Rafael Bittencourt sobre preconceito musical: “Roqueiro gosta de se sentir segregado para se sentir especial” - Ritual Metal Mantra #089

16:12
 
Compartilhar
 

Manage episode 295242189 series 2892272
Por Metal Mantra Podcast descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Rafael Bittencourt sobre preconceito musical: “Roqueiro gosta de se sentir segregado para se sentir especial” - Ritual Metal Mantra #089

*********************

Saudações metaleiros, você acaba de aterrissar no Ritual do Metal Mantra, o seu Podcast diário com as notícias do mundo do Heavy Metal, e no ritual de hoje, vamos falar sobre: Rafael Bittencourt sobre preconceito musical: “Roqueiro gosta de se sentir segregado para se sentir especial” A trilha sonora desse episódio foi Magma do Gojira

*********************

➡️ Rafael Bittencourt sobre preconceito musical: “Roqueiro gosta de se sentir segregado para se sentir especial”

🔵 Vem conhecer o nosso grupo no Telegram!

Fundador do Angra, uma das bandas brasileiras de metal mais reconhecidas ao redor do mundo, Rafael Bittencourt sempre mesclou estilos musicais, algo nem sempre bem recebido pelo público do gênero. Em entrevista ao Wikimetal, o guitarrista comentou a postura de parte dos ouvintes. “Tem uma parte do público que é um pouquinho mais conservadora, tem uma parte do público roqueiro que se auto segrega, gosta de se sentir segregado”, observou. “Hoje o rock não é segregado, já é o ritmo dos avós dos adolescentes”. Na visão de Bittencourt, existe um movimento dos próprios fãs do estilo musical para se manter na margem, mas os artistas devem quebrar os paradigmas e construir pontes entre diferentes tipos de música. “O roqueiro ainda gosta de se sentir segregado para se sentir especial”, argumentou. “O artista tem responsabilidade social de educar um pouco o público, quebrar preconceitos para que a humanidade se renove”. Na última sexta, 28, o músico lançou a faixa “Dar as Mãos”, parte do projeto Exército da Esperança, com participações como Carlinhos Brown, MC Guimê, Toni Garrido, Família Lima e representantes do rock e metal nacional, como Alírio Netto, Marcello Pompeu e Luana Camarah, que também conversou com nossa redação sobre o lançamento. *********************
Lembrando que aqui no Metal Mantra, você tem #tododiaumametalnovo

💿 Resenha Diária - Um review de um lançamento do mundo do Heavy Metal. Segunda a sexta às 6 horas.

📡 Radar Metal Mantra - Um compilado com todos os lançamentos da semana. Segundas às 18 horas

Tribuna - Programa de uma hora sempre com um convidado muito especial do mundo do heavy metal. Sextas às 15 horas.

Não deixe de nos seguir em todos os agregadores de podcast que você conhecer buscando por Metal Mantra Podcast e no twitter, facebook e, especialmente, no instagram buscando por @metalmantrapod.

950 episódios