O que nos fascina no true crime?

1:00:38
 
Compartilhar
 

Manage episode 346946972 series 57283
Por B9 descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Mamileiros e mamiletes, vocês já abriram as suas plataformas de streaming favoritas e se depararam com uma inundação de indicações de conteúdo que contam como crimes reais aconteceram? Feminicídios, crimes em série, desaparecimentos e até mesmo assassinatos infantis são alguns dos variados temas abordados nessas histórias, que em sua maioria, bebem muito de um conteúdo jornalístico. A gente sabe que esse tipo de conteúdo não é novidade. Mas é inegável que o gênero true crime está cada vez mais popular no Brasil e no mundo. Recentemente, muitas pessoas se mobilizaram nas redes sociais para comentar sobre o assassinato da atriz Daniela Perez por conta da minissérie Pacto Brutal, da HBO Max. Outra produção que também gerou muitos comentários foi a série "Dahmer: Um Canibal Americano", da Netflix, que desde sua estreia já foi vista por mais de 190 milhões de pessoas Mas o que será o que buscamos ao assistir crimes cometidos há anos atrás enquanto ainda hoje esse tipo de crime continua sendo cometido cotidianamente? O crescimento dessas produções, em diferentes mídias, nos leva a questionar: estamos consumindo esse conteúdo para nos sentirmos mais alertas sobre os perigos do mundo ou consumir esses conteúdos nos faz acreditar que o mundo seja muito perigoso? No episódio, Cris Bartis e Ju Wallauer buscam entender o que existe por trás do fascínio por histórias de crimes reais? Para responder essa pergunta, elas conversam com Carol Moreira, uma das criadoras do podcast Modus Operandi e co-autora do livro Modus Operandi - guia de true crime, com Mabê Bonafé, a escritora Paula Febbe, que tem sete livros publicados que tratam da perversão e psicose, faz mestrado em Psicologia Criminal pela Universidad Europea Del Atlántico e apresenta podcasts de terror e true crime, e o sociólogo Wellington Lopes, educador e coordenador do Núcleo XI de Agosto de Educação, Cultura e Direitos Humanos da UNEafro Brasil. Vamos juntos! _____ FALE CONOSCO . Email: mamilos@b9.com.br _____ GSK Para diminuir a propagação de doenças no Brasil e no mundo, a imunização coletiva é essencial. É por isso que a GSK convidou o Mamilos para fazer esse programa esclarecedor sobre a meningite meningocócica, que é uma doença grave e que pode ser prevenida através da vacinação. De 2019 a 2022, foram mais de mil casos dessa doença aqui no Brasil. A meningite é uma doença séria que pode deixar sequelas para vida toda ou até mesmo causar a morte em até 24 horas. Além disso, é uma doença que pode afetar pessoas de todas as faixas etárias, incluindo bebês, crianças e adolescentes. A vacinação é a principal forma de prevenção contra a doença. Além de manter ambientes ventilados e limpos, evitar aglomerações e compartilhamento de objetos. Hoje, existem vacinas para a prevenção dos cinco principais sorogrupos que existem no Brasil: A, B, C, W e Y. A biofarmacêutica GSK é uma empresa global que pesquisa, desenvolve e fabrica vacinas e medicamentos especializados nas áreas de Doenças Infecciosas, HIV, Oncologia e Imunologia/Respiratória. Tem como propósito unir ciência, tecnologia e talento para vencer as doenças e impactar a saúde global. Informação e prevenção são sempre as melhores alternativas para um futuro com menos doenças, né, Cris? É isso. Converse com seu médico sobre as formas de prevenção contra a meningite e acesse o site juntos contra a meningite (juntoscontrameningite.com.br). _____ CASA FLORESTA Em setembro deste ano, o Instituto Socioambiental, o ISA, lançou a série “Casa Floresta” em formato podcast, para espalhar informação e a diversidade de vozes para o Brasil. Em seis episódios, o projeto leva convidados de diferentes partes do país a viver e refletir sobre as lutas e as belezas de povos indígenas, quilombolas e ribeirinhos em seus territórios. O objetivo é levar ao ouvinte experiências nas comunidades para provocar reflexões sobre a diversidade, economia, modos de vida, conhecimento ancestral e o pensamento de povos e comunidades tradicionais como inspiração para um futuro melhor. Nos episódios, os convidados visitam comunidades em territórios no Rio Negro, Xingu, Araguaia e Vale do Ribeira e convivem com as lutas e belezas de seus povos. Todos os episódios de 'Casa Floresta' já estão disponíveis nos tocadores Spotify, Apple Podcast, Deezer e Castbox. _____ CONTRIBUA COM O MAMILOS Quem apoia o Mamilos ajuda a manter o podcast no ar e ainda participa do nosso grupo especial no Telegram. É só R$9,90 por mês! Quem assina não abre mão. https://www.catarse.me/mamilos _____ Equipe Mamilos Mamilos é uma produção do B9 A apresentação é de Cris Bartis e Ju Wallauer. Pra ouvir todos episódios, assine nosso feed ou acesse mamilos.b9.com.br Quem coordenou essa produção foi a Beatriz Souza. Com a estrutura de pauta e roteiro escrito por Eduarda Esteves. A edição foi de Mariana Leão e as trilhas sonoras, de Angie Lopez. A capa é de Helô D’Angelo. A coordenação digital é feita por Agê Barros, Carolina Souza e Thallini Milena. O B9 tem direção executiva de Cris Bartis, Ju Wallauer e Carlos Merigo. O atendimento e negócios é feito por Rachel Casmala, Camila Mazza, Greyce Lidiane e Telma Zenaro.

544 episódios