#149 A polêmica da barriga de aluguel

54:58
 
Compartilhar
 

Manage episode 317358895 series 3128414
Por Instituto Brasil Israel descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Começamos o ano de 2022 com a notícia de que a surrogacia, prática popularmente conhecida como "barriga de aluguel", foi aprovada para casais gays em Israel, entrando em vigor a partir do dia 4 de janeira. No entanto, a medida, que parecia ser mais uma conquista para a comunidade LGBTQIA+, passou a ser criticada por setores feministas da sociedade israelense, a partir de uma questão complexa que, até então, não estava na pauta: como ficam as mulheres e pessoas com útero depois de passar por esse processo? Dá para dizer que é uma questão de escolha quando, na maioria das vezes, essas mulheres se submetem ao procedimento por necessidade financeira? E, para além dos efeitos físicos, quais são os efeitos mentais e os impactos nas relações sociais dessas pessoas? O assunto de hoje é bastante delicado e merece uma discussão mais aprofundada, por isso, temos dois convidados, a Elisa Tetelbom Schucmann, ela é judia, lésbica, médica gineco-obstetra, mae da Sofia. E também o Márcio Albino, que é jornalista, gay, esteve educador social de HIV/Aids no Grupo Dignidade e já foi diretor de comunicação da Aliança Nacional LGBTI+ (@aliancalgbti). É idealizador dos Voluntários Arco-Íris (@voluntariosarcoiris), organização comunitária LGBTQIA+ em Curitiba (PR). Prestou assessoria LGBT+ para o Museu do Holocausto de Curitiba e está como consultor LGBT+ do Memorial do Holocausto do Rio. Os dois são ativistas lgbtqia+ e fazem parte do coletivo Ga'avah. Apresentação: Amanda Hatzyrah e Anita Efraim

176 episódios