NML 26 - Derrubar estátuas é um direito?

36:32
 
Compartilhar
 

Manage episode 266132301 series 2596275
Por Nadando na Modernidade Líquida, Karine Aragão, and Leonardo Chermont de Sá descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
O mês de junho está terminando, mas, nem por isso, será esquecido, afinal, junho de 2020 fica marcado como um mês em que se reacenderam grandes questões no debate público, como, por exemplo, a necessidade de observar a memória coletiva como um lugar de disputa. Nesse sentido, podemos destacar as polêmicas atitudes de derrubada de estátuas que homenageavam figuras históricas contestáveis, como, na Inglaterra, a estátua de Edward Colstan, que foi um traficante de escravos, e em Antuérpia, na Bélgica, a estátua do rei Leopoldo II, acusado de exterminar milhões de congoloses nativos durante a colonização do Congo Belga. Entre as várias arestas que compreendem essas ações ora como vandalismo, ora como reparação histórica, fica a pergunta: derrubar estátuas é um direito? Estamos ancorados nas seguintes plataformas: Spotify, iTunes, YouTube, Deezer, Castbox ou no seu agregador de Podcast preferido. Mergulhamos em: - Teses sobre o conceito de história (Walter Benjamin). - A memória, a história, o esquecimento (Paul Ricouer) - Ensayos en torno a la colonialidad del poder (Aníbal Quijano). - Retratos do Brasil negro - Lélia Gonzalez (Alex Ratts e Flávia Rios). - Casa Grande e Senzala (Gilberto Freyre). - Literatura e Sociedade (Antonio Candido). - Brasil: uma biografia (Lilia Moritz Schwarcz e Heloisa Murgel Starling). - Entrevista do professor Sílvio Almeida ao programa "Roda Viva" (22/06/2020). - Canal "Tempero Drag" (Rita Von Hunty). - Amigos, amigos, amigos.

61 episódios