António Correia: campeão no karting e na Fórmula Ford, o que se segue para o piloto do Fundão?

28:04
 
Compartilhar
 

Manage episode 287650771 series 2892592
Por Rádio Jornal do Centro descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Está habituado ao volante desde os 6 anos. Os motores fazem parte da família e foi por inspiração do pai, piloto de ralis, que teve a primeira experiência. Aqui e ali, no kartódromo do Tortosendo, na Covilhã, António Correia deu as primeiras voltas para, mais tarde, ter aquele misto de aprendizagem e de competição que troféus como o Rotax permitem.
Foi pelo convite que a família recebeu em 2011 que surgiu a oportunidade de passar a essa nova etapa. António Correia, na altura com 10 anos, aceitou o desafio de se mostrar no ‘Onde está o Ás’. Uma competição para jovens talentos do desporto motorizado que dava a oportunidade aos três primeiros classificados de integrarem o campeonato Rotax em condições privilegiadas.
“Ali foi tudo muito novo”, recorda o jovem piloto do Fundão.
Com o apoio da família e com a orientação e gestão de carreira a cargo do pai, a estreia no troféu Rotax acontecia ainda 2011. Com uma evolução segura na aprendizagem do karting durante a primeira temporada, o jovem piloto do Fundão conquistou o primeiro título em 2012, na categoria Micro Max e em 2013 foi vice-campeão.
Do troféu monomarca, as curvas passaram a ser feitas no campeonato nacional de karting. António Correia acelerou para nova conquista na categoria. O novo título chegou em 2015.
Passando com distinção em todos os escalões e com a etapa de karting concluída, António Correia mantém-se no asfalto. O gosto e talento demonstrado na velocidade, levou a que desse um importante salto na carreira. Em 2019 fez a estreia na Fórmula Ford Portugal aos comandos de um monologar da Funspeed Racing. Com o chassis do modelo D&D fabricado pela empresa do Fundão, e com apenas 17 anos, garantiu a conquista do título. Em estreia no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, o jovem piloto venceu as duas corridas do fim-de-semana de novembro de 2019 que encerraria a temporada.
Na época de 2020, António Correia manteve o hábito de andar na frente. Na competição ‘Single Seater Series’ que arrancou em Portimão, venceu uma das corridas na categoria PT e iniciou a defesa do título de campeão. Já no Estoril, a 5 e 6 de setembro, ao volante do seu Funspeed FS 2019 manteve o segundo lugar no campeonato. O título fica decidido em Braga, a 14 e 15 de novembro, no Circuito Vasco Sameiro.

16 episódios