império romano, Spartacus, um escravo da Trácia, rebela-se contra seu dono e cria um exército de escravos, que provoca uma guerra com o Império. Para tentar contornar os problemas que envolvem uma adaptação histórica, os produtores optaram por tomar liberdades para contar o enredo da série. Desta forma, a trama acompanha o gladiador trácio Espártaco (Andy Whitfield) que é sentenciado à morte numa arena após desafiar o comando de Cláudio Glabro (Craig Parker, O Senhor dos Anéis). Como previsto por Espártaco (e ignorado por Glabro), a vila onde vivia o trácio é atacada por bárbaros, e não há nenhum romano ou homem por perto para defendê-la. Num ato de rebeldia Espártaco retorna para casa e salva sua esposa da morte certa, fugindo com ela logo após, temendo a represália de Glaber. Mas esta não demora. Spartacus é capturado e levado como escravo, tal como Sura, sua esposa, que é separada dele e vendida a mercadores sírios. Ao ser jogado à morte na arena para a diversão da plebe, ele surpreende a todos e vence a disputa, matando quatro gladiadores, demonstrando que não irá morrer enquanto não reencontrar sua esposa(Wikipedia). As quatro temporadas receberam nomenclaturas diferentes, mas seguem a mesma história: 1ª – Spartacus: Sangue e Areia (2010) 2ª – Spartacus: Deuses da Arena (2011) 3ª – Spartacus: Vingança (2012) 4ª – Spartacus: A Revolta dos Escravos (2013) Manu Bennet (Crônicas de Shannara) interpretou Crixus e Dustin Claire no papel de Gannicus foram, a meu ver, outros dois destaques no seriado. A segunda temporada é a menor, com apenas seis episódios, e uma “pequel” da história principal, mas é muito boa também. A quarta temporada foi espetacular, trazendo o “núcleo romano” com adversários do mesmo nível (ou até mais capacitados) que os gladiadores. Dou 5 de 5 estrelas.

43 episódios